Ilhas Faroé 0-6 Portugal: André Silva deu três «prendas» a Fernando Santos

Portugal goleou as Ilhas Faroé por 0-6 em jogo da terceira jornada do grupo B, de qualificação para o Mundial de 2018 na Rússia. André Silva com três golos foi a figura do encontro.

Ilhas Faroé 0-6 Portugal: André Silva deu três «prendas» a Fernando Santos
André Silva fez um hat-trick (Foto: desporto.sapo.pt)

Nova partida, nova goleada outra vez por 0-6. Assim se conta a história da partida desta noite entre as Ilhas Faroé e Portugal. No dia do seu 62º aniversário, o seleccionador Fernando Santos, fez três alterações no onze inicial que tinha defrontado Andorra, com Antunes, William Carvalho e João Mário a entrarem para os lugares de Raphael Guerreiro, Bernardo Silva e João Moutinho.

O relvado sintético do Torsvoellur Stadium, acabou por não ser um verdadeiro obstáculo para a equipa nacional, que aos doze minutos abriu o marcador por intermédio de André Silva, que aproveitou uma intercepção falhada de Gregersen para bater o guardião Nielsen. E dez minutos bastaram para o avançado do FC Porto, voltar a marcar agora de cabeça num lance em que Nielsen e Gregersen voltaram a ser intervenientes.

O hat-trick ficou completo ao minuto 37' com o camisola 18 a estar de novo no sítio certo, para rematar para o fundo das redes depois de Nielsen não segurar o forte remate de João Cancelo. Ao intervalo as Ilhas Faroé não tinham qualquer remate na direcção da baliza, algo que se manteria até final do encontro. No regresso dos balneários a toada ofensiva lusitana permaneceu e Cristiano Ronaldo não foi capaz de bater o guarda-redes da casa, num lance em que surgiu completamente isolado.

No entanto aos vinte minutos da etapa complementar o capitão de Portugal, combinou com João Mário e à entrada da área atirou de pé esquerdo e Nielsen mesmo ainda tocando na bola, não evitou que esta fosse para dentro das redes. Depois vieram as alterações com Gelson Martins a render Quaresma, João Moutinho a entrar para o lugar de João Mário e André Silva a sair para a entrada de Éder.

E foi dos pés do extremo do Sporting que nasceram os dois últimos golos nacionais, ambos já para lá do minuto 90'. No 0-5, Gelson Martins toca para a entrada da área onde João Moutinho apareceu a rematar colocado e logo a seguir arrancando pelo meio, isola João Cancelo que vindo de trás em velocidade fez o 0-6, «coroando» a sua terceira internacionalização com o terceiro golo.

Com esta vitória Portugal sobe ao segundo posto do grupo B com seis pontos, atrás da líder Suíça com nove. A próxima jornada está marcada para o dia 13 de Novembro com a recepção à selecção da Letónia.