Leão ruge no Moreirense: Iuri Medeiros dribla e finaliza para convencer Jesus

Formado em Alvalade, Iuri Medeiros é extremo e tem vindo a deslumbrar os relvados lusos ao serviço do Moreirense. As fintas e as jogadas de técnica apurada não têm deixado Jorge Jesus indiferente, tratando-se o jovem talento de um trunfo para 2016/2017.

Leão ruge no Moreirense: Iuri Medeiros dribla e finaliza para convencer Jesus
Iuri Medeiros é opção assente para o plantel do Sporting na próxima época // Foto: Hugo Delgado/Lusa

Ao longo da temporada, o talentoso extremo Iuri Medeiros tem sido o craque do Moreirense, com a particularidade de fazer o gosto ao pé frente aos rivais dos leoninos, Benfica e Porto. O internacional sub-21 pelas quinas impressiona pela velocidade e perícia, e até ao momento já furou as redes contrárias por 7 vezes na Liga NOS. Com o esférico nos pés de Iuri o futebol é mais perfumado, e o jogador promete ser um verdadeiro reforço para 2016/2017 para o emblema que o formou, o Sporting Clube de Portugal.

Iuri Medeiros, o ''Messi'' dos cónegos

Aos 21 anos, Iuri Medeiros é uma das apostas mais seguras da famosa escola de extremos leonina. Sem espaço no plantel de Jorge Jesus, o pequeno génio não esmureceu e aceitou ser cedido ao emblema também verde do Moreirense. Depois de ter dado nas vistas na seleção das quinas sub-21, o ala perfilou-se em Moreira de Cónegos como o craque que iria perfumar tecnicamente um Moreirense que apresentava carências de talento no plantel. Na Liga NOS 2015/2016 a evolução de Iuri tem superado as expectativas, e é incrivel analisar as actuações do ala em jogos frente a Porto e Benfica. O jovem formado no Sporting esteve soberbo nestes jogos, e era sempre o primeiro a pegar no esférico para provocar o caos nas defesas de dragões e águias. Para além das fintas e dos dribles, Iuri marcou 2 ao Porto e 1 ao Benfica, num total de 7 tiros certeiros em todo o campeonato até agora.

Encostado a uma das alas, o veloz artista tem também facilidade em ganhar a linha de fundo e cruzar com conta, peso e medida. Até ao momento, Medeiros já assistiu os colegas por 7 vezes, principalmente Rafael Martins, que compõe uma dupla temível com Iuri nas incursões ofensivas do Moreirense. Avaliando Matheus Pereira ou Gelson Martins, é evidente que Iuri parece estar preparado para lutar por um lugar no plantel principal dos leões, e não é ao acaso que a direção sportinguista tem vindo a marcar presença regular nos jogos do Moreirense. Depois de Futre, Figo, Simão, Quaresma, Ronaldo ou Nani, chegou a vez da nova era de extremos leoninos emergirem Matheus, Gelson e principalmente Iuri, que têm tudo para dar espetáculo.

Para 2016/2017, Jorge Jesus conta com Iuri, uma vez que durante a presente temporada o 'mini leão' cresceu tecnicamente, mas principalmente a nivel tático. Iuri já tem malor inteligência estratégica em jogo, sabendo que não deve recorrer em excesso aos dribles e que é necessário em algumas fases de jogo segurar a bola, combinar com os colegas e participar também no processo defensivo. Com Jesus a evolução tática será ainda mais apurada, mas as bancadas de Alvalade estarão com certeza a aguardar pelos dotes artísticos do pé esquerdo de Iuri. No sistema de Jesus a imprevisibilidade de Iuri poderá fazer a diferença, tanto para servir Slimani como também para ele mesmo visar as redes contrárias. Por enquanto resta ao extremo ajudar o Moreirense a garantir a manutenção, com as fintas e os dotes que têm sido um dos grandes focos de qualidade do futebol das quinas.

Futebol Português