Rio Ave e Belenenses procuram a primeira vitória em 2014
Duelo entre Rio Ave e Belenenses no jogo da primeira volta (Foto: Lusa)
O Rio Ave recebe amanhã o Belenenses naquele que é o primeiro jogo da segunda volta do campeonato. No jogo inaugural os pupilos de Nuno Espirito Santo foram ao Restelo vencer por 0-3, com golos de Braga, Alberto Rodriguez e Yonathan Del Valle, dando início a um percurso quase perfeito fora de casa dos vilacondenses, que só por uma vez foram derrotados, aquando da deslocação ao reduto do Arouca perdendo por 1-0.
 

Problemas caseiros

Curiosamente é em casa que o Rio Ave tem claudicado, somando apenas uma vitória em Setembro de 2013 na segunda jornada da Liga, quando venceram o Vitória de Setúbal por 2-0. Daí para cá a formação vilacondense somou seis derrotas e um empate. A equipa conseguiu triunfar no Estádio dos Arcos, mas em jogo da Taça de Portugal, diante o Vitória de Setúbal e da Taça da Liga perante o Paços de Ferreira. Fora de casa o Rio Ave já venceu o Sporting de Braga e Académica, empatando ainda em Alvalade com o Sporting. A turma de Nuno Espirito Santo ocupa neste momento o 8º lugar no campeonato com 18 pontos.
 

Sabem o que é ganhar fora?

No que toca ao Belenenses a resposta é não. A equipa do Restelo é a par do Olhanense as únicas que ainda não venceram fora de casa para a Liga. São cinco derrotas e três empates, sendo que um deles foi alcançado na Luz frente ao Benfica, por isso o técnico Marco Paulo procurará em Vila do Conde o primeiro triunfo forasteiro, tentando redimir-se do 0-3 da aplicado na primeira volta. Para encontrar uma vitória fora do Belenenses é necessário recuar a Maio de 2013, quando o clube ainda estava na Liga Vitalis e derrotou na penúltima jornada o Trofense por 1-2. Além disso a equipa tem apenas três golos marcados a jogar em terrenos forasteiros, não estranhando por isso ser o pior ataque do campeonato com apenas novo tentos obtidos.
 

Confronto equilibrado, mas favorável aos vilacondenses

Rio Ave e Belenenses já se defrontaram por 27 ocasiões em jogos do campeonato, com a equipa nortenha a levar uma ligeira vantagem de onze vitórias contra dez da turma do Restelo, havendo pelo meio seis empates. No Estádio dos Arcos só por duas vezes o Belenenses saiu com o triunfo, tendo o último acontecido também em Janeiro, mas de 2009 por 0-1. Já o Rio Ave procura voltar a vencer em casa o Belenenses, algo que não sucede desde o ano de 2006, então com uma vitória por 2-1.
 

João Afonso de fora, Deyverson é a surpresa

Nuno Espirito Santo convocou os 20 jogadores à sua disposição para o jogo diante do Belenenses. Na defesa André Vilas Boas e Alberto Rodriguez devem ser a dupla de centrais, enquanto no meio-campo Tarantini e Luis Gustavo são pedras importantes. No ataque Braga e Ukra marcam presença nas alas para servir no meio Hassan. No lado do Belenenses o maior destaque vai para a estreia do avançado Deyverson, que esteve quase a mudar-se para o Farense, mas por já ter alinhado por Benfica B e Belenenses viu a transferência ser anulada. O brasileiro ocupa o lugar de Sturgeon, que tinha jogado a meio da semana para a Taça da Liga frente ao Estoril. Já o central João Afonso fica de fora devido a uma lesão sofrida no treino desta manhã, no qual sofreu um violento traumatismo na perna esquerda, tendo sido transportado até ao hospital para realizar mais exames.
VAVEL Logo