Guia do Campeonato Português 2013/2014
A Liga Sagres 2013/2014 vai começar e a VAVEL traz para você todas as informações de uma das ligas mais tradicionais do futebol mundial! (Foto: Reprodução/www.lpfp.pt)

A Liga Sagres 2013/2014 começará nesta sexta-feira (16), com Paços de Ferreira e Braga fazendo o jogo de abertura, às 16h15, horário de Brasília. Todas as novidades do Campeonato Português e dos times de Portugal que disputarão as competições continentais da temporada, você confere aqui na VAVEL Brasil e na VAVEL Portugal!

Futebol Clube do Porto

Fundação: 1893

Cidade: Porto (Localizada no norte português).

Estádio: Dragão (50.948)

Brasileiros no elenco: Hélton e Fabiano goleiros, Danilo lateral, Maicon zagueiro, Alexsandro lateral esquerdo, Fernando volante, Carlos Eduardo meia, Kelvin atacante.

Cores: Azul e branco

Atual tricampeão nacional, o Futebol Clube Porto, inicia a Liga Sagres, com um grande desafio, evoluir em relação à última temporada. Mesmo após a conquista, o treinador Vitor Pereira não teve seu contrato renovado. A direção queria mais e por isso investiu, trouxe reforços para diversas posições e aposta no técnico revelação de Portugal, Paulo Fonseca, que ficou em terceiro com o modesto Paços de Ferreira.

Entre as novidades estão o meia colombiano Juan Quinteiros, o zagueiro Reyes e o volante Herrera mexicanos, o jovem volante português Tiago Rodrigues, os atacantes Licá e Ghillas, Josué meia indicado pelo treinador advindo do Paços, dentre outros. Porém as saídas de James Rodríguez e João Moutinho enfraqueceram pelo menos num primeiro momento os Dragões. Que renovados buscarão manter a hegemonia em Portugal, só nos últimos dez anos foram 8 taças da Liga Sagres, contra duas do rival encarnado.

Apesar das mudanças e dos bons reforços do rival Benfica, não há como negar, o maior favorito pelo menos no inicio desta Liga Sagres é o Porto, e o restante de equipes que corram atrás. Por que em Portugal na última década tem sido assim, é Porto e mais quinze.

Time base: Hélton, Fucile, Otamendi, Mangala, Alexsandro, Fernando, Defour, Lucho Gonzalez, Varela (Licá), Kelvin (Quinteiros), Jackson Martínez.

Téc: Paulo Fonseca

Sport Lisboa e Benfica

Fundação: 1904

Cidade: Lisboa (Capital de Portugal).

Estádio: Da Luz (65.647)

Cores: Vermelho e branco.

Brasileiros no elenco: Arthur Moraes, Cortez lateral esquerdo, Luisão e Jardel zagueiro, Lima atacante, Rodrigo (brasileiro naturalizado espanhol).

A equipe do Benfica inicia a temporada pressionada, após perder o título nacional, da Liga Europa e da Taça da Liga, o clube terá que se recuperar neste ano. Para isso contratou muito, mas manteve uma base de equipe e aposta na qualificação e quantificação de seu elenco.

Se o problema era falta de zagueiros e laterais reservas, chegaram Lisandro Lopéz, Steven Vitória e Cortez. Se era o ataque, Markovic, Djuricic e Suljemani vieram como soluções. Além deles, apostas para o futuro como Luis Fariña meia argentino de 22 anos que veio do Racing, o centroavante Funes Mori do River Plate (ARG) de mesma idade e o volante Jim Varela de 19 anos, uruguaio revelado pelo Peñarol(URU) e da seleção sub-20 charrua.

O certo é que o maior campeão português inicia mais forte esta temporada, ainda sem a definição da saída de Cardozo ou não, mas com um elenco capaz de conquistar títulos nas competições que disputa.

Jorge Jesus aposta na base de time da última temporada, com alguns reforços ganhando espaços como o sérvio Djuricic e o lateral Cortez. Porém Gaitán, Lima, Matic, Garay, Luisão e cia, continuam com muita moral com o treinador, que mantido mesmo após os fracassos da última temporada terá de mostrar serviço rápido, evitando assim possíveis pressões sobre seu cargo.

Independentemente da situação, a Liga Sagres parece ter se tornado a grande obsessão para o clube encarnado, que após vê-la escapar pelas mãos na última temporada, terá a missão de resgatá-la após três títulos consecutivos do maior rival Porto.

Time Base: Arthur, Maxi Pereira, Luisão, Garay, Melgarejo, Matic, Perez, Gaitán, Sálvio, Djuricic (Rodrigo), Lima .

Téc: Jorge Jesus.

Sporting Clube de Portugal

Fundação: 1906

Cidade: Lisboa (Capital de Portugal)

Estádio: José Alvalade (50.466)

Cores: Verde e branco.

Brasileiros no elenco: Marcelo Boeck goleiro, Welder lateral, Maurício e Evaldo zagueiros, Jefférson lateral esquerdo e Gerson Magrão volante e meia.

Um dos gigantes portugueses vive dias de agonia. O Sporting Lisboa vem decepcionando a cada temporada. Como se não bastasse estar fora da luta pelo título nacional há várias épocas, o clube alviverde terminou a última competição na sétima colocação, uma das piores da história dos Leões.

A grave situação financeira que atinge o país, afeta também o clube, que agora comandado pelo presidente Bruno de Carvalho, tenta juntar os cacos e fazer uma boa temporada. Sem condições financeiras, a saída foi buscar Leonardo Jardim, treinador de sucesso no Braga e que estava no Olimpiakos (GRE). Leonardo é a maior esperança da diretoria para recolocar o Sporting no rumo das vitórias.

Em termos de contratação, jogadores baratos e muitos deles ligados a empresários, como Monteiro meia ex-Seatle Sounders (EUA), Jefférson lateral brasileiro ex-Palmeiras e Estoril, Maurício Nascimento zagueiro ex-Palmeiras, Weldinho (agora Welder) lateral ex-Palmeiras. E Slimani, atacante que veio de graça do futebol argelino e chega como a grande aposta da temporada, sendo jogador da seleção de seu país e como alto faro de gol.

Entre as perdas, alguns jogadores importantes como Schaars para o PSV (HOL), Miguel Lopes para o Lyon (FRA) e o centroavante Wolfswinkel para o Norwich (ING). Mesmo assim a ordem é otimismo, com uma equipe jovem, que tem média de idade de 21 anos, o Sporting tentará surpreender e se colocar de novo entre as forças do país. Voltando assim a disputar uma competição internacional.

Time base: Rui Patrício, Nuno Reis, Maurício, Cedric (Rojo), Jefferson, Willian Carvalho, Semedo, Rinaudo, André Martins, Montero, Wilson Eduardo.

Téc: Leonardo Jardim.

Associação Acadêmica de Coimbra

Fundação: 1876

Cidade: Coimbra (Localizada na região central do país, no distrito que leva o mesmo nome).

Estádio: Cidade de Coimbra (29.880)

Cores: Preto e branco.

Brasileiros no elenco: Rainer Ferreira lateral, Marcelinho Goiano lateral, Djavan zagueiro, Makelelê volante, Clayton meia, Marcos Paulo meia, Rafael Oliveira e Manoel atacantes.

A cidade de Coimbra respira educação, com uma das universidades mais antigas do mundo sediada em seu município, a Acadêmica é outra orgulho para os moradores da região central de Portugal. Um dos mais antigos clubes do país, a briosa como é conhecida, sonha nesta temporada em voltar a Liga Europa, competição que disputou no último ano.

Para isso, contratou 11 reforços e o principal deles é o meia de 28 anos, Diogo Valente que veio do CFR Cluj (ROM). Junto dele chegaram também com certo destaque o atacante brasileiro, ex-Paysandu e Portuguesa, Rafael Oliveira e o jovem Aníbal Capela emprestado pelo Braga e o atacante Abdi do Olhanense. Em compensação, o time perdeu os atacantes Cissé e Wilson Eduardo (este último que voltou de empréstimo ao clube lisboeta) ambos para o Sporting.

Na visão do treinador Sergio Conceição um bom elenco, que com a base mantida do ano anterior e mais experiente após as disputas da Liga Europa, pode voltar a surpreender e quem sabe ser o Paços de Ferreira ou o Estoril da vez.

Time Base: Ricardo, Helder Cabral, Haliche e Capela, Makelelê, Bruno China, Marcos Paulo, Marinho, Diogo Valente, Magype, Rafael Oliveira.

Téc: Sergio Conceição.

Futebol Clube de Arouca

Ano de fundação: 1952

Estádio: Municipal de Arouca (5.000 pessoas)

Cidade: Arouca (norte português, região próxima a Porto).

Cores: Azul e amarelo

Brasileiros no elenco: Diego Fortunato zagueiro (ex- Olhanense), Romário atacante (ex-Vasco) e Soares meia (ex-Rio Ave).

O Acesso frente á equipes bem mais tradicionais como Leixões e Portimonense, deixou orgulhosa a pequena cidade de Arouca. A missão agora é manter a equipe na primeira divisão. E para isso o clube foi ás compras, trouxe jogadores rodados na Liga Sagres como o zagueiro brasileiro Diego Fortunato e o atacante português Paulo Sérgio, com passagem pelo Guimarães, Olhanense e que estava no futebol do Chipre. Há também apostas como do lateral espanhol Balliu do Barcelona B e o atacante brasileiro com nome de craque, emprestado pelo Vasco, Romário.

Comandado pelo treinador Pedro Emanuel, a equipe amarela e azul do norte português, tentará desafiar os gigantes e seguir o exemplo do irmão de cores Estoril, que em dois anos na primeira divisão, já garantiu acesso a Liga Europa. Independentemente dos resultados, a cidade está eufórica e a espera de grandes jogos, sentindo orgulho do pequeno clube que sonha, um dia ser grande.

Time base: Igor Rocha, Balliu, Diego Fortunato, Henrique, Stefane, Bruno Amaro (Bijou), Monteiro, Kovacevic e Nuno Coelho, Roberto, Hemiliano (Romário).

Téc: Pedro Emanuel.

Clube de Futebol Os Belenenses

Ano de fundação: 1919

Estádio: Rastelo (25.000)

Cidade: Belém (Localizada na região metropolitana de Lisboa).

Cores: Azul e Branco

Brasileiro no elenco: Deyverson atacante.

Um dos clubes mais tradicionais de Portugal, está de volta a elite daquele país. Após três temporadas na segunda divisão, o Belenenses, voltará a enfrentar os grandes clubes portugueses.

Campeão nacional na temporada de 1945/46, na edição 2013/2014, ele terá um objetivo bem diferente. Se manter na primeira divisão e se possível, ficar entre os dez melhores, posição que a diretoria do clube considera mais que honrosa no atual momento.

O time é treinado pelo holandês Van Der Gaag, ex-jogador do Marítimo, que radicado em Portugal assumiu o clube na última temporada, conseguindo o acesso com relativa tranquilidade e conquistando o título da Segunda Liga.

Entre as contratações para esta temporada, o volante Eggert Jónsson, de 23 anos que vem do Wolverhampton da Inglaterra é a principal delas. Além dele, o meia Halgi Danielsson, islandês de 32 anos, que estava no AIK da Suécia e tem passagens pelo futebol alemão e inglês e o jovem Miguel Rosa do Benfica B, chegam para ajudar o clube do Rastelo.

Apesar de algumas dificuldades, a equipe conseguiu manter a base, o que será uma das apostas do treinador, uma equipe aguerrida e vencedora, que superou a segundona e com algumas contratações, tentará manter o clube onde ele quase sempre esteve, na elite nacional.

Time base: Filipe Mendes, André Martins, Duarte, João Afonso , João Meira, Jónsson, Arsênio, Ricardo Alves (Miguel Rosa), Fredy e Rambé.

Téc: Mitchell Van Der Gaag.

Sporting Clube Braga

Fundação: 1921

Cidade: Braga (Localizada norte português, próxima a cidade Guimarães).

Estádio: Municipal de Braga (30.268)

Cores: Vermelho e branco.

Brasileiros no elenco: Baiano lateral, Paulo Vinícius e Aderlan zagueiros, Alan volante/meia, Luis Carlos e Mauro meias e Rafael Porcellis atacante.

A equipe do Sporting Braga começa a temporada 2013/2014 querendo retomar sua condição de terceira força atual do futebol português, perdida na última temporada para o Paços de Ferreira. A equipe minhota, como é conhecida foi as compras, trouxe um treinador experiente (Jesualdo Ferreira), mas aposta na renovação de seu elenco.

Mossóro, Leandro Salino, Douglão e Hugo Viana, figuras antes titulares, foram embora e deram lugar a caras novas. Como o goleiro Eduardo ex-seleção e Genoa (ITA), o meia Luis Carlos, que veio dos Paços e o atacante Edinho que pertencia ao Malagá (ESP). Além deles algumas apostas como o atacante Rafa que veio do Feirense, o atacante Pardo, colombiano que veio do Medellín (COL) e o lateral direito sérvio, Milijkovic de 23 anos, advindo do Partizan (SER).

Com várias mudanças e a mentalidade vencedora de seu treinador, a diretoria e adeptos do clube do norte português esperam que a temporada que está por começar, seja como as passadas de 2010/2011 e 2011/2012, com títulos nas Copas e muito encomodo aos gigantes Benfica e Porto. Porém, a principal meta bracanense é clara, voltar a Champions.

Time base: Eduardo, Milijkovic, Paulo Vinícius, Nuno André, Joãozinho, Custódio, Alan, Rúben Micael, Salvador Angra(Luis Carlos), Pardo(Helder Barbosa) e Eder.

Téc: Jesualdo Fereira

Grupo Desportivo Estoril Praia

Fundação: 1939

Cidade: Estoril (Localizada na freguesia de Caiscais, litoral oeste de Portugal)

Estádio: Antônio Coimbra da Mota (4.960)

Cores: Azul e amarelo

Brasileiros no elenco: Vagner goleiro, Anderson Luís lateral, Gladstony volante, Evandro meia, João Pedro meia, Sebá e Bruno Lopes atacantes.

Uma das gratas surpresas da última temporada tentará surpreender novamente na edição 2013/2014 da Liga Sagres. O Estoril Praia, após a melhor colocação de sua história no futebol português, tem a missão de representar a terrinha na Liga Europa.

Até por isso, montou logo o elenco e definiu as contratações e dispensas ainda no último mês de julho para que o jovem treinador Marco Silva pudesse organizar o time que estreou frente ao Hapoel Ramat Gan de Israel e se classificou a terceira fase de playoffs. Entre as saídas, as mais sentidas são de Carlos Eduardo meia brasileiro e Licá atacante português ambos negociados com o Porto. Do lateral Jefferson, que foi para o Sporting e do zagueiro Rui Vitória, ex-capitão do time que acertou com o Benfica.

Porém, a equipe contratou bem, foram 11 novas aquisições, algumas delas ligadas ao braço esportivo brasileiro Traffic, como os jovens brasileiros Gladstony volante, Sebá atacante e o mais rodado entre eles. O meia-atacante João Pedro, que estava no estava no Santos e atuou no Peñarol (URU) e Palermo (ITA). Além deles, o meia-atacante Balboa, revelado pelo Real Madrid B e com passagem pelo Benfica, que estava no Beira Mar e o zagueiro francês, Yohan Tavares que veio do Standard Liége (BEL).

O fato é que o clube da pequena cidade de Estoril, manteve uma base de time e vem ganhando espaço, sonhando em seguir este caminho, encomodando os grandes como fez com o Benfica em pleno Estádio da Luz e crescendo cada vez mais no cenário nacional e internacional.

Time base: Wágner, Anderson Luis, Bruno Miguel, Yohan Tavares, Babanco, Gonçalo, Filipe Gonçalves(Gladstony), Evandro, Carlitos, João Pedro, Seba (Luís Leal)

Téc: Marco Silva

Gil Vicente Futebol Clube

Fundação: 1924

Cidade: Barcelos (Norte português, localizada no distrito de Braga)

Estádio: Cidade de Barcelos (12.038)

Cores: Vermelho e azul.

Brasileiros no elenco: Leandro Facchini goleiro, Gabriel zagueiro, Halisson zagueiro, Eder Sciola lateral, Danielson lateral, Djalma meia, Bruno Moraes atacante.

O clube que leva o nome do famoso poeta português, entra em mais uma temporada na primeira divisão da Liga Sagres. Na expectativa (ou seria sonho) de ficar entre os oito melhores da competição, mas tanto diretoria como o treinador João de Deus, sabem que com o baixo investimento que faz o clube, a principal missão é salvar a equipe do descenso.

Após a 14°colocação na temporada passada, a luz amarela está acessa e até por isso o clube foi ás compras. Contratou nada mais nada menos que 16 jogadores, todos vindos de clubes menores de Portugal e do exterior. As maiores novidades são: o atacante brasileiro de carreira européia, Bruno Moraes que veio do Uskpest (HUN) e o zagueiro Danielsson que veio do Nicósia do Chipre.

O técnico João de Deus, vem trabalhando forte para encontrar a melhor formação de equipe. Devendo ainda realizar algumas dispensas no elenco que conta com mais de 30 jogadores, mas o certo mesmo é que muita coisa da última temporada irá mudar. A torcida da cidade de Barcelos, só espera que seja para melhor.

Time Base: Leandro Facchini, Eder Sciola, Hallison, Danielsson (Daniel), Luis Martins, Pedro, Keita, Peixoto, Vilela, Bruno Moraes e Brito.

Téc: João de Deus.

Club Sport Marítimo

Fundação: 1910

Cidade: Funchal (Localizada na Ilha da Madeira, a cidade mais populosa fora do território português).

Estádio: Dos Barreiros (8.992)

Cores: Vermelho e verde

Brasileiros no elenco: Wellington goleiro, Márcio Rozário e Igor Rossi zagueiros, João Luiz e Rodrigo volantes, Vinícius meia-atacante, Danilo, Derley e Fidélis atacantes.

Sem dinheiro para grandes investimentos, a saída do clube de Funchal foi usar a base e jogadores da equipe B, para tentar manter o time na divisão maior do futebol português. O treinador Pedro Martins, recebeu apenas reforços de jogadores sem grande renome, como Filipe Oliveira do Benfica B e os brasileiros do Madureira, Rodrigo volante e Derley atacante.

Para piorar a situação, atletas destaques como o coreano Suk, Valentim Roberge e Rafael Miranda saíram do clube, além do lateral esquerdo Ruben Miranda que foi negociado com o Trabzonspor (TUR).

E segundo a diretoria a ordem é arrumar a casa, com os jogadores deste elenco. Pois a crise financeira no país afetou o principal patrocinador do clube o banco Banif e por tabela afeta o rubro verde da Ilha. Não cair nesta época parece ser lucro para os Leões de Funchal.

Time base: Marafona, Briguel, Márcio Rozário, Igor Rossi, Gegé, João Luíz, Luis Olím, Marakis, Brígido, Danilo Dias, Heldon(Sami).

Téc: Pedro Martins.

Clube Desportivo Nacional

Fundação: 1910

Cidade: Funchal (Localizada na Ilha da Madeira)

Estádio: Da Madeira (5.000)

Cores: Preto e Branco

Brasileiros no elenco: Gottardi goleiro, Marçal e Bruno Moura zagueiros, Claudemir lateral, Révson meia e Diego Barcelos atacante.

O tradicional Nacional da Madeira, não teve grandes motivos para comemorar na última temporada. Na oitava posição e sem as vagas nas copas européias, o clube inicia 2013/2014 pensando alto, quem sabe em conquistar uma copa e garantir uma vaga à Liga Europa 2014/2015.

Com os 11 titulares da última temporada mantidos no elenco, mesmo com o assédio de vários clubes, sobre jogadores como Candeias e Matheus. O time de Funchal rival histórico do Marítimo, sonha em fazer bonito. E até por isso foi ao mercado e trouxe jogadores jovens com potencial como Djanny, que veio do Benfica B e Rafa meia que vem do Penafiel, da Segunda Liga.

Manuel Machado o treinador da equipe, espera muito da temporada. E nos primeiros amistosos, o time fez bonito batendo rivais da Liga como o Setúbal, aumentando a expectativa de sua torcida em cima de uma boa campanha na temporada.

Time base: Gottardi, Claudemir, Marçal, Mexer, Miguel Rodrigues, Nuno Campos, Ali Ghezzal (Révson), Jota, Candeias, Rondón e Matheus.

Téc: Manuel Machado

Sporting Clube Olhanense

Fundação: 1912

Estádio: José Arcanjo (5.856)

Cidade: Olhão (Região do Faro, litoral sul de Portugal)

Cores: Vermelho e Preto

Brasileiros no elenco: Leandro Turossi goleiro, Caju lateral, Tiago Costa zagueiro, Lucas Souza volante, Jander meia, Daniel Bessa (brasileiro naturalizado italiano) e Djalmir atacantes.

O clube da cidade de Olhão, aposta em um exótico treinador para fazer sucesso nesta edição da Liga Sagres. Abel Xavier, ex- lateral da seleção lusa, que sempre chamou mais a atenção pelos cortes de cabelo do que pelo futebol. É o comandante do rubro negro do sul português.

Ao todo, 17 contratações foram realizadas para tentar apagar a péssima campanha do último ano, quando o clube só se salvou na última rodada, com a derrota do Moreirense para o Benfica na Luz. Agora a meta é reerguer o Olhanense e voltar a colocá-lo entre os primeiros colocados da liga de Portugal.

A maioria dos reforços veio da Itália, Pelé volante e o zagueiro Ricardo Ferreira, foram liberados pelo Milan (ITA) e são as apostas do clube, junto ao meia ofensivo vindo do Livorno (ITA), Mirko Bigazzi e o atacante sérvio naturalizado sueco, Agon Mehmeti que pertencia ao Palermo. Outras contratações ainda podem chegar, mas a missão de Abel em sua estréia como treinador profissional é formar rapidamente com este grupo, um time capaz de encarar os rivais e voltar fazer bonito na competição.

Time Base: Leandro Turossi, Caju, Mvom, David Silva, Ribeiro, Godinho, Lucas Souza, Pelé, Rui Duarte, Djalmir, Bessa (Mehmeti).

Téc: Abel Xavier.

Futebol Clube Paços de Ferreira

Fundação: 1950

Cidade: Paços de Ferreira (Cidade no distrito de Porto, norte de Portugal)

Estádio: Capital do Móvel (4.320)

Cores: Amarelo e verde

Brasileiros no elenco: Jaílson e Rodrigo Dias zagueiros, Fernando José lateral esquerdo, Rodrigo Antônio volante e Carlão atacante.

A modesta equipe, surpreendeu Portugal com um futebol de muita disciplina e determinação, jogando no esquema 4-5-1, bem fechado. Um futebol pragmático, mas que conseguiu fazer o Paços chegar a sua melhor campanha da história. Como preço perdeu o treinador, Paulo Fonseca para o Porto e alguns de seus principais jogadores, como o meia Josué, também para clube tripeiro. Luis Carlos outro destaque foi para o Braga, Figueiras para o Sevilha e Antunes para o Malagá.

Assim a equipe aposta no que sobrou da base e em contratações baratas, como o zagueiro Grégory de 32 anos que veio do Gijón da Espanha, o lateral Fernando José do Fluminense , o meia português Vitor Pelé de 25 anos, que estava no futebol turco (não é aquele ex-Milan, que está no Olhanense) e o atacante brasileiro Carlão que veio do Braga.

Talvez a maior estrela do time esteja no banco, comandado por Costinha ex-volante da seleção lusa, a equipe aposta na determinação de seu grupo e principalmente na continuidade de seu projeto. Que investe pouco e lucra com revelações vendidas, mantendo o clube com salário em dia e organizado, algo cada vez mais raro na Liga Sagres.

A equipe da Capital do Móvel ainda terá a Pré Champions para disputar, sua estréia acontecerá em agosto, com o adversário ainda a ser definido.

Time base: Degras, Tony, Tiago Valente, Grégory, Nuno Santos, Romeu, André Leão, Rodrigo Antônio e Anunciação( Poulson), Hurtado e José Manuel(Carlão).

Téc: Costinha.

Rio Ave Futebol Clube

Fundação: 1939

Cidade: Vila do Conde (Localizada na região norte, distrito do Porto)

Estádio: Dos Arcos (10.816)

Cores: Verde e branca

Brasileiros no elenco: Edérson goleiro, Edmar, Lion, Marcelo e Nivaldo zagueiros, Filipe e Luis Ledes meias, Ronny, Diego Lopes e Sandro Lima atacantes.

A pequena equipe da Vila da Conde, acostumada a brigar contra o descenso, surpreendeu na última temporada. A sexta colocação, a frente de clubes com mais investimento e peso como Nacional, Marítimo, Sporting e Guimarães, orgulharam a torcida do distrito de Porto.

A meta é manter a sequência e para isso, a equipe investiu bem nesta janela de transferência, trouxe jogadores experientes, como o goleiro Salim que veio do Marítimo, Ronny (atacante) e Edmar (lateral) brasileiros vindos do CFR Cluj (ROM). Mas a principal aquisição foi o meia português Ukra, que foi adquirido definitivamente junto ao Porto, após fazer uma bela temporada por empréstimo na Vila do Conde .

Sem perder nenhum grande nome, a equipe alviverde do norte, buscará repetir o feito da última época, ou quem sabe beliscar uma vaga européia, seja pela Taça de Portugal ou mesmo pela Liga Nacional.

Time base: Salin, Lion, Alberto Rodríguez, Marcelo, Edmar, Wakahso, Villa Boas, Tarantini, Ukra, Diego Lopes e Ahmad Hassan (Del Valle).

Téc: Nuno Espírito Santo

Vitória Sport Clube de Guimarães

Fundação: 1922

Cidade: Guimarães (Localizada no norte português, próxima a Braga)

Estádio: Dom Afonso Henrique I (29.000)

Brasileiros no elenco: Douglas e Assis goleiros, Freire e Kanu zagueiros, Crivelaro e Leonel Olímpio meias, Índio e Fernando Russi atacantes.

Campeão da Taça de Portugal, conquistando seu primeiro título na história, o Vitória de Guimarães poderia chegar animado a esta temporada. Porém, a equipe comandada pelo treinador Rui Vitória, assim como boa parte dos clubes do país, vive grave crise financeira e sem dinheiro perdeu alguns de seus destaques como o zagueiro N´Dyae para o Troyes (FRA) e Baldé, centroavante destaque na última temporada, vendido para o Celtic (ESC).

As contratações foram poucas, apenas nomes desconhecidos e muitos garotos advindos da base do clube. Mesmo assim sua fanática torcida, que sempre comparece em bom número ao estádio Dom Alfonso I, sonha com dias melhores como os da década de 80, quando o clube chegou a figurar entre os três melhores do país e nas quartas de finais da antiga Copa Uefa.

A temporada 2013/2014, começou com derrota na Super Taça de Portugal para o Porto. E o time terá ainda a maratona de mais três competições simultâneas durante o ano. Porém, para um clube que carrega o fundador e primeiro rei de Portugal (Dom Afonso I) em seu escudo e uma fanática torcida em seus jogos, nada é tão improvável. Como dizem os torcedores em Guimarães: _Respeite-me, por que eu levo o rei no peito!

Time base: Douglas, João Amorin, Paulo Oliveira, Freire, Addy, Leonel Olímpio, André, Barrientos, Crivelaro(João Pedro), Marco Matías e Ricardo.

Téc: Rui Vitória.

Vitória de Setúbal

Fundação: 1910

Cidade: Setúbal (Localizada no oeste Português, capital do distrito que leva o mesmo nome, próxima a Lisboa).

Estádio: Bonfim (18.694)

Cores: Verde e Branco

Brasileiros no elenco: Adilson goleiro, Jorge Luis zagueiro, Ney Santos lateral, Bruno Sabino volante, Rafael Martins meia-atacante.

Um dos clubes mais tradicionais da terrinha, o Setúbal que voltar a brigar por vagas nas copas européias e por isso, contratou em qualidade e manteve uma boa base da jovem equipe, que não apesar de não ter feito um bom campeonato é bem avaliada pela diretoria do clube.

Sob o comando do treinador José Mota, o time tentará voltar aos tempos de glórias como em 2008, quando conquistou a Taça da Liga frente ao Porto. Com este objetivo, investiu em Ramon Cardozo, atacante paraguaio que veio do Nacional (PAR) como esperança para balançar as redes rivais. Rafael Martins meia brasileiro, destaque do Audax (SP), chega para melhorar a criação de jogadas do time.

Mantendo ainda o zagueiro e volante paraguaio Cohene e o meia Miguel Pedro, o treinador espera enfim evoluir a jovem equipe e fazê-la conquistar uma boa posição na edição 2013/2014. Paralelamente a isso, as Copas da Liga e de Portugal vem como grande e única chance de título real ao clube alviverde. Para quem sabe na próxima temporada voltar a disputar à Liga Europa.

Time base: Kieszek, Ney Santos, Jorge Luiz, Pedro Queirós, Kiko, Cohene, Bruno Gallo, Rafael Martins(Frederico Venâncio), Tiago Terosso, Bruninho e Cardozo.

Téc: José Mota.

Confira os jogos da 1ª Rodada da Liga Sagres 2013/2014:

16/08 - 16h15: Paços de Ferreira x Braga (abertura da Liga).

17/08 - 14h: Estoril x Nacional - POR.

17/08 - 16h15: Vitória de Guimarães x Olhanense.

18/08 - 11h45: Sporting x Arouca.

18/08 - 12h: Belenenses x Rio Ave.

18/08 - 12h: Gil Vicente x Académica.

18/08 - 13h45: Marítimo x Benfica.

18/08 - 16h: Vitória de Setúbal x Porto.

VAVEL Logo