Parto difícil a dois golos
Slimani e Mané foram os responsáveis pela vitória leonina frente ao Rio Ave

Nuno Espírito Santo era sinónimo de perda de pontos para o Sporting: o técnico vila condense nunca tinha perdido com a equipa de Alvalade e Leonardo Jardim tinha como missão fazer esquecer o resultado da primeira volta e pressionar os adversários mais directos, Benfica e FC Porto..O técnico leonino levou a melhor e garantiu a vitória da equipa de Alvalade com duas soluções que estavam no banco. Islaim Slimani e Carlos Mané foram as estrelinhas da sorte e fizeram os dois golos que não só garantiram a vitória como mostraram que o Sporting é capaz de fazer a reviravolta no resultado quando a situação assim o exige.

Azar de Patrício esteve nos pés de Maurício

Ao longo de toda a primeira parte o Rio Ave foi mostrando confiança e consistência em campo. A equipa de Nuno Espírito Santo não entrou bem no jogo, mas cedo se revelou capaz de fazer tremer a equipa de Alvalade. Sem Marcos Rojo em campo, por castigo, Leonardo Jardim viu-se obrigado a colocar Eric Dier no centro da defesa e apesar da consistência e qualidade do inglês, a defesa do Sporting teve alguma dificuldades em lidar com os ataques de Tarantini e de Braga.

No fecho do primeiro tempo, o marcador continuava a zeros e era pedido ao Sporting que se mostrasse mais concentrado e que não deixasse acusar a pressão de não deixar fugir os rivais directos. Tal não aconteceu e logo aos seis minutos do segundo tempo apareceu o golo para a equipa da casa. Um mau alivio de Jefferson deixou que a bola sobrasse para Diego que num cruzamento fez com que a bola tocasse em Maurício, a redondinha foi mal recebida e o lateral direito acabou por trair Rui Patrício e colocar a bola dentro da baliza.

 

Aos 51’ minutos o Sporting perdia por uma bola a zero e o único lance de perigo  para a baliza de Ederson foi criado por Wilson Eduardo, que num remate forte, acabou por atirar muito ao lado da baliza. Leonardo Jardim, ao ver o tempo escuro, e depois da troca de André Martins por Carlos Mané no início da segunda parte, achou que estava na hora de fazer a troca de Wilson Eduardo por Slimani. Uma escolha que ser essencial para o resultado final.

O vendaval da reviravolta

Quinze minutos bastaram para que Slimani voltasse a mostrar ao técnico leonino o porquê de ser a sua arma secreta. Um lance que começou à saída da área de Rui Patrício fez  Jefferson chegar ao lado esquerdo da grande área vila condense e em jeito de redenção, cruzou para a cabeça de Slimani que fez o resto. O avançado saltou mais alto, cabeceou e trocou as voltas a Ederson. Estava feito o golo do empate e os lances começavam agora a ser comandados pela equipa de Alvalade com mais precisão.

Pouco se precisou de esperar para que se voltasse a ver o golo do Sporting. Corria minuto 85 quando Carlos Mané, vindo das costas da defesa e aproveitando a perda de bola de Slimani, fez o golo que dava a vitória leonina. A nova estrela verde e branca tem dado frutos e nos últimos  jogos tem sido o principal responsável pelos golos. Segundo golo do jovem extremo, apenas uma semana depois de ter feito o tento vencedor em Alvalade, contra o Olhanense (1-0). Em sentido contrário corre Montero: o avançado colombiano não marca há 10 partidas: a seca do goleador continua.

Adrien e Montero vão ver o jogo em casa

Adrien Silva e Fredy Montero estavam avisados e bastava um cartão amarelo para ficarem a ver o jogo com o Sporting de Braga no sofá, o cartão foi mostrado hoje. Leonardo Jardim tem garantido o regresso de Rojo no centro da defesa, mas terá agora de lidar com uma perda a meio-campo e outra na frente.Adrien Silva tem sido responsável pelo apoio à defesa e ao ataque do Sporting e apesar de ter Vítor como solução para meio-campo, o madeirense sabe que o internacional português fará falta na companhia a William Carvalho. Já a falta de Fredy Montero é um problema de mais fácil resolução. Com Slimani a mostrar-se mais concretizador nos últimos tempos, o colombiano deixará o lugar vago, mas a sua falta não será uma dor de cabeça. 

VAVEL Logo