Leão Slimani solta as garras: argelino chega aos 20 tiros certeiros

Na vitória de 1-2 no Estoril, Islam Slimani bisou no duelo e soma agora duas dezenas de golos na Liga NOS, números que na última década só Liedson alcançou.

Leão Slimani solta as garras: argelino chega aos 20 tiros certeiros
Islam Slimani voltou aos golos no jogo frente ao Estoril // Foto: Facebook do Sporting CP

Em 26 jornadas no campeonato, Islam Slimani leva 20 tentos na prova e terminou com a seca de golos que durava há já 3 jogos. Na vitória diante o Estoril o argelino foi mortífero, e fez o gosto ao pé e à cabeça em 2 dotes técnicos de pura classe goleadora.

Islam Slimani: o rugir de um leão que estava na jaula...

O matador Islam Slimani voltou a saborear o gosto de festejar, e logo 2 golos decisivos que resultaram em 3 preciosos pontos na luta feroz de chegar ao topo da Liga NOS. O jejum goleador de Slimani durava há 3 partidas, sendo necessário recuar até à jornada 22 para encontrar remates certeiros do argelino. Nessa ronda, o africano marcou 2 tentos na vitória diante o Nacional, e não mais voltou a dar alegrias aos associados de Alvalade.

No duelo do passado Sábado, o demolidor de redes africano chegou à marca dos 20 golos no campeonato, um feito que já fugia a um goleador leonino desde 2005, quando Liedson registou números semelhantes ao marcar 25 tentos. O argelino de 27 anos já ultrapassou os seus próprios recordes depois de ter festejado na primeira época 8 golos e na segunda 12 tiros certeiros. Nesta temporada, Jorge Jesus conseguiu desenvolver as capacidades goleadoras e táticas de Slimani, sendo hoje em dia um jogador completo e com qualidade para rugir num campeonato com outra visibilidade.

No primeiro golo frente ao Estoril, ao minuto 6, o africano captou o esférico em zona subida e fugiu aos oponentes com perícia, rematando depois uma bomba que só parou no ângulo superior direito da baliza do incrédulo guardião estorilista. Neste golo é clara a evolução técnica de Slimani, que nesta temporada tem muito mais aptidão para fintar e finalizar com o pé, deixando de ser somente o típico ''pinheiro'' que fica plantado na área à espera de cruzamentos. No segundo tento, Téo iniciou a jogada e combinou com Bryan Ruiz, que cruzou com toda a classe para a cabeça de ouro de Slimani, que entre os centrais subiu bem alto para o 0-2 em cima do intervalo. O Estoril ainda assustou, mas os golaços do argelino traduziram-se em 3 saborosos pontos para o leão manter as garras afiadas na luta pelo título.

A 8 jogos do fim da Liga lusa, Slimani pode aumentar ainda mais o seu registo e é, a par de Jonas (26 tentos), o ponta de lança com maior classe do futebol português.
 

Futebol Português