Derlis cedido ao Olímpia, Ola John ao Hamburgo
Ola John ao lado do seu novo treinador, Bert van Marwijk (Foto: Alex Heimken | EFE)

A janela invernal de transferências já ultrapassou a metade da sua duração, e, aos poucos os clubes vão arrumando a casa no que toca à distribuição de jogadores considerados excedentários, fora das escolhas do treinador ou simplesmente proscritos devido a problemas dentro da estrutura. No Benfica, depois de acertada a saída de Matic para o Premier League, foi tempo de confirmar dois casos pendentes, cada um com um peso mediático diferente: Derlis González, avançado paraguaio que esteve cedido ao Guarani, voltou em Janeiro ao Benfica, seu clube, mas partiu quase de imediato para novo empréstimo, agora ao serviço do Olímpia, clube histórico do seu país. Já o extremo promissor Ola John, cujo passe foi adquirido pelo Benfica no início da temporada passada, foi cedido, no dia 17, aos alemães do Hamburgo, igualmente em regime de empréstimo, e ficará no novo clube até final da época. 

Ola John diz adeus, pelo menos por agora

O caso do jovem holandês, contratado ao Twente por uma quantia elevada, chegou a demonstrar capacidades próprias de um jogador hábil e desequilibrador, mas, ainda no decorrer da época passada, o seu rendimento sofreu uma queda abrupta, talvez sintomática de uma certa instabilidade emocional e uma inadaptação às exigências do futebol português. Com a competição por um lugar na sua posição de origem a ser feroz, Ola John foi perdendo, gradualmente, o seu espaço, e no início desta época era já uma sobra daquilo que fora em alguns jogos da temporada anterior, onde chegou a deslumbrar. Em 2012/2013, o extremo jogou 42 partidas pelo Benfica, 22 delas na Liga e 4 na liga milionária - esta temporada, apenas entrou em 5 jogos da Liga Zon Sagres e 2 da «Champions», num total de 10 jogos. O holandês, nascido na Libéria, tem contrato com os encarnados até 2018.

O clube alemão confirmou, no dia 17, a chegada do extremo, e o Benfica consegue, com o negócio, arrecadar 700 mil euros durante os meses do empréstimo. Ola John viu no interesse do Hamburgo uma hipótese de jogar, chegando até a afirmar, à altura da contratação, que não teve «de pensar muito» para rumar ao novo clube.

Derlis permanece fora das contas de Jesus

O avançado Derlis, de 19 anos, continua a ser opção inválida para o treinador Jorge Jesus, mesmo depois da boa temporada que protagonizou ao serviço do Guarani, clube paraguaio. A promessa latina, que ingressou na Luz em 2012/2013, marcou realizou 46 partidas e marcou 23 golos no ano de 2013, 15 deles ao serviço do Guarani, arrebatando o troféu «Copa Sudamericana». O jogador regressou este mês, mas o empréstimo (de 6 meses) foi o cenário viável para o seu futuro, que parece longe do Benfica.

VAVEL Logo