Benfica, Porto e Sporting com multas impostas pelo Conselho de Disciplina

Os 3 grandes têm neste momento, em conjunto, mais de 20 mil € em multas para pagar. Em causa estão confrontos, incidentes e o uso indevido de material proibido nos Estádios, tudo nesta última jornada.

Benfica, Porto e Sporting com multas impostas pelo Conselho de Disciplina
| Foto: Jornal Público

Vamos fazer contas? Só com os jogos deste fim de semana, os três grandes do futebol português vão ter de desembolsar 23.641€ em multas e tudo por culpa... dos adeptos. 

14 mil € e um processo

Comecemos então com as contas do actual tri-Campeão Nacional. O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol multou o Benfica em 14 mil€ e colocou em curso um processo disciplinar face ao comunicado que os encarnados deram a conhecer antes da Gala das Quinas de Ouro. 

No que aos valores diz respeito, 5.585€ desses 14 mil, foram aplicados devido a  33 elementos pirotécnicos usados  no encontro com o Paços,  inclusive um petardo e uma tocha  atirados em direcção aos adeptos da casa  no final do encontro.

Os outros 6.650€ referem-se ao facto de ter sido atirada uma tocha incandescente para o interior do relvado já depois do término da partida, de acordo com a Federação, a tocha não chegou a atingir ninguém, mas o facto de se tratar de um episódio reincidente não colaborou para o valor final. 

Incidentes e Acidentes 

Passemos agora às contas do FC Porto. Os azuis e brancos receberam o Vitória de Setúbal este domingo e a verdade é que os insultos e os materiais pirotécnicos usados motivaram 3.673€ de multa. 

A multa mais alta, referente a 1.760€ , diz respeito ao uso e rebentamento de três elementos pirotécnicos (dois petardos e um flash light). O valor até podia ser mais baixo, mas a verdade é que a reincidência também não colaborou nas contas.

 1.148 € devem-se à permanência desses mesmos materiais no Estádio, os restantes 785€  são por culpa das bancadas. Os cânticos entoados pelos adeptos durante um pontapé de baliza foram mais do que suficientes para justificar o valor imposto. 

Esponjas que valem dinheiro 

Para terminar..  Sporting. Dos três grandes, os leões foram os únicos que conseguiram os 3 pontos, mas nem isso lhes valeu uma fuga às multas. 

A equipa liderada por Bruno de Carvalho vai ter de desembolsar 765€ pelas bolas de esponja atiradas para o relvado durante o encontro com o Nacional em Alvalade, com uma delas a ter atingido o juiz da partida  Jorge Ferreira.

Mas as contas não se ficam por aqui, 1.148€  vão ter de ser pagos devido à entrada de materiais proibidos no estádio  e  4.820€  por uso de materiais pirotécnicos por parte dos adeptos, também com a coima aumentada por reincidência. No total, rebentaram 18 petardos, três potes de fumo e três flash lights

Futebol Português