Liga dos Campeões: Légia derrota Sporting e atira leões para fora da Europa

O Sporting está fora das competições europeias. Aos leões bastava um empate frente ao Légia, mas a derrota frente aos polacos leva a equipa de Varsóvia para a Liga Europa.

Liga dos Campeões: Légia derrota Sporting e atira leões para fora da Europa
Leões estão fora das provas europeias

Sporting entrava em campo a saber que um empate chegava, para levar a equipa portuguesa para a Liga Europa. Com três pontos somados, contra um do Légia cabia aos polacos fazerem pela vida e correr atrás do prejuizo, mas foram os leões que até entraram melhores no jogo a controlar a posse de bola e a levarem perigo às redes de Malarsz.

Na primeira vez que o Légia passou do meio-campo fez golo, mas este foi anulado por fora-de-jogo de Prijovic. Com Paulo Oliveira a fazer de lateral direito, o Sporting tanto jogava em 4-4-2, como passava para um 3-4-3 Zeegelaar subia pela esquerda e Bruno César fazia o mesmo no lado oposto, ficando a equipa a actuar com três centrais.

Na frente Markovic era o apoio de Bas Doost, mas esse apoio pouco ou nada se viu já que o holandês estava sempre sozinho na área. O Sporting trocava a bola com o Légia a não fazer pressão, apostando no erro, jogando em contra-ataque ou em lançamentos longos. Prijovic esteve perto de marcar, depois de uma má reposição de bola, mas o remate acertou na rede lateral.

Foi o aviso para o golo que surgiria em cima da meia hora. A defesa leonina mostra passividade no ataque à bola, e esta chega a Guilherme que servido na pequena área atira para o fundo das redes, fazendo o tento que levaria os polacos para a Liga Europa. Na segunda parte, Jorge Jesus colocou Esgaio e Bryan Ruiz por troca com Paulo Oliveira e Markovic, e de seguida foi André a entrar para o lugar de Zeegelaar, recuando Bruno César para a lateral esquerda.

Depois a polémica na área polaca, com a bola a ir na mesma jogada à mão de dois jogadores da casa, mas o árbitro Gianluca Rocchi de frente para o lance, não assinalou, aquilo que seria uma grande penalidade a favor dos leões. A vinte minutos do fim o Sporting fazia finalmente o verdadeiro «assalto» à baliza do Légia, mas com pouco critério e lucidez.

De resto os lances de maior perigo foram em dois remates de fora da área, de Bas Doost e André com Malarsz a corresponder com duas boas intervenções. Balanceado para a frente o Sporting deixava espaço para o contra-ataque do Légia, que por duas vezes podia ter «matado» o jogo, mas aí veio ao de cima a grande qualidade de Rui Patrício, com duas enormes defesas.

As coisas ficaram ainda piores para a formação verde e branca, quando a cinco minutos do fim William Carvalho viu o segundo amarelo no espaço de três minutos e foi expulso, deixando a equipa reduzida a dez jogadores. Até final o Légia fez passar o tempo e com isso garantir o apuramento para a Liga Europa. Um castigo «pesado», mas diga-se justo para um Sporting que não foi capaz de fazer um golo, a um adversário que tinha sofrido 24, nos cinco encontros anteriores (só do Borussia Dortmund foram 16) e que não ganhava um jogo para a Liga dos Campeões, há dez anos.

Futebol Português