Águia com voo conturbado para o Jamor (3-3)

O Benfica tremeu diante o Estoril mas garantiu o passaporte para a final da Taça de Portugal.

Águia com voo conturbado para o Jamor (3-3)
Águias voam até ao Jamor.

O Estádio da Luz recebeu 25.000 espectadores para a asfixiante 2ª mão das meias-finais da Taça de Portugal. Na primeira etapa deste eliminatória as águias foram ao Coimbra da Mota vencer o Estoril por 1-2, resultado que permitia aos encarnados entrar em campo perante os seus adeptos com maior tranquilidade. Na primeira meia hora, o Benfica pressionou alto e desenvolveu variadíssimas jogadas de ataque com destaque para Rafa e Carrillo. 

A verdade é que foi o Estoril a inaugurar o marcador à passagem do minuto 31, por intermédio de Bruno Gomes. As águias ficaram feridas no orgulho e partiram rapidamente para a igualdade com um tento da autoria de Carrillo, apenas dois minutos depois do tento canarinho. Ao intervalo, a igualdade era um pouco enganadora perante a superioridade do Benfica, mas a etapa complementar do encontro foi maioritariamente controlada pelo Estoril. 

Ao minuto 46, Carlinhos voltou a dar vantagem aos forasteiros com uma entrada a todo o gás sem deixar a águia respirar. O jogo na Luz atingiu níveis de ansiedade extremos, e Zivkovic voltou a empatar o jogo e a devolver a vantagem na eliminatória aos encarnados. Com o Estoril balanceado no ataque, o recém entrado Jonas fez o terceiro golo das águias, ao minuto 72 oferendo uma aparente tranquilidade aos benfiquistas.

A atitude e a alma estorilista não se deixaram adormecer com o tento do pistoleiro e ao minuto 78, Bruno Gomes voltou a acender a chama da esperança dos adeptos do clube da linha, ao igualar a partir em 3-3. Até final, o Estoril tudo fez para marcar presença no Jamor, mas é o Benfica que irá voar até à final mais aguardada do final português. 

No global da eliminatória, as águias foram superiores, mas fica uma palavra de incentivo para o excelente jogo técnico e táctica dos pupilos de Pedro Emanuel em pleno estádio da Luz. 

A final está marcada para Maio e terá frente-a-frente Benfica e Vitória de Guimarães.

Futebol Português