Paços de Ferreira x Porto: dragão ferido no orgulho enfrenta duro desafio

A jornada 29 da Liga NOS está ao rubro, e o instável Porto desloca-se ao difícil recinto do Paços de Ferreira e, claro, ganhar é imperativo. O pontapé de saída será dado este Domingo a partir das 18:15h, com cobertura total em VAVEL Portugal.

Paços de Ferreira x Porto: dragão ferido no orgulho enfrenta duro desafio
Paços de Ferreira x Porto: dragão ferido no orgulho enfrenta duro desafio

Depois do desaire humilhante diante o Tondela e dos avisos severos de Pinto da Costa, o FC Porto terá pela frente o Paços de Ferreira num teste de fogo para os eleitos de José Peseiro. Com Aboubakar de fora por opção e a entrada de André Silva, é evidente que algo está a mudar no dragão. Para a jornada 29 vencer é urgente, para não aumentar ainda mais o fosso para Sporting e Benfica. O Paços luta ainda por um lugar europeu e conta com o regresso do castigado Pelé.

Primeira volta: remontada azul e branca, valeu Layún

Em partida da jornada 12, o ainda Porto de Lopetegui recebeu o Paços de Ferreira num embate que foi difícil de resolver para os azuis e brancos. Ao minuto 8, Bruno Moreira gelou o Dragão e bateu Casillas. 21 minutos volvidos e Corona respondeu, restabelecendo o empate. Renascia assim a esperança dos invictos. Na segunda parte, o minuto 64 ditou a reviravolta total no duelo, com Layún a oferecer os 3 pontos, fixando o score em 2-1.

Dragão ressacado quer sair do armário na Capital do Móvel

A luta pelo título não passa de uma miragem para o Porto, mas a luta pelo orgulho mantém-se bem vincada pelos responsáveis azuis e brancos. Com as vitórias de Benfica e Sporting, o Porto está provisoriamente a 10 pontos dos leões e a 12 das águias, o que aumenta ainda mais a pressão de ter de jogar num recinto tão adverso como é o do Paços. Na convocatória, Peseiro parece ter recebido o recado do Presidente ao chamar os jovens Francisco Ramos e André Silva, renegando Aboubakar para fora dos eleitos.

Na baliza, Casillas terá lugar cativo, mesmo tendo em conta que tem sofrido golos difíceis de entender para um guardião ex-Real Madrid. O quarteto mais recuado será composto por Maxi, Indi, Chidozie e Layún. Este último tem sido, a par de Danilo, o jogador mais influente na má temporada do dragão, com o mexicano a ter um papel preponderante na manobra defensiva e nos ímpetos para o ataque. Para jogar contra o Paços, a irreverência de Layún será o foco do jogo portista, uma vez que, para além de ser actualmente o jogador mais influente, é também o homem das bolas paradas e o rei das assitências para golo, fazendo da velocidade e da técnica as suas maiores armas.

A vitória é o único caminho a seguir para os dragões
A vitória é o único caminho a seguir para os dragões

No miolo, o titular das quinas Danilo é um exemplo raro da cultura do que é um 'jogador à Porto', pela entrega e pela forma com que tenta impulsionar o jogo para a frente. Para bater o Paços, Herrera e Sérgio Oliveira terão também de impôr o seu futebol, porque jogar na Capital do Móvel é uma tarefa para verdadeiros guerreiros. Na frente, Brahimi e Corona serão os artistas de serviço, mas terão de ser mais pragmáticos na hora de decidir se fintam, cruzam ou rematam. O avançado deverá ser Suk, mas o jovem formado no dragão André Silva espreita uma chance para mostrar em definitivo que é um jovem com um potencial acima de qualquer suspeita.

Paços de Ferreira: a Europa é já ali

Os castores recebem o frágil Porto na Capital do Móvel, com a ambição de vencer e chegar a um lugar de acesso à Liga Europa. Actualmente no 8º lugar, os pacenses estão a 9 pontos do Arouca, e a esperança é a palavra de ordem para os amarelos. Para enfrentar o Porto a postura será ambiciosa, mas sempre com as devidas cautelas. O guardião Defendi querá aplicar em campo a mensagem do seu nome, tentando defender os remates azuis. O regresso do médio Pelé é fulcral para a estratégia dos castores, que assim terão o seu organizador de jogo de novo pronto para o combate. Na frente, Edson Farias, Diogo Jota e Bruno Moreira serão o trio de luxo para tentar tirar proveito da instabilidade da defesa portista. Os dados estão lançados e resta agora aguardar pelo empolgante duelo entre castores e dragões.

Bruno Moreira será um dos jogadores a temer
Bruno Moreira será um dos jogadores a temer