Estrela do leão chegou a Belém

O Sporting foi esta quinta-feira ao Restelo vencer o Belenenses por 1-0. Um golo solitário de Bas Dost já em período de descontos fez o resultado final, garantindo assim três preciosos pontos aos leões.

Estrela do leão chegou a Belém
Estrela do leão chegou a Belém

Mudanças radicais e necessárias

O Sporting subiu ao relvado do Restelo com uma diferença pontual de onze pontos relativamente à liderança do campeonato; não havia assim qualquer margem de manobra para os leões, obrigados a vencer sob pena de verem fugir definitivamente as hipóteses de lutar pelo título.

Para o desafio com o Belenenses, o técnico Jorge Jesus viu-se assim obrigado a fazer, nada mais nada menos, do que cinco alterações no onze inicial. As principais mudanças deram-se no sector defensivo e começaram logo na baliza. Com efeito, a recente lesão de Rui Patrício, levou Beto a assumir a titularidade; pelo mesmo motivo surgiu também o central Douglas, por troca com Rúben Semedo. Já nas alas, Ricardo Esgaio e Jefferson assumiram lugar no onze por opção técnica.

Beto foi uma das novidades no onze do Sporting
Beto foi uma das novidades no onze do Sporting

O início da partida mostrou um Sporting determinado em quebrar a tendência negativa de resultados obtidos nas últimas partidas. Os leões partiram para o ataque, não conseguindo, contudo, criar ocasiões flagrantes de perigo. Grande parte dos desiquilíbrios surgia pela direita onde o suspeito do costume, Gelson Martins, procurava quebrar uma bem organizada defesa do Belenenses, e que se mostrou sempre à altura durante a primeira parte.

Perante a inoperância ofensiva do adversário, os de Belém foram ganhando confiança, e beneficiaram mesmo da melhor oportunidade de golo do primeiro tempo; através de um rápido contra-ataque, Fábio Sturgeon teve o golo nos pés, permitindo no entanto que Beto fizesse a "mancha" e evitasse o golo dos azuis.

Sturgeon teve o golo nos pés
Sturgeon teve o golo nos pés

Substituição na Costa-Rica e o suspeito do costume

O segundo tempo começou como iniciara o primeiro, com o Sporting ao ataque, mas revelando algum desacerto no último passe. Alan Ruiz ameaçou logo no primeiro minuto com um bom remate de fora da área, mas o guardião Joel Pereira estava atento e evitou males maiores para a sua equipa.

A necessitar de maior repentismo no ataque, Jesus resolveu fazer entrar Joel Campbell para o lugar de Bryan Ruiz, substituição que se revelou decisiva no desfecho da partida. Com Gelson e Campbell nas alas, o Sporting ganhou outra capacidade de desiquilíbrio; o costa riquenho esteve perto de assistir Bas Dost para golo aos 62 minutos, mas o cruzamento saiu com demasiada força. Os leões carregavam agora com mais perigo; a meio da segunda parte um livre bem marcado por Adrien Silva, obrigou Joel Pereira a desviar para a barra uma bola que parecia destinada a entrar.

Campbell entrou e mexeu com o jogo
Campbell entrou e mexeu com o jogo

Mas o Belenenses não se limitava a defender; perante o pendor ofensivo do adversário, os do Restelo iam aproveitando para construir ataques rápidos; num dos mesmos, Sturgeon voltou a estar perto do golo, mas Beto, novamente, defendeu para o poste. No minuto seguinte, o guardião leonino voltou a ser decisivo, parando um perigoso remate de João Diogo, já dentro da grande área. Com a chegada dos últimos minutos, o resultado final era uma incógnita, com ambas as equipas com capacidade e oportunidades para inaugurar o marcador.

Contudo a perseverança leonina acabou por dar os seus frutos já para lá da hora. No terceiro de cinco minutos de descontos, uma boa jogada de entendimento do ataque do Sporting deixa Joel Campbell livre na esquerda; o cruzamento largo do costa-riquenho encontra na área Bas Dost que, letal, fez o golo da vitória dos leões.

O suspeito do costume deu a vitória ao Sporting
O suspeito do costume deu a vitória ao Sporting

Com este triunfo o Sporting não deixa fugir em definitivo os seus rivais, mantendo assim vivas as aspirações na luta pelo título. Já o Belenenses ficou no 11º lugar, podendo ainda ser ultrapassado nesta jornada.