F.C. Porto à imagem de Sérgio Conceição

Sérgio Conceição entrou em junho, mas já transformou por completo o Futebol Clube do Porto. Com apenas duas derrotas em 29 jogos oficiais, Sérgio Conceição fez dos seus jogadores uma verdadeira equipa vencedora.

F.C. Porto
à imagem de Sérgio Conceição
Sérgio Conceição é o verdadeiro responsável por este sucesso. // Fonte: LUSA

          Muita especulação e polémica envolveu a transferência de Sérgio Conceição do Nantes para o Porto no passado verão. Se alguns adeptos portistas pensavam que não seria a escolha acertada, outros defendiam o ex-jogador como o treinador ideal para a equipa portista, não só pelo seu passado enquanto jogador, mas também pelo ‘sangue azul’ que corre nas suas veias.

          Sem grandes investimentos na equipa, Sérgio Conceição baseou os seus reforços em jogadores que estavam emprestados, apostando assim em atletas como Marega (ex-Vitória Guimarães), Aboubakar (ex-Besiktas), Ricardo Pereira (ex-Nice), Reyes (ex-Espanyol), entre outros como Sérgio Oliveira e Hernâni.

          Se muitos pensavam que faltava qualquer coisa à equipa e que o plantel era curto para combater em todas as frentes, a verdade é que desde cedo se viu um Porto completamente diferente (para melhor) dentro do terreno de jogo. Com o onze base a assentar num clássico 4-4-2, o que se tem visto esta época é uma equipa com garra, com vontade de vencer desde o primeiro minuto e, fundamentalmente, com qualidade de jogo. Até ao momento, os jogadores-chave têm sido Aboubakar (25 golos marcados) e Brahimi (cinco golos e seis assistências só no campeonato).

          Ao contrário do que se via com Lopetegui e com Nuno Espírito Santo, a equipa azul e branca não só é fortíssima ofensivamente, contando com cerca de 80 golos marcados em 29 jogos oficiais, como também é excepcional defensivamente, sofrendo 23 golos esta época (apenas 9 no campeonato).

          Ao fim de seis meses, o Porto segue isolado e invicto na Liga Portuguesa (não acontecia desde 2010/2011), vai jogar os quartos-de-final da Taça de Portugal, defronta o Sporting nas meias-finais da Taça da Liga e estão nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, onde jogam frente ao Liverpool.

          Se existe alguém a quem os adeptos portistas podem agradecer todo este sucesso desportivo é a Sérgio Conceição que, em meia dúzia de meses, meteu o Futebol Clube do Porto a ‘jogar à bola’ como há muito não se via.