Belenenses esquece derrota frente ao Rio Ave na estreia e foca Braga
Belenenses do meia Miguel Rosa, terá de encarar o Braga na segunda rodada visando recuperação na Liga Sagres (Foto: Reprodução/cfbelenenses.blogspot.com.br/)

Belenenses esquece derrota frente ao Rio Ave na estreia e foca Braga

Equipe do Rastelo venceu amistoso na última segunda-feira com reservas, deixando o revés para trás e se preparando para enfrentar o próximo rival na Liga

luis-de-sa-perles
Luis De Sá Perles

O resultado na estreia não foi bom. Porém, os jogadores e o treinador do clube de Belém seguem tentando manter a confiança em uma boa campanha. Após a derrota de sábado, por 3 a 0, em casa, para o Rio Ave, a equipe do Belenenses realizou na última segunda-feira (19) um amistoso frente ao Mafre, da terceira divisão lusa e venceu pelo placar de 3 a 1.

No amistoso apenas os jogadores que não atuaram no duelo de sábado jogaram. Movimentando o elenco e dando melhor condicionamento físico aos jogadores que estavam no departamento médico. A exceção foi o atacante Dayvidson, brasileiro que marcou um dos gols da equipe azul e branca no amistoso e que havia participado do segundo tempo do jogo contra o Rio Ave.

O elenco visa agora, esquecer o mau jogo que fez diante do time de Aveiro e focar totalmente na segunda rodada, onde terá pela frente o forte Braga, no estádio AXA. Para o confronto, Van Der Gaag ao menos terá as novidades de Tiago Caeiro, que atuou no amistoso e boas possibilidades para a volta do capitão Duarte.

Apesar da partida ser válida apenas pela segunda rodada do campeonato, treinador, diretoria, jogadores e torcida estão preocupados. Pois sabem que o ano será complicado e uma largada ruim em uma competição tão equilibrada e cheia de rivais mais fortes que o Belenenses, não será nada boa para o recém- promovido clube da região de Lisboa. Que busca a todo custo, permanecer na primeira divisão nacional.

Reforços

O clube Belenenses ainda busca opções para reforçar seu elenco. A bola da vez é o ataque, e um dos nomes sondados é de Gudjohnsen, atacante rodado ex-Mônaco, Chelsea, Barcelona e que está de saída do Club Brugge da Bélgica. Aos 33 anos o experiente islandês chegaria para ser o dono da camisa nove, além de causar impacto e trazer apelo da mídia ao tradicional clube português.

O maior entrave porém, é o salário. O atleta teria de se adequar a realidade do clube para atuar no Rastelo. Atualmente o centroavante tenta a liberação do time belga e tem algumas sondagens. Resta saber se interessa também a Gudjohnsen atuar em Portugal e ainda mais no Belenenses.

VAVEL Logo