Confrontos na parte de baixo da tabela, Guimarães e Nacional buscando ligas europeias e Braga de olho no topo
Custódio, meio-campo do Braga (Foto: Reprodução/ Desporto Sapo)

Acadêmica e Rio Ave nesta sexta feira (4), em Coimbra, irão abrir a sétima rodada da Liga Sagres. A luta contra o rebaixamento ficará ainda mais acirrada no sábado, quando Belenenses e Olhanense ficarão frente a frente no Estádio Restelo. O time mandante está na 15a posição com quatro pontos, um a menos que o time de Olhão, 13o colocado. A grande novidade da partida será a possível estreia do experiente zagueiro dinamarquês Per Kroldrup, 34 anos, ex Fiorentina e Pescara, com a camisa rubro-negra.

No domingo, o Nacional recebe em seus domínios o Braga. O time da Madeira vive boa fase com duas vitórias consecutivas, caso engatilhe mais um triunfo os alvinegros ultrapassariam os arsenalistas, pois a diferença entres os times é de apenas dois pontos, e entrariam na zona de classificação para as ligas europeias. O Braga, terceiro colocado, luta para manter a posição ou em caso de tropeço do Sporting alcançar o segundo lugar na tabela de classificação.

Manuel Machado não fará mudanças nos onze iniciais do Nacional, que derrotou o Rio Ave por 3 a 0 na rodada passada. Essa será a primeira vez que o técnico poderá repetir a escalação em dois jogos consecutivos. Após se recuperar de contusão, o atacante Mateus ficará como opção no banco de reservas.

Pelos lados do Braga a defesa continua preocupando. Nesta rodada a zaga central do time será formada por Nuno Coelho, que retorna de lesão, e Hebert. Está será a quinta dupla de zagueiros diferente na atual temporada. Paulo Vinícius lesionado, Santos suspenso e Sasso sem ritmo de jogo são desfalques da zaga bracarense. No ataque, Jesualdo Ferreira confirmou Edinho na vaga do titular e lesionado Éder.

No mesmo dia Gil Vicente e Paços de Ferreira duelarão no Estádio Cidade de Barcelos. O time mandante está a três jogos sem vencer, mas ainda assim ocupa a boa sétima colocação. Para quebrar está sequência ruim, o técnico João de Deus disse, ao jornal A Bola, que os erros defensivos cometidos no empate por 2 a 2 diante do Vitória de Setúbal já foram corrigidos e não se repetirão novamente.

O Paços de Ferreira soma apenas quatro pontos na lanterna da competição. O time que na temporada anterior classificou-se para a pré Champions League decepciona na atual temporada da Liga Sagres. Para sair do último lugar do campeonato português, os castores precisaram, além de conquistar sua segunda vitória consecutiva, superar o cansaço. O time entrou em campo na quinta-feira pela Europa League (pois não conseguiu avançar a chave de grupos da UCL). Bebé com fadiga muscular e Carlão se recuperando de uma lesão muscular ainda não conseguiram participar dos treinos visando o duelo em Barcelos.

O fechamento da sétima rodada acontecerá na segunda-feira em Guimarães, no confronto entre Vitória e Marítimo. Os dois times somam sete pontos na classificação e buscam a vitória para se distanciar da parte de baixo da tabela e encostar na zona que garante vagas para as ligas europeias. O time mandante vem de duas boas exibições, mas sem vitória. Derrota para Porto e empate com o Lyon pela Europa League. Vindo de derrota por 4 a 3 para o Paços de Ferreira, o técnico do Marítimo prepara mudanças. Pedro Martins acena na troca de goleiros com o suíço Johnny Leoni ganhando a vaga de José Sá. Na defesa Gegé deverá entrar no lugar de Igor Rossi e para a lacuna deixada no meio-campo, pela contusão de João Luiz, dois jogadores disputam a posição: Nuno Rocha e Weeks.

VAVEL Logo