Benfica x Tondela: Águia a viver conto de fadas procura recuperar a liderança

Após duas vitórias extremamente importantes sobre Sporting e Zenit, os comandados de Rui Vitória procuram recuperar o primeiro lugar do campeonato, ocupado provisoriamente pelo Sporting. Pela frente terão o último classificado do campeonato Tondela, que joga na Luz muito mais que três pontos, numa altura em que a segunda liga está já ali ao lado.

Benfica x Tondela: Águia a viver conto de fadas procura recuperar a liderança
Benfica e Tondela encontram-se: primeiro contra último // Foto: Facebook do SL Benfica

No fecho da jornada 26 do campeonato português, Benfica e Tondela encontram-se no Estádio da Luz num encontro de importância vital para ambas as equipas. Do lado dos encarnados, Rui Vitória estará privado a meio-campo do cada vez mais influente Renato Sanches. O novo menino bonito da massa associativa encarnada viu em Alvalade o quinto cartão amarelo na liga, que o inibe de poder dar o seu contributo à equipa nesta partida. Do lado do Tondela, os homens de Petit jogarão na Luz sob intensa pressão, numa altura em que a descida de divisão parece cada vez mais um cenário inevitável.

Tondela x Benfica – O jogo ideal após o descalabro da Luz

Jogava-se a 9º jornada do campeonato quando Benfica e Tondela se encontraram no Municipal de Aveiro para disputar o primeiro jogo oficial entre as duas equipas na Primeira Liga. Do lado dos encarnados viviam-se períodos conturbados, onde Rui Vitória começava a ser contestado face aos últimos resultados da equipa, e principalmente devido à derrota clara sofrida em casa frente ao seu eterno rival Sporting, por contundentes três golos sem resposta.

O jogo de Aveiro assumiu, deste modo, uma importância extra para o Benfica, que procurava recuperar parte da sua confiança através de uma vitória segura em casa de um adversário que, com Rui Bento ao comando, já denotava grandes fragilidades a nível defensivo. Numa partida sem história o Benfica acabou por golear o Tondela por 4-0, com o resultado a ser inaugurado através de um autogolo de Markus Berger. Já em cima do intervalo, Gonçalo Guedes haveria de marcar o segundo golo no jogo, terminando com a discussão da partida. Os dois últimos tentos tiveram a autoria de Jonas e Carcela.

Foto: Facebook do SL Benfica
Foto: Facebook do SL Benfica

Benfica em semana de sonho procura nova vitória

Praticamente cinco meses depois do jogo da primeira volta, Benfica e Tondela jogam no relvado da Luz a 26ª jornada do campeonato nacional. Não deixa de ser curioso analisar o estado anímico do clube da Luz antes de cada uma das partidas com o Tondela para o campeonato. Quando, a 30 de Outubro, os encarnados se deslocaram a Aveiro para defrontar o Tondela, eram um conjunto quebrado animicamente, fruto de uma derrota humilhante em casa perante o Sporting de Jorge Jesus. Para acentuar ainda mais a depressão encarnada, Rui Vitória continuava sem encontrar uma equipa tipo, e a equipa parecia à deriva, incapaz de assimilar as ideias do seu treinador.

Porém no futebol, tal como na vida, o que hoje é verdade amanhã deixará de o ser, e paulatinamente o Benfica de Rui Vitória foi encontrando o seu rumo, e as boas exibições e resultados começaram a surgir. Da desconfiança que pairava sobre a equipa no jogo da primeira volta, surge agora uma onda encarnada personificada pelos seus adeptos, que acreditam cada vez mais na equipa. Mérito a Rui Vitória que soube ser paciente, e progressivamente foi impondo os seus ideais a um conjunto cada vez mais mecanizado com as ideias do seu treinador.  

Foto: Facebook do SL Benfica
Foto: Facebook do SL Benfica

Do lado do Benfica, Rui Vitória não poderá contar com o contributo do seu elemento mais em foco nas últimas jornadas do campeonato, Renato Sanches. O jovem nascido e criado na Musgueira é a principal baixa do lado dos encarnados, que terão assim de encontrar uma alternativa válida ao internacional jovem português. A escolha deverá recair em Talisca, que tem sido a alternativa mais usada pelo técnico encarnado, isto numa altura em que o brasileiro está com a confiança reforçada após ter garantido na Rússia uma importante vitória para os encarnados e que valeu o apuramento para os quartos-de-final da Liga dos Campeões.

No que diz respeito à restante equipa Júlio César, Luisão, e Lisandro são baixas confirmadas, não se prevendo deste modo grandes novidades naquela que tem sido a estrutura base do Benfica nas últimas semanas. Com Rui Vitória a apostar muito provavelmente numa equipa constituída por Ederson na baliza, com um quarteto defensivo composto por André Almeida, Lindelof, Jardel e Eliseu. No meio-campo Samaris e Talisca serão os responsáveis por garantir o equilíbrio a meio-campo, onde Pizzi e Gaitán procurarão, através da ala, desequilibrar a defensiva do Tondela. Lá na frente estarão os inevitáveis Jonas e Mitroglou, pese o bom momento de forma patenteado por Jiménez no jogo a meio da semana em São Petersburgo.  

A Segunda Liga ali tão perto

Por sua vez, o Tondela joga na Luz a sua sobrevivência no principal escalão do futebol português. Uma derrota deixará os comandados de Petit a onze pontos da linha de água, numa altura em que ficarão a faltar somente 24 pontos em disputa. A vitória é deste modo o único cenário possível ao Tondela, que jogará amanhã sob intensa pressão, mas consciente que com uma estrutura disciplinada e bem montada torna-se possível surpreender o Benfica na Luz. Na cabeça dos jogadores estará o ponto conquistado em Alvalade contra todas as expectativas, num jogo em que os auriverdes até estiveram em vantagem no marcador.

Foto: Facebook do SL Benfica
Foto: Facebook do SL Benfica

Petit não poderá contar todavia com o contributo de Murillo e Romário Baldé, jogadores emprestados pelos encarnados ao Tondela e que, ao abrigo das cláusulas impostas pela Liga, os impedem de dar o seu contributo à equipa. Assim, o Tondela deverá jogar no seu 4-3-3 tradicional, com o quarteto defensivo a ser composto por Wanderson, Bruno Nascimento, Tikito e Nuno Santos, e a baliza a ficar à guarda de Cláudio Ramos. O trio do meio-campo deverá ser preenchido por Luís Alberto, Hélder Tavares e Bruno Monteiro, ficando as despesas do ataque entregues a Nathan Júnior, Wagner e Erick Moreno. Ao Tondela caberá a missão de ser uma equipa coesa tacticamente, procurando formar um bloco baixo que impeça os atacantes encarnados de desequilibrar o seu último reduto. Lá na frente, Wagner, assume-se como a principal referência da equipa, onde a sua velocidade em transição poderá ser uma arma importante no desfecho da partida.

Aconteça o que acontecer, o Benfica x Tondela da 26ª jornada assume-se como um jogo de especial importância para ambas as equipas. Numa semana de sonho para o Benfica, após vitórias sobre Sporting e Zenit, os encarnados sabem que só a vitória permitirá recuperar o primeiro lugar do campeonato, ocupado provisoriamente pelo Sporting que venceu o Estoril por 2-1. Por sua vez, o Tondela joga na Luz a permanência no campeonato, sabendo que uma derrota os deixa praticamente com um pé na segunda liga portuguesa. Cabe agora aos jogadores mostrar no relvado da Luz quem tem mais fome de vitória, num jogo que, aconteça o que acontecer, tem no Sport Lisboa e Benfica o seu grande favorito, tal é a diferença qualitativa existente entre os dois conjuntos.

Futebol Português