Olhanense volta a "pescar" em Itália
Sampirisi e Obodo prometem ser reforços de peso para Giuseppe Galderisi (Foto: VAVEL)

Olhanense volta a "pescar" em Itália

Apresentados Mario Sampirisi e Christian Obodo. Mario Santana também confirmado e Davide Moscardelli pode estar a caminho.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

O Olhanense apresentou esta tarde os reforços Christian Obodo e Mario Sampirisi, as duas primeiras escolhas de Giuseppe Galderisi para aumentar a qualidade do grupo de trabalho da formação de Olhão. Tratam-se de dois jogadores com passagens em equipas importantes do principal campeonato italiano e que reflectem a aposta da administração dos rubro-negros e da equipa técnica no mercado transalpino.

Obodo e Sampirisi acreditam na manutenção

O médio nigeriano de 29 anos, que em Itália representou clubes como a Fiorentina e a Udinese, estava a treinar-se à experiência em Olhão e de pronto convenceu os responsáveis do Olhanense a avançar para a sua contratação. Os sinais demontrados no último particular diante do Lokomotiv Moscovo (derrota por 1-0) terão sido decisivos para acertar a transferência do internacional nigeriano que na última temporada representou o Dinamo Minsk, da Bielorússia.

«Eu costumo ver os jogos da Liga Portuguesa, que é muito técnica, muito interessante. Vi alguns jogos da equipa e vi muita qualidade nos jogadores. Acho que a equipa merecia ter mais pontos nesta altura e acredito que treinando todos os dias, e com um grande espírito entre todos, tudo vai correr bem», afirmou o novo médio dos rubro-negros que assinou um contrato válido até final da temporada com mais um ano de opção.

Mario Sampirisi, defesa do Génova que chega ao Olhanense num empréstimo válido até ao final da temporada, garantiu ter como principal objectivo a manutenção da formação algarvia, demonstrando a sua total disponibilidade para desempenhar qualquer papel em campo, apesar de fazer questão de se definir como lateral-direito.

«Eu sou um jogador que corre muito, que se adapta a diferentes posições, já que em criança jogava como médio, depois tornei-me defesa e lateral-direito. Se for preciso posso também dar uma ajuda como defesa-central, defesa-esquerdo...só depende do Míster. Aquilo de que me mais gosto é atacar", avisou.

Considerado uma das grandes promessas do calcio há duas épocas atrás, depois de um período de formação no AC Milan, o jogador acabou por acusar alguma irregularidade exibicional no Génova, clube que recrutou o internacional sub-21 italiano à formação de Milão. Em Itália fala-se no aspecto psicológico como uma das grandes pechas do defesa, que por sua vez destaca a irregularidade nas campanhas do clube da Ligúria nos últimos anos como justificação para a sua pouca utilização.

«Infelizmente acontecem algumas épocas complicadas...o ano passado joguei bastante mas infelizmente não estivemos muito bem e obviamente que a análise [da imprensa] que fazem de mim, enquanto jogador, acaba por variar muito. Eu procuro sempre melhorar e dar o máximo, e depois no futuro espero que as coisas corram bem».

Outro dos reforços já confirmados para integrar o grupo de jogadores liderado por Giuseppe Galderisi é o internacional argentino Mario Santana, extremo de 32 anos que chegou a ser um dos protagonistas da Serie A, quando jogava ao serviço da Fiorentina. Apesar da idade e da igualmente parca utilização do ex-colega no Luigi Ferraris, Sampirisi não tem dúvidas de que o argentino será uma "grande ajuda" para garantir a manutenção.

«O Santana é um jogador que verdadeiramente nos pode dar uma grande ajuda. Ele jogou em competições importantes, como a Liga dos Campeões, e em grandes equipas que lutavam por objectivos importantes no campeonato. É uma boa pessoa que nos pode dar uma grande ajuda», defendeu Sampirisi sobre Mario Santana, o médio/extremo argentino que, tal como o defesa italiano, vem por empréstimo até ao final da temporada, e que deverá chegar a Olhão durante o dia de amanhã.

"Revolução" de Galderisi em marcha

Depois de acertadas as saídas de Francis Koné e Diego Gonçalves, e com vários atletas com um pé fora do José Arcanjo (casos de Karamatic, Ricardo Ferreira, Vítor Bastos, Murilo e João Ribeiro), o Olhanense vai pondo em marcha uma reestruturação do seu plantel com o objectivo de dotar a equipa de mais qualidade e alcançar o objectivo da manutenção, numa altura em que os rubro-negros se situam no 15.º lugar com 12 pontos, os mesmos de Belenenses.

Para além de Santana, para amanhã prevê-se a chegada do ex-Arouca Paulo Sérgio (que pode desta forma voltar a vestir a camisola do clube algarvio) e ainda de um ponta-de-lança, pedido expresso de Giuseppe Galderisi que aparentemente estará a envidar todos os esforços para trazer para Portugal o atacante do Bolonha Davide Moscardelli.  A Olhão poderão, no entanto, chegar mais jogadores, pelo que se prevêm fortes movimentações no plantel rubro-negro até ao fecho do mercado de janeiro, no próximo dia 31. 

VAVEL Logo