Com ajuda da arbitragem e golaço de Quinteiros, Porto vence Setúbal na estreia
Porto de Martínez larga com vitória frente ao Setúbal no Campeonato Português (Foto: Reprodução/www.goal.com/)

Após uma boa pré-temporada, o Futebol Clube do Porto iniciou sua luta pelo tetracampeonato nacional. Na estréia fora de casa, o rival era o tradicional Vitória de Setúbal, no estádio do Bonfim. Querendo largar bem na competição, o Porto escalou o que tinha de melhor para o jogo, incluindo Jackson Martínez, que vive a indefinição de sua permanência no clube.

No inicio de jogo, o Porto escalado ofensivamente, com Licá na esquerda, Josué na direita e centralizando Martínez, partiu para cima do Vitória. Logo aos 3 minutos, Lucho lançou na área e Jakcson Martínez escapando da marcação desviou por cima do goleiro, porém, o zagueiro Rúben Vezo tirou em cima da linha, salvando o Setúbal. Aos 9 minutos, foi a vez de Defour cruzar e obrigar o goleiro Kieszek a defender a escanteio. O jogo era todo portista, mas em um contra ataque rápido, Ramon Cardozo arrancou na direita e cruzou na área onde brasileiro Rafael Martins teve de chutar duas para vencer Hélton, marcando o primeiro gol do time da casa, 1 a 0 Setúbal.

Apesar do gol, a partida era jogada no campo de ataque do Porto, em boa parte do jogo eram oito jogadores dos Dragões no campo de defesa do Setúbal, mas quem atacava com objetividade era o rival. Em cobrança de falta, Rafael Martins com categoria fez Hélton entrar em ação, espalmando a escanteio. E no minuto 32, em nova jogada na direita, Bruno Sabino cruzou, a zaga bobeou e Ramon Cardozo cabeceou para nova defesa de Hélton. Com o passar do tempo, o Porto foi ficando nervoso, errando muito e apenas aos 38 minutos, em cobrança de falta voltou assustar. Danilo com muita categoria finalizou pertinho da trave esquerda de Kieszek. E foi só, fim de primeiro tempo com surpreendente vitória alviverde no Bonfim.

Na volta para o segundo tempo, a prova da força da camisa portista. Martínez se enrolou na área com Dani e o juiz assinalou um pênalti muito duvidoso. Na cobrança, Josué bateu bem empatando o jogo, 1 á 1. Na comemoração confusão entre Josué e o goleiro polonês Kieszek, muito empurra-empurra e o juiz erradamente optou por expulsar apenas o goleiro do Setúbal, aplicando o amarelo para o avante do Porto.

Com um a mais em campo o Porto se lançou a frente e mesmo assim não conseguia furar o bloqueio alviverde, que bem postado se armava para o contra golpe. E no contra ataque chegou o Vitória aos 58 minutos, mas o centroavante paraguaio Ramon Cardozo finalizou mal por cima do gol. Precisando atacar, Paulo Fonseca tirou Defour e colocou Quinteiros. No primeiro lance do jovem craque colombiano, ele dominou, tirou da marcação e finalizou com muita categoria no ângulo esquerdo do goleiro Adilson, 2 á 1 Porto no minuto 61.

Com a vitória e sem muita inspiração, o Porto trocava passes e dava campo para o Setúbal, que na raça tentava chegar. Em cobrança de falta na área, Cohene não alcançou e a bola passou raspando a trave esquerda de Hélton. Com o susto a equipe visitante acordou, Danilo jogando quase como um meia, recebeu e finalizou por duas vezes da entrada da área, ambas passando perto da trave direita de Adilson.

No final de jogo, aos 88 minutos Jackson Martínez recebeu de Josué e finalizou com força para as redes, 3 á 1 e vitória azul e branca consumada. O Porto larga com três pontos na estréia, mas com um futebol muito abaixo do que se espera do time. Ao Vitória de Setúbal fica o contento de ter encarado um gigante e ter jogado bem, mostrando que pode sim fazer uma boa temporada nesta Liga Sagres.

Confira todos os resultados da 1°rodada do Campeonato Português:

Paços de Ferreira 0 x 2 Braga

Guimarães 2 x 0 Olhanense

Estoril 3 x 1 Nacional

Sporting  5 x 1 Arouca

Belenenses 0 x 3 Rio Ave

Gil Vicente 2 x 0 Acadêmica

Marítimo 2 x 1 Benfica

 Vitória de Setúbal 1 X 3 Porto

VAVEL Logo