Um jogo apagado, uma exibição que bastou
Jackson e Quaresma comemoram o primeiro golo da partida ao minuto 10 (Foto: REUTERS)

Já se sabia que o jogo não ia ser fácil para a equipa do Setúbal, já que o FC Porto, que vinha de uma derrota no Estádio da Luz, iria procurar vingança sobre o adversário seguinte. A equipa de José Couceiro ainda tentou contrariar a iniciativa adversária, mas ao minuto dez Jackson aproveita uma bola deixada por Quaresma e inaugura o marcador.

Ainda antes do final da primeira parte, Varela fez o gosto ao pé ao minuto 34’, num remate forte e bem colocado, sem hipóteses para Kieszek. Na segunda parte, o ritmo abrandou, mas ainda houve tempo para várias tentativas. Contudo, só a quatro minutos do final da partida Carlos Eduardo fez o gosto ao pé. Um remate com a ponta da bota a sair encostado ao poste esquerdo da baliza. Estava feito o resultado final.

Onde está o Setúbal?

Durante os 90 minutos, a equipa de José Couceiro praticamente não se viu. Faltou capacidade de resposta e maturidade para lidar com este Futebol Clube do Porto, de quem seria justo afirmar que jogou sozinho. A grande figura do Setúbal foi mesmo o jovem defesa Frederico Venâncio, que por diversas vezes evitou a chegada do ataque do Porto à baliza de Kieszek.

Couceiro ainda substituiu Terroso por João Mário, o que permitiu à equipa Sadina ganhar alguma velocidade, mas a verdade é que não bastou. O Porto não jogou de forma brilhante, mas conseguiu, ainda assim, levar os três pontos e deixar o Setúbal em 12º lugar, apenas com um ponto a mais do que o Arouca, que ontem perdeu em casa com o Sporting, e com mais quatro pontos do que os clubes afogados sob a linha de água.

A equipa de José Couceiro teve sérios problemas em lidar com o Futebol Clube do Porto. (foto: REUTERS)

O Porto não precisou de se esforçar para levar de vencida um Setúbal que passou ao lado do jogo. (Foto: REUTERS)

Quaresma a titular e Varela sempre presente

Ricardo Quaresma foi pela primeira vez titular no Futebol Clube do Porto, num jogo da Liga. O português entrou de início e entrou bem, logo ao minuto dez a assistir Jackson para o golo que punha os actuais campeões nacionais na frente do marcador. Sempre activo, Quaresma ainda apareceu por mais duas oacisões com destaque, uma que poderia ter dado até um bonito golo de trivela. Corria o minuto 62’ quando o jogador do Porto recebeu a bola de Maicon e, em velocidade, entrou pelo lado esquerdo da grande área. Tentou fazer a trivela, mas a bola saiu ao lado. Pouco faltou para que o recém-egressado a casa conseguisse fazer o terceiro na partida e o seu primeiro golo no regresso à Liga.

Quaresma parece querer afirmar-se como a arma secreta de Paulo Fonseca, e muito provavelmente se definirá como titular em todos os jogos da Liga. Em combinação com Lucho, o ex-jogador do Inter está a construir uma dupla que ameaçar ser infalível. A velocidade aparece nas alas e faz com que os golos dependam apenas de Jackson Martinez.

Também Silvestre Varela foi uma das figuras de destaque no jogo de hoje frente ao Setúbal. Esteve presente em dois dos golos e ainda teve a sua chance de festejar. Um grande remate de fora da área, aos 35', bem colocado e com a força necessária não deu hipóteses a Kieszek. A bola foi mesmo para o fundo da baliza.

Mesmo num jogo de pouca intensidade, Varela brilhou, e várias foram as vezes em que foi a peça fundamental para o contra-ataque dos azuis e brancos. Criou diversas situações de perigo e acabou mesmo por ser o jogador em melhor plano da equipa de Paulo Fonseca.

3 pontos no campeonato, 3 pontos de diferença

Apesar de ter garantido uma vitória no jogo de hoje, o Futebol Clube do Porto permanece no terceiro lugar da tabela classificativa, uma vez que o Sporting foi ontem até Arouca ganhar por 2-1, e que o Benfica venceu hoje na Luz por 2-0 sobre o Marítimo, próximo adversário dos Dragões. Com as vitórias dos dois clubes de Lisboa, a equipa presidida por Jorge Nuno Pinto da Costa continua colada aos lugares cimeiros, mas ainda fecha o pódio: está a um ponto do Sporting e a três do primeiro lugar agora ocupado pelo Sport Lisboa e Benfica.

A esperança para o Porto passa, no imediato, por esperar que o Sporting perca pontos quando receber a Académica em Alvalade, na próxima jornada, e esperar o mesmo da visita do Benfica a Barcelos, no jogo com o Gil Vicente.

VAVEL Logo