RX aos convocados: Adrien Silva

Permanecemos na análise aos médios convocados para este europeu e depois de falarmos em William Carvalho chegou a altura de falarmos num outro leão. Desta vez é Adrien Silva.

RX aos convocados: Adrien Silva
Adrien Silva está nos eleitos de Fernando Santos // Foto: Facebook Oficial do jogador

Adrien Silva faz parte do lote de 23 jogadores que mereceram a confiança de Fernando Santos na chamada para o Euro 2016. Dono de um estilo de jogo muito próprio Adrien está hoje no RX do Vavel Portugal. 

Modelo de criação 

Aos 27 anos Adrien Silva mereceu novamente a confiança para estar presente com as cores da Selecção Nacional, desta vez com Fernando Santos.

São mais de 16 anos de carreira onde passou pelas escolas do Bordeaux, o ARC Paçô e do Sporting. E foi precisamente no clube leonino que Adrien cresceu, mas faltava mais, faltava prática e em boa verdade não havia espaço para que o luso-francês pudesse fazer parte do plantel. Esteve emprestado ao Maccabi Aifa e à Académica, e depois de ter ganho uma Taça de Portugal ao serviço dos estudantes (precisamente contra o Sporting) Adrien regressou. Regressou, jogou e brilhou.

Fez por merecer a confiança de Leonardo Jardim e de Marco Silva e a verdade é que foi crescendo a olhos vistos. Se a titularidade já era indiscutível, com a chegada de Jorge Jesus a Alvalade ela tornou-se peça essencial.

Dono de um estilo de jogo seguro e capaz de transportar jogo e mandar nas “tropas”, Adrien pode estar à direita ou à esquerda e continuar a ser o médio que todo o treinador que manter na equipa.

No que diz respeito a titulos o médio português conta já com nove no cartório: 3 Taças de Portugal, 2 Campeonatos Nacionais de Júniores B, 1 Liga Israelita, 1 Supertaça Cândido de Oliveira, 1 Campeonato de Júniores C e um Campeonato de Júniores B. 

A experiência desconhecida 

Para quem acompanha todos os escalões da Selecção Nacional, o nome de Adrien Silva em nada lhe é estranho. Apesar de contar apenas com 9 internacionalizações na Selecção A, o luso francês tem uma experiência vasta nestas andanças.

Adrien fez parte da Selecção Nacional Portuguesa em todos os seus escalões desde os sub-17. Contando ainda com 46 jogos e com 4 golos nestas mesmas contas. É certo que o Capitão leonino não conta com o mesmo nível de experiência na Selecção principal, mas a verdade é que a confiança foi mais que merecida, não fosse Adrien um dos médios com mais qualidade ao longo da temporada. 

Futebol Português