FC Porto: 4 frentes de ambição reduzidas à Taça de Portugal

A expectativa azul e branca no início da época atingiu uma dimensão quase maior que os milhões investidos em Imbula. A euforia deu lugar ao pesadelo e, em pleno mês de Maio, os dragões já estão fora da Taça da Liga, do Campeonato e das provas europeias. Resta a Taça de Portugal... será que salva a temporada?

FC Porto: 4 frentes de ambição reduzidas à Taça de Portugal
A época do FC Porto foi desastrosa

Em 2015/2016 o êxito do futebol luso parecia ser revestido de azul e branco. Craques como Casillas, Maxi, Corona e Imbula colocaram a expectativa dos invictos num patamar incrível. O Porto era visto como o grande favorito a conquistar a Liga NOS e a ambição de chegar longe na Champions era gigantesca.

A verdade é que, em pleno mês de Maio, os dragões ocupam o 3º lugar do campeonato, foram eliminados da Taça da Liga e as provas europeias foram um autêntico fracasso. Resta a final da Taça de Portugal para ainda tentar colorir de azul uma época tão negra. Falar, no entanto, em salvar a temporada seria exagerado. Recorde-se que os dragões tiveram apenas de ultrapassar equipas como o Varzim, Angrense, Feirense, Boavista e Gil Vicente, o que permite concluir que a caminhada até ao Jamor foi, no mínimo, facilitada. A eliminatória diante o Boavista foi a única que opôs uma equipa da 1ª Liga, com as panteras a perderem apenas 1-0, tendo falhado uma grande penalidade perto do fim.

O investimento forte na equipa e a ambição portista fariam antever uma temporada de êxito, mas a verdade é que os azuis e brancos já somam 7 derrotas na Liga NOS e encontram-se a 13 pontos do Sporting e a 15 do Benfica. Levantar a Taça no Jamor não salva o pesadelo e desilusão desta época, e frente ao Braga o Porto terá o 1º obstáculo difícil na prova Rainha do futebol luso. A 22 de Maio no Jamor ficará ou não dada a prova do que vale este Porto de Peseiro, mas perante tantos milhões investidos não irá atenuar uma época de mau futebol praticado, más decisões da direcção e, claro, uma perda acentuada de adeptos no famoso e exigente tribunal do Dragão.