Olhanense afasta Paulo Alves e escolhe Giuseppe Galderisi
Giuseppe Galderisi é o terceiro treinador do Olhanense na presente temporada (Foto: André Cunha Oliveira | VAVEL)

Olhanense afasta Paulo Alves e escolhe Giuseppe Galderisi

O clube algarvio avançou esta terça-feira para o terceiro treinador da temporada e demitiu Paulo Alves do comando técnico, que não resistiu aos maus resultados da equipa e ao último lugar no campeonato.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

Paulo Alves ocupou a 29 de Outubro o banco do Olhanense e substituiu Abel Xavier no cargo. Logrou dois empates nos dois primeiros jogos mas depois disso não conseguiu evitar seis derrotas consecutivas e uma série de oito encontros sem qualquer vitória. Os rumores à volta da sua saída do clube algarvio foram-se intensificando e esta manhã  surgiu a confirmação oficial, com a SAD liderada pelo italiano Igor Campedelli a dar conta da saída do treinador transmontano. Para o seu lugar a administração dos rubro-negros escolheu o ex-internacional italiano Giuseppe Galderisi, que orientou já esta terça-feira o primeiro treino ao serviço da equipa de Olhão.

Galderisi reforça contingente italiano

Com a chegada de Giuseppe Galderisi, intensifica-se a influência de Igor Campedelli no clube algarvio, com o treinador a ser apenas mais um de vários elementos de nacionalidade italiana ou com passagens pelo país transalpino. A escolha pelo antigo jogador da Juventus e do Verona, entre outros, acaba apenas por surpreender pelo currículo essencialmente preenchido com experiências em equipas de escalões inferiores do campeonato italiano. A sua última aventura tinha sido ao serviço do Salernitana, da terceira divisão, cargo que ocupou durante apenas três meses. O técnico de 50 anos acredita no entanto que pode conseguir salvar o Olhanense da despromoção:

«Gostei muito do comportamento dos jogadores. Grande disponibilidade, grande vontade de me ouvir e com grande humildade, tal como o futebol me ensinou, o meu primeiro objectivo é entrar na alma dos jogadores. O problema desta equipa não é uma questão de tácticas mas sim de mentalidade. Aquilo que irei propor à equipa, a equipa deve fazê-lo à sua maneira, deve senti-lo. O presidente contratou-me porque estou habituado a pegar em equipas pequenas e transformá-las em equipas com garra, vontade e sempre com o objetivo de vencer», afirmou. 

Sem rejeitar qualquer incursão no mercado de Janeiro, Galderisi garantiu que vai analisar o plantel nos próximos dias mas centrar todas as atenções já no próximo compromisso para o campeonato, no Domingo, contra o Vitória de Setúbal.

VAVEL Logo