Moreirense x FC Porto: Os milagres acontecem

Depois de ter vencido a Taça da Liga e de se sagrar Campeão de Inverno, o Moreirense volta a surpreender tudo e todos ao garantir a permanência na 1ª Liga. A equipa de Petit venceu o FC Porto por 3-1 num jogo com muita emoção à mistura.

Moreirense x FC Porto: Os milagres acontecem
Moreirense x FC Porto: Os milagres acontecem

Foi sofrer até ao fim! O Moreirense teve de esperar pela última jornada para dizer o "Sim!" à Primeira Liga. A equipa de Moreira de Cónegos sofreu, suou e venceu o FC Porto numa tarde em que as emoções estiveram mesmo à flor da pele. 

Marcando e assustando 

Sabendo Petit que o jogo desta tarde era o tudo ou nada, o técnico fez  quatro alterações no onze inicial sendo Sagna, André Micael, Frederic Maciel e Ramirez  as novidades.

Já Nuno Espírito Santo, sabendo que o segundo lugar estava mais que garantido, deu lugar a José Sá, Felipe e Danilo deixando de fora Casillas, Boly e Corona.

O jogo até arrancou dividido, mas desde muito cedo que a equipa de Cónegos mostrou que não estava em casa para brincar. O "grande" Porto caiu aos pés da equipa de Petit quando aos 16' Boateng aproveitou o cruzamento de Rebocho para bater José Sá pela primeira vez.

Os azuis e brancos não conseguiram reagir como era esperado e a verdade é quem não marca.... sofre. Ainda antes do intervalo foi a vez de uma das novidades do onze de Petit mostrar serviço. Maciel aproveitou o passe de Boateng depois deste ter fugido a Felipe e, na saída precária de José Sá, atirou certeiro para o 2-0. 

Felipe não teve uma tarde inspirada em Cónegos | Foto: Mais Futebol
Felipe não teve uma tarde inspirada em Cónegos | Foto: Mais Futebol

O FC Porto estava irreconhecível. As falhas dos passes, a falta de concentração e de sorte nas saídas de bola não estavam a ajudar e ainda existiam mais 45 minutos para jogar. 

Fazer história por duas vezes 

O intervalo parece ter feito bem aos dragões. Os azuis e brancos entraram a pressionar e aos 66' o golo apareceu. Mais uma vez o herói improvável: Maxi Pereira. 

O urugaio aproveitou uma jogada de entendimento entre André André e Soares e depois de ter aproveitado o passe do português, bateu Makaridze. 

A margem de um golo de diferença fez o Porto acreditar, mas acabou por assustar todos os presentes nas bancadas do Almeida Freitas, mas como quem sonha, acredita até ao fim.... foi o que bastou. 

Aos 86', Alex trouxe a estrelinha de volta. Mais uma vez, Boateng acabou por estar presente. Depois de ter fugido, uma vez mais, a Felipe o extremo serviu Alex para o 3-1 final. 

E falando em final, falamos em tortura para os adeptos do Moreirense. Até ao final da partida, não fossem Makaridze e a falta de pontaria de André Silva e Brahimi e a história poderia ser outra. 

Contas feitas, o Moreirense consegue assim fazer história esta temporada: depois de vencer a Taça da Liga, não só conseguiu permanecer no primeiro escalão, como também foi capaz de ser uma das duas equipas a vencer o FC Porto esta temporada. Recordemos que a última derrota dos azuis e brancos remota à terceira jornada em Alvalade.  

 

Futebol Português