Portugal soma e segue na qualificação: Cristiano e Quaresma, a dupla imbatível

Em noite de jogo no Algarve, Portugal conseguiu 4 golos decisivos que resultaram em mais um passo rumo ao Mundial da Rússia. Os homens-golo foram o suspeito Cristiano, William Carvalho e Bruno Alves, concedendo uma vitória importante à equipa das quinas na luta pelo apuramento.

Portugal soma e segue na qualificação: Cristiano e Quaresma, a dupla imbatível
Cristiano e Quaresma, a dupla imbatível // Foto: Facebook Seleções de Portugal

O Estádio do Algarve abriu portas para mais uma partida de qualificação para o Mundial da Rússia, desta feita com as quinas a receberem a Letónia no seu reduto. Uma partida com as suas dificuldades, mas que acabou numa deliciosa vitória por 4 bolas a 1, com Cristiano, William e Bruno Alves a brilharem um pouco mais. Com este triunfo a seleção de todos nós está um pouco mais perto da Rússia, dependendo apenas de si para rumar a voos mais altos. 

1ª parte: Domínio avassalador desde cedo

Na primeira parte, Portugal entrou em campo a toda a velocidade, sendo incrível a mobilidade e a qualidade da nova dupla de ataque, composta por Cristiano e André Silva. A equipa das quinas controlou totalmente as hostes, somando variadas jogadas ofensivas e registando uma posse de bola avassaladora, sem qualquer espaço concedido ao adversário. A Letónia limitou-se a ver os lusos jogarem, e por esse mesmo motivo poder-se-á dizer que o golo chegou tarde, face à supremasia lusitana. 

O tento da vantagem surgiu ao minuto 28, na conversão de uma grande penalidade sofrida por Nani. Na marcação, foi sem surpresa que Cristiano furou as redes, colocando a seleção portuguesa em vantagem. Contudo, as redes da Letónia não mais mexeram no primeiro bloco, ainda que não por falta de tentativas da formação lusitana. Portugal acabou por chegar ao descanso com o resultado de 1-0 a parecer reduzido, perante um Estádio do Algarve vibrante e eufórico.

2ª parte: Tentar, marcar e conquistar

No segundo tempo, Portugal entrou novamente a todo o gás, mas faltava claramente maior critério na hora de aumentar a magra vantagem. Ao minuto 59 os campeões europeus beneficiaram de mais uma grande penalidade, mas desta vez o poste negou o festejo de CR7. Como os tentos falhados não dão vitórias, bastou a Letónia crescer ligeiramente na partida para se ver o pior a acontecer, com A. Zjuzins a igualar o duelo aos 68', ainda que completamente contra a corrente de jogo. 

O tento acordou imediatamente os portugueses. O recém-entrado Quaresma revolucionou o poder ofensivo dos lusitanos, e eis que volvidos 2 minutos do golo da Letónia fez magia e serviu William Carvalho, que não vacilou no momento de colocar Portugal de novo em vantagem. O trinco português marcou o primeiro tento de quinas ao peito, mas Cristiano não ficou descansado até chegar aos 68 festejos pela equipa de todos nós. O capitão rematou a contar ao minuto 85, com o Harry Potter Quaresma a brilhar mais uma vez com a sua assistência.

O 4-1 final surgiu quando Renato e Gelson já estavam nas 4 linhas, mas foi Bruno Alves a fazer o gosto ao pé pela 11ª vez com a camisola lusa, fechando o marcador. Com este jogo, Portugal segue na fase de apuramento na segunda posição, com 9 pontos, a 3 da líder Suiça. A formação lusitana despede-se assim do épico ano de 2016 com uma goleada e voltará aos relvados em Março, rumo ao Mundial da Rússia.