Sp. Braga x Sporting : A ferro, a fogo e a Dost

Não foi nada fácil a deslocação dos leões ao Municipal de Braga. O Sporting saiu para o intervalo a perder por 1-0, mas na segunda metade foi Bas Dost quem deu a volta ao marcador, numa partida que fica marcada pela lesão de Alan Ruiz.

Sp. Braga x Sporting : A ferro, a fogo e a Dost
| Foto : Mais Futebol

3 pontos conquistados na visita a Braga, mas que muito custaram à equipa do Sporting. Os leões estiveram a perder, perderam Alan Ruiz, empataram, passaram para a frente, deixaram o empate ser dado como certo e tiveram de esperar até ao fim para vencer. Um jogo difícil, pesado, suado, sofrido, mas com muito para contar. 

Sofrer e desperdiçar 

Com o regresso de Marvin do castigo imposto por acumulação de amarelos, o onze leonino não surpreendeu, no sentido oposto, a equipa de Abel Ferreira teve algumas dores de cabeça para resolver. Mauro, Assis, Wilson Eduardo e Hassan falharam a partida por lesão e, o novo técnico arsenalista foi obrigado a jogar com o que tinha. Colocou a equipa num 4x4x2 e conseguiu fazer com que Ricardo Horta e Pedro Santos acabassem por ser o apoio crucial quer à defesa, quer à frente de ataque. 

O jogo arrancou e a verdade é que até foram os leões a criarem as primeiras oportunidades, aos 5' não fosse Marafona a travar o remate do Gelson e o golo era certo, mas como quem não marca... sofre, não foi preciso muito para ver o golo arsenalista. 

Aos 15', um remate pesado e bem colocado de Ricardo Horta não deu qualquer hipótese a Patrício. Depois do remate de Rui Fonte à trave, Ricardo Horta apareceu a rematar para o fundo das redes, estava feito o golo do Braga e o Sporting só se podia queixar da falta de pontaria. 

Ainda antes da meia hora de jogo, mais uma má notícia para os leões. Depois de um lance disputado com Baiano, Alan Ruiz saiu lesionado e obrigou Jorge Jesus à primeira substituição forçada. O argentino saiu de maca e apesar de ainda não se ter qualquer certeza, já se fala que a época terminou para o jogador. 

O Capitão do Sporting falhou uma grande penalidade ainda na 1ª parte | Foto: Mais Futebol
O Capitão do Sporting falhou uma grande penalidade ainda na 1ª parte | Foto: Mais Futebol

Para o lugar do argentino entrou Podence e bastou um minuto em campo para o miúdo ser travado na grande área. Rosic falhou a bola e na marca de castigo máximo, Adrien atirou ao lado. 

Desperdiçou Adrien e desperdiçaram Gelson, Podence e Bas Dost até ao intervalo. Ainda faltavam quarenta e cinco minutos e o Sporting tinha muito que alterar...  faltava afinar a pontaria e, mais do que isso, faltavam os golos. 

Dost envolve, Dost resolve 

Segunda parte e nova oportunidade para ver jogar as equipas. Era esperado que o jogo fosse mais emocionante, recheado de boas jogadas e de boas oportunidades e foi isso mesmo que aconteceu. 

Ainda a partida não tinha cinco minutos feitos na segunda metade, já Bas Dost dava o empate à equipa do Sporting. Depois de Gelson ter sido travado na grande área por Goiano, existiu uma oportunidade que o holandês não desperdiçou. Bola para um lado e Marafona para o outro, estava feito o empate. 

O Sporting de Braga reagiu bem e não fosse a atenção do quarteto defensivo e de Rui Patrício e as coisas poderiam ter piorado para o lado verde e branco. Aos 76' novo golo e , de novo, para Bas Dost. O holandês aproveitou o cruzamento de Marvin e cabeceou forte para o fundo das redes. Bis de Bas Dost a pouco mais de 10 minutos do final da partida. 

O jogo parecia estar resolvido, mas logo a seguir foi tempo de ver novo golo. Desta vez de Rui Fonte, depois de Xadas ter assistido Pedro Santos na área, o português fez o passe perfeito para o remate do avançado bracarense. Estava restabelecido o empate e com o jogo dividido eram muitas as dúvidas sobre o resultado final. Já ninguém tinha a certeza de nada e as apostas poderiam cair todas por terra... menos se tivessem sido feitas em Bas Dost. 

Bas Dost voltou a ser o "Culpado" da vitória verde e branca | Foto: MaisFutebol
Bas Dost voltou a ser o "Culpado" da vitória verde e branca | Foto: MaisFutebol

O holandês voltou a ser o homem do jogo depois de ter feito o hat-trick a 5 minutos do final da partida. Gelson fez o passe para Schelotto que voltou a cruzar para a cabeça do ponta de lança leonino. 

31 golos na Liga do holandês e 3 pontos garantidos para os leões que voltam assim a segurar o terceiro lugar com uma distância de 8 pontos do Vitória de Guimarães e com menos 6 do que o FC Porto. 

Futebol Português