Frente a Frente: Poder de fogo na ala na meia final da Prova Rainha

Dragões e leões voltam a encontrar-se, desta vez na primeira mão da final da Taça de Portugal.

Frente
a Frente: Poder de fogo na ala na meia final da Prova Rainha
Blog Visão do Mercado

            O Futebol Clube do Porto e o Sporting Clube de Portugal defrontam-se esta quarta feira à noite pela terceira vez esta época. O jogo tem inicio marcado para as 20:15h no Estádio do Dragão e muito do poderio ofensivo das duas equipas deverá passar pelas alas com dois jogadores que tem assumido uma elevada importância na presente época.

            Do lado dos azuis e brancos, Yacine Brahimi. O argelino de 27 anos quase que dispensa apresentações. Dono de uma técnica irrepreensível e a realizar talvez a melhor época ao serviço do Porto, é por ele que passa muito do jogo ofensivo da equipa. Com rasgos individuais de grande qualidade a tirar vários adversários do caminho ou com simples combinações com Alex Telles, o extremo é sem dúvida uma arma apontada à baliza de Rui Patrício. Nesta época, Brahimi conta com 5 golos no campeonato e lidera juntamente com Alex Telles a lista de jogadores com mais passes para golo6 em todos os jogos do campeonato português. No último jogo contra os leões, o argelino jogou os noventa minutos e foi responsável por bater a sexta grande penalidade acabando até por falhar. Nesta quarta feira quererá redimir-se perante os seus adeptos tentando carimbar assim mais uma grande exibição num jogo muito importante para a os dragões.

            No que diz respeito à equipa de Jorge Jesus, o treinador conta com uma peça importante no movimento ofensivo do Sporting: Marcos Acuña. O argentino tem sido um dos titulares indiscutíveis na equipa e tem feito exibições de grande nível. No último jogo em casa frente ao Vitória de Guimarães, o extremo de 26 anos foi mesmo dos melhores em campo e recebeu vários elogios da massa associativa. Com uma boa capacidade para cruzar e com uma enorme entrega ao jogo, o argentino conta já com 5 golos em todas as competições, 3 no campeonato português. A nível de assistências, conta com 4 passes certeiros para golo. No último jogo contra o Porto para a Taça da Liga, Acuña jogou 77 minutos até dar lugar a Bryan Ruiz que viria a marcar o penalty decisivo da meia final.

            Posto isto, resta esperar para ver o que estes verdadeiros talentos do futebol português irão “tirar da cartola” num jogo muito importante quer para portistas quer para sportinguistas na luta pela conquista da Taça de Portugal.