Majeed Waris: os números antes de chegar ao Dragão

O avançado ganês chegou por empréstimo do Lorient no passado mercado de inverno e tem passagens pela Suécia, Rússia e Turquia

Majeed Waris: os números antes de chegar ao Dragão
Majeed Waris: os números antes de chegar ao Dragão

     Para além do médio ofensivo Paulinho e do defesa central Osório, o Futebol Clube do Porto reforçou também o ataque neste passado mercado de transferências de inverno. Para jogar como segundo avançado ou como ponta de lança, o alvo escolhido foi Majeed Waris, que chega por empréstimo com opção de compra do Lorient, clube que se encontra atualmente na segunda divisão francesa.

     O avançado ganês tem 26 anos e chega ao futebol português depois de ter impressionado Sérgio Conceição na época passada quando o treinador dos dragões se encontrava em França. Recorde-se que o atual técnico dos portistas treinava o Nantes antes de chegar ao Porto este verão. Waris tem 1,72m e tem jogado como segundo avançado atrás do ponta de lança a maior parte da sua carreira. Desde que chegou aos dragões, o ganês foi suplente utilizado por três vezes e procura ainda encontrar um lugar no plantel da equipa portista.

     A sua carreira no futebol começou no modesto clube da Suécia, o BK Hacken onde terminou a sua segunda época com 23 golos em 28 jogos pelo clube sueco. Estes números fizeram com que o Spartak de Moscovo contratasse o avançado ganês, que acabou por não ser feliz na Rússia, onde jogou apenas 14 jogos no total de quatro épocas com um empréstimo pelo meio ao Valenciennes da Segunda Liga francesa. Em janeiro da época 2014/2015, seguiu para a Turquia após ser contratado pelo Trabzonspor. Lá jogou 18 jogos e não marcou qualquer golo. No final dessa época, acabou por ser transferido para o Lorient que naquela época militava ainda no primeiro escalão francês. Na sua primeira época ao serviço do clube francês assinou 11 golos em 21 jogos. Na época seguinte jogou ainda mais – 37 jogos – somando um total de 10 golos que não evitaram a descida do clube. Foi então que a meio da corrente época foi contratado pelo Porto por empréstimo. Cabe ao clube portista decidir no final da época se vai acionar ou não a opção de compra que tem sobre o ganês.

     Apesar de Sérgio Conceição já ter reconhecido publicamente as qualidades de Waris, este não terá a vida facilitada e terá que trabalhar para ser opção visto que para além dos titularíssimos Marega e Aboubakar, o Porto ainda resgatou de empréstimo Gonçalo Paciência para atacar o que resta da época. Os próximos jogos irão ditar se o avançado contratado ao emblema francês se trata de um verdadeiro reforço e se este conta para as escolhas do técnico portista.