Matic força saída e reforça Chelsea
Matic assina contrato com o Chelsea e será treinador por Mourinho (Foto em: The Newshound)

Ponto final na ligação de três anos entre Nemanja Matic e o Benfica. O médio defensivo assinou ontem contrato com o clube londrino, de onde saiu para envergar a camisola encarnada, em Janeiro de 2011. O sérvio de 25 anos completou ontem os testes médicos e hoje já se treinou com o restante plantel do Chelsea, estando às ordens do treinador português José Mourinho e apto para jogar frente ao rival Manchester United, na próxima partida do calendário dos «blues». O Benfica perde, a troco de 25 milhões euros, uma referência de topo, um talismã táctico que se tornou imprescindível na manobra de Jorge Jesus, que, na despedida, se referiu a Matic como «o melhor médio defensivo do mundo». 

Pressão de Matic foi fundamental

Foi o próprio médio internacional a confessar a sua total inclinação para a saída do Benfica, rumo ao antigo clube, onde poucas oportunidades tivera no passado. O sérvio, peça essencial na época transacta, preferiu abandonar a Luz rumo a um contrato superior, numa das mais competitivas ligas do mundo. Despedindo-se da massa associativa encarnada na vitória do Benfica frente ao rival Porto, Matic voou para Londres e assinou uma ligação contratual que o ligará ao Chelsea até 2019. Na partida, o jogador reconheceu ter-se realizado na Luz, mas não escondeu o anseio de provar o seu valor na Premier League: «É bom para mim sair para uma Liga melhor, com estádios sempre cheios. Vou para um bom clube. Não foi fácil. Fui eu que pedi para sair mas isso não quer dizer que não tenha sido feliz aqui. Fui feliz no Benfica», disse o médio à Benfica TV. 

De regresso a um clube que o «ofereceu» de barato

Matic chegou ao Benfica envolvido no negócio de aquisição de David Luiz, que deixou o Benfica para integrar os quadros do Chelsea: o sérvio ingressou no clube encarnado, estando avaliado em 5 milhões e funcionando como moeda de troca na transacção, facto que ajudou a baixar a fasquia financeira da transferência. Sub-avaliado e sem oportunidades para mostrar o seu valor, Matic foi dispensado para, três anos volvidos, ser resgatado por 25 milhões de euros pelo mesmo clube que o relegou. O Benfica, que resistiu ao assédio do mercado internacional no defeso de Verão passado, vende agora a jóia da sua coroa por um valor bem abaixo da cláusula estipulada, cifrada em 50 milhões de euros.

VAVEL Logo