Mercado - Sporting: As saídas do clube leonino

Muitas confirmações e muitos rumores marcam o mercado das "saídas" dos leões. Conheça as principais movimentações do Sporting nesta etapa.

Mercado - Sporting: As saídas do clube leonino
Tobias Figueiredo foi um dos empréstimos mais sonantes dos leões // Foto: Facebook do Sporting CP

Muitos empréstimos: as duas palavras que mais resumem as saídas do Sporting. Há rumores de saídas de valores avultados, mas o que é certo é que todos os jogadores que não vão jogar de leão ao peito continuam contratualmente vinculados aos leões, sendo cedidos por empréstimo. É o caso de Tobias Figueiredo, jovem central que está no Sporting desde as camadas jovens e que conta com muito potencial. Tobias foi cedido ao Nacional por uma temporada, com um objetivo que parece claro da parte dos leões: desenvolver as suas capacidades, para voltar ao clube com a qualidade suficiente para ser titular. 

Apesar de Tobias Figueiredo ser o nome mais sonante, não é o único a ser emprestado a outros clubes da Primeira Liga. Heldon junta-se a esta lista, sendo cedido novamente ao Rio Ave por mais uma temporada, continuando sem opção de compra. O jovem promissor Francisco Geraldes também foi cedido ao Moreirense, no mesmo quadro de desenvolvimento de Tobias Figueiredo, enquanto que Domingos Duarte e Rosell viajam para bem perto, para o Beleneneses, num empréstimo que deverá ter a duração de uma única época.

Fora de Portugal, Jonathan Silva fica mais uma época ao serviço do Boca Juniors, até meados de 2017, continuando sem opção de compra. Também Haidi Sacko vai jogar fora de Portugal, em Inglaterra, ao serviço do Leeds. A cedência terá a duração de um ano, mas o clube inglês tem a possibilidade de adquirir o jogador no final. 

Quanto a saídas definitivas confirmadas, apenas Carrillo consta na lista. O peruano teve litígios com o Sporting por não renovar com o clube, tendo estado afastado dos relvados desde a 1ª volta da Liga NOS 2015/2016. Carrillo assinou com o Benfica, que adquiriu o jogador a custo zero.

Por fim, e apesar de ainda não ter vendido jogadores, grandes negócios podem estar nas proximidades: os habituais rumores associam os campeões da Europa João Mário e Rui Patrício a diversos emblemas. No caso de João Mário, as associações ao Inter de Milão foram fortes, mas as carências financeiras que o clube tem vindo a demonstrar parecem ser relevantes, sendo o jogador mais recentemente associado ao Chelsea.

Rui Patrício, por sua vez, foi associado à Premier League, a clubes como o Everton ou o Manchester City. A exigência de que se cumpra a claúsula de rescisão parece, no entanto, dificultar este processo. Também Teo Gutiérrez demonstrou vontade de abandonar Alvalade, e o próprio empresário do jogador afirmou, esta quarta-feira, estar empenhado em tratar da saída de Teo do Sporting (O Rosario tem sido um dos clubes mais falados como possível destino do jogador).