Uma Europa de olho na praia
Evandro comemora mais um golo com os colegas de equipa (Foto: AFP)

Uma Europa de olho na praia

Se na época passada, o Estoril surpreendeu, esta temporada a Equipa da Linha está a mostrar o que vale. Um quinto lugar no campeonato e uma certeza: a de que querem ficar para a história.

mariana-cordeiro-ferreira
Mariana Cordeiro Ferreira

Marco Silva é treinador do Estoril desde 2011, mas foi ao longo de toda a temporada passada que foi mostrando que a equipa que tem em mãos tem potencial. Depois de garantir a passagem à primeira liga, o Estoril alcançou o quinto lugar do campeonato e consequentemente a Liga Europa.

Potencial renovado     

Caracterizada por ser uma equipa bastante jovem e com um grande potencial, a equipa da linha viu sair na época passada quatro jogadores do plantel principal. Jefferson rumou ao Sporting, Steven Vitória foi para o Benfica e Licá e Carlos Eduardo seguiram para o Futebol do Porto.  Vendo-se obrigado a reforçar o plantel, Marco Silva não baixou os braços e foi buscar Rúben Fernandes, Ricardo Vaz e João Manuel, Balboa, Bruno Lopes e três brasileiros: Gustavo, João Pedro e Gladestony.

No que toca ao campeonato, o Estoril ocupa o 5º lugar da tabela, com 14 pontos, menos três que o Guimarães em 3º. O avançado Evandro ocupa o 5º lugar da tabela de melhores marcadores da Liga Zon Sagres com 5 golos, os mesmos que Óscar Cardozo do Sport Lisboa e Benfica. Quatro vitórias, dois empates e três derrotas marcam então a prestação da equipa de Marco Silva até agora no campeonato.

Já na Liga Europa, o Estoril tem feito boas prestações. Passou pelo Hapoel com uma vitória de 1-0 e garantiu a presença na fase de grupos depois de vencer os austríacos do FC Pasching em casa por 2-0 e fora por 2-1. Na fase de grupos, não tiveram a mesma sorte. O sorteio para a equipa de Marco Silva ditou um jogo com o Sevilha, em que os canarinhos perderam por 2-1, um jogo com o Liberec em que o Estoril voltou a perder por 2-1 e finalmente acaba por empatar com os alemães do Freiburg em casa e fora 0-0 e 1-1.  Resta agora o jogo com o Sevilha, em terras espanholas e com o Liberec, em terras portuguesas. Contas feitas, o Estoril ocupa o último lugar do grupo H, com apenas 2 pontos, menos um que os alemães do Freiburg.

Na Taça de Portugal, a Equipa da Linha soma e segue. Na última jornada ganharam à equipa do Famalicão por 1-0, depois de 90 minutos bastante complicados devido ao estado do relvado. Sebá marcou o golo da vitória e garantiu assim a passagem da equipa de Marco Silva à próxima fase.

Aliança com a Traffic dá frutos

Desde 2009 que o Estoril Praia se aliou à Traffic, empresa da área do Marketing Desportivo, e, de facto, os resultados ao longo destes quatro anos parecem estar à vista de todos, quer a nível desportivo quer a nível financeiro. A empresa brasileira tem várias carteiras de jogadores sonantes, e a parceria estratégica com o clube luso (a Traffic adquiriu grande parte do capital social do Estoril) tem facilitado a contratação de activos de qualidade, à medida que a gestão financeira tem sido incrementada com a rentabilização dos jogadores, tais como Licá, Carlos Eduardo ou Jefferson.

O Estoril é então uma equipa bem orientada e bem coordenada, graças ao excelente trabalho de Marco Silva e à gestão que, até à altura, tem sido criteriosa. Assim sendo, não poderá a Equipa da Linha chegar aos primeiros lugares da tabela?

VAVEL Logo