0-1, min. 27, Shirokov. 1-1, min. 58, André Leão. 1-2, min. 60, Shirokov. 1-3, min. 85, Degra (gol contra). 1-4, min. 90, Shirakov.
Paços de Ferreira é goleado e praticamente dá adeus à Liga dos Campeões

Paços de Ferreira é goleado e praticamente dá adeus à Liga dos Campeões

Com Shirokov inspirado, Pacences perdem por 4 a 1 no Dragão e só um milagre os garante na fase de grupos da Liga milionária (Foto: Fernando Veludo/EPA)

brunosecco
Bruno Secco
Paços de Ferreira (POR)Degra, Santos, Ricardo, Anunciação, António, Romeu, André Leão, Hurtado, Rui Miguel (Vitor, min. 51), Oliveira (José, min. 80), Irobiso (Carlão, 65).
Zenit (RUS)Lodigin, Smolnikov, Hubocan, Lombaerts, Anyukov, Zyryanov (Tymoshchuk, min. 70), Shirokov, Witsel, Danny (Mogilevets, min. 80), Kerzhakov, Bystrov (Arshavin, min. 61).
ÁRBITROMartin Atkinson (ING). Cartões Amarelos: Anunciação (min. 7), Anyukov (min. 74), Ricardo (min. 84), Hubocan (min. 90+3)
INCIDENCIASPlayoffs da Liga dos Campeões da Europa, jogo de ida. Partida realizada no Estádio do Dragão, em Porto (POR).

Paços de Ferreira e Zenit São Petersburgo jogaram nesta terça-feira (20) o jogo de ida dos playoffs da Liga dos Campeões da Europa, etapa que dá acesso a fase de grupos da maior competição de clubes do planeta. Jogando no estádio do Porto, a equipe Pacence não conseguiu surpreender os russos e acabou sendo goleada.

Mesmo inferior tecnicamente, o Paços não se intimidou e logo no começo do jogo já partiu para o ataque, com Sérgio Oliveira, um dos poucos destaques dos castores no jogo. Aos nove minutos, Oliveira dominou e soltou o chute de fora da área, obrigando Lodigin a realizar uma grande defesa.

Poucos minutos depois, aos 16, o Zenit respondeu com Witsel, que viu Shirokov livre e tocou para seu companheiro, que chutou forte, fazendo com que Degra também realizasse uma ótima defesa. Esta era apenas a primeira chegada do homem do jogo. Aos 27 minutos, Shirokov recebeu de Danny e aproveitou a falha da zaga dos castores para abrir o marcador. Com o gol sofrido, o Paços possibilitou com que o Zenit pudesse chegar mais ao ataque, mas não conseguindo ampliar o placar até os minutos finais do primeiro tempo.

Paços empata, mas logo volta a ficar em desvantagem

 Na segunda etapa, os portugueses, em desvantagem no placar, partiram para cima dos russos, com Sérgio Oliveira mais uma vez aparecendo bem no ataque. O jovem meia português chutou de longe e obrigou Lodigin a realizar outra bela defesa. O Paços começou melhor o segundo tempo e não demorou muito para empatar a partida.

Aos 13 minutos, Vítor, que tinha acabado de entrar no jogo, cobrou escanteio e Ricardo conseguiu cabecear para André Leão, que apenas teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes: 1 a 1. Mas a alegria do torcedor pacence, que comemorou muito o gol de Leão, durou pouco. A zaga do time da Capital do Móvel errou no posicionamento e Shirokov, livre, oito minutos do gol pacence, apareceu para recolocar o Zenit na frente.

Shirokov brilha e Paços acaba sendo goleado

Mais uma vez em desvantagem, Costinha fez com que sua equipe conseguisse trabalhar mais a bola, com mais calma, e consequentemente o Paços chegou mais ao gol, mas todas as suas oportunidades pararam em Lodigin, que foi outro grande destaque russo na partida.

Dominando o jogo com mais posse de bola e mesmo em desvantagem, o Paços seguia perdendo oportunidades de empatar o jogo e acabou pagando caro por isso. Nos minutos finais do jogo, Kerzhakov cobrou falta, a bola bateu nas costas de Degra e entrou, para a infelicidade do goleiro pacence. E aos 45 minutos,  com o Paços abatido, Shirokov chutou de fora da área e sagrou seu terceiro na partida, o quarto do Zenit e a provável eliminação dos portugueses na Liga dos Campeões.

As duas equipes voltam a se encontrar no dia 28, quarta-feira, em São Petersburgo, no  Stadion Petrovskij. Para se classificar, o Paços precisa fazer quatro gols e torcer para que o time da casa não marque.

VAVEL Logo