Raio-X ao Leão: Rui Patrício

Rui Patrício, guarda-redes leonino, não é de todo desconhecido no mundo do futebol, especialmente em Portugal. O guarda-redes do Sporting desde cedo que não passa despercebido, sendo dono e senhor das redes verde e brancas, em Alvalade.

Raio-X ao Leão: Rui Patrício
Rui Patrício é o guardião incontestável dos leões, tendo já envergado a braçadeira de capitão

Início de uma brilhante carreira

Rui Pedro dos Santos Patrício, nascido a 15 de Fevereiro de 1988 (28 anos de idade), em Marrazes, começou o seu percurso nesta modalidade no clube da sua terra, o Sport Clube Leiria e Marrazes. Inicialmente, Patrício, ainda no futebol de 7, trabalhava enquanto avançado, explorando o lado esquerdo. Segundo consta, após um desentendimento do guarda-redes do seu clube, graças à sua estatura elevada em comparação com os restantes colegas de equipa, Patrício assumiu o lugar de guardião. Foi uma surpresa e não disfarçou a sua aptidão natural para defender as redes.

Pouco tempo esteve neste clube, já que, com apenas 12 anos, rumou ao Sporting e por lá permaneceu. Consta que Patrício terá sido abordado, também, pelo Benfica, mas o seu treinador aconselhou-o a rumar à formação de Alvalade, contrariando uma família benfiquista como era a do guardião leonino.

Integrado na formação leonina, Patrício arrecadou seis campeonatos em seis temporadas, ao serviço dos iniciados, juvenis e júniores.

Rui Patrício joga de leão ao peito desde os 12 anos
Rui Patrício joga de leão ao peito desde os 12 anos

Ascensão à equipa principal

A grande estreia aconteceu a 19 de Novembro de 2006, frente ao Marítimo, nos Barreiros. A vencer pela margem mínima, Rui Patrício, com apenas 18 anos, entra e acarreta com a responsabilidade de defender uma grande penalidade. Especialista nesta área, o guardião não vacilou e, na sua estreia de leão ao peito pelos seniores, defendeu, segurando a vitória para os leões.

A partir da época seguinte, 2007/2008, o guardião afirmou-se na baliza verde e branca e, até aos dias de hoje, Patrício é senhor das redes leoninas. Mais do que fundamental para o clube de Alvalade, o guarda-redes português entrou para o leque de capitães na temporada de 2012/13. Neste mesmo ano, a contar para o Euro 2012, Rui Patrício começou a ser reconhecido como preferência do seleccionador, segurando o papel de titular indiscutível nas últimas campanhas da Seleção Nacional em Mundiais e Europeus.

Rui Patrício foi o eleito para defender as redes das quinas no Mundial de 2014
Rui Patrício foi o eleito para defender as redes das quinas no Mundial de 2014

Títulos ao serviço do Sporting

Enquanto sénior, Rui Patrício já arrecadou duas Taças de Portugal e duas Supertaças. No que toca ao campeonato nacional, este é o título que há muito foge aos leões e ao guardião leonino. Na época actual, Patrício tem sido fundamental na campanha a contar para a liga, já que em 31 jogos sofreu 18 golos. De qualquer das maneiras, ainda que em 2º lugar na classificação, ainda é possível para os leões vencerem o campeonato e, desde modo, Rui Patrício acrescentar esse título ao seu reportório.

São Patrício

Rui Patrício é um dos jogadores mais acarinhados do plantel leonino. Leão há mais de quinze anos, o guardião é já um símbolo para os sportinguistas e um orgulho em Alvalade. 

Ainda que muito criticado por clubes rivais, Patrício brilha pelo Sporting e é uma peça fundamental, aparecendo como «salvador» da equipa por diversas vezes. Uma delas terá sido o seu papel preponderante na final da Taça de Portugal 2015, já nas grandes penalidades. "São Patrício", apelidado deste modo por muitos adeptos, defendeu uma grande penalidade, que ajudou de forma crucial o Sporting a vencer a competição. É de relembrar, ainda, que o guarda-redes leonino se encontrava lesionado e em claras dificuldades, celebrando a vitória já a coxear. Este papel de Patrício ficará certamente na memória dos adeptos.

Pontos fortes e pontos fracos

Bem como os melhores do mundo, Rui Patrício não é infalível. O guarda-redes internacional apresenta dificuldades em colocar a bola em terrenos mais adiantados e, até mesmo, em controlar a bola com os pés. Ainda assim, Patrício tem melhorado neste aspecto.

Em contrapartida, o guardião possui reflexos rápidos e, nas bolas à queima-roupa, mostra-se com bons instintos. No que toca aos duelos com os avançados, Patrício mostra-se competente, bem como nos lances aéreos. A sua grande especialidade são, realmente, as grandes penalidades, como se pode verificar ao longo do percurso deste jogador. 

Actualidade

Actualmente, Rui Patrício, com 28 anos, tem contrato com o Sporting até 2022, e uma claúsula de rescisão de 40M€. Ainda que cobiçado por vários clubes, como Manchester United, Liverpool e Mónaco, o guardião mantém-se em Alvalade. Quando questionado se o entristeceria fazer carreira, apenas, no clube leonino, Patrício respondeu que não, sentindo-se orgulhoso do seu percurso e do símbolo que carrega ao peito.