Avançar na Liga Europa e... Honrar Coluna

Avançar na Liga Europa e... Honrar Coluna

É com a vantagem da vitória na primeira mão (0-1) e a confiança da liderança isolada do campeonato, que o Benfica recebe o PAOK, no último embate frente aos gregos e que decide a passagem aos oitavos de final da Liga Europa. Jorge Jesus espera que a sua equipa consiga sair vitoriosa, numa homenagem a Mário Coluna . A equipa Vavel Portugal fará, como de costume, o acompanhamento da partida, minuto a minuto. (Foto: UEFA)

maraguerra
Mara Guerra

Se é certo que o Benfica prepara a recepção de hoje, frente ao PAOK, com confiança superior, também é verdade que a vitória pouco clara, na Grécia, abre caminho a um visitante com vontade de mudar o rumo da eliminatória. No seu percurso europeu, os gregos têm demonstrado ser eficazes fora do seu lar (duas derrotas em cinco anos), enquanto o Benfica poderá ter de provar que a sua prioridade é o campeonato, como disso tem vindo a fazer campanha.

PAOK vem para arriscar

Nesta linha, Jorge Jesus é cauteloso quando antevê a partida de logo à noite. Para o treinador, a equipa de Salónica vai ser obrigada a maior audácia para contrariar o favoritismo encarnado. «Penso que o treinador do PAOK, face ao resultado do primeiro jogo, tem de olhar mais para o risco», adiantou. E de acordo parece estar o técnico rival,Huub Stevens, que enfatizou a mesma linha de pensamento acerca da atitude da sua formação: «Temos de assumir riscos».

E contra um PAOK que pretende entrar ousado na partida, Jesus quer apresentar uma equipa vencedora e que faça justiça ao percurso do Benfica na competição da época transacta, quando jogou a final da Liga Europa, ante o Chelsea. «É uma responsabilidade muito boa, fomos finalistas vencidos, mas só tem essa responsabilidade quem consegue atingir patamares de valorização nessa competição. Temos a responsabilidade de chegar o mais longe possível», referiu. 

Sai Jardel e Enzo Pérez; Entra Garay e Gaitán

No rol de convocados, Jesus fez regressar Ezequiel Garay, Nico Gaitán e Oscar Cardozo. Os argentinos, que se encontravam ausentes por lesão, poderão figurar no onze inicial, enquanto Cardozo segue em dúvida como escolha principal, já que, ainda que conste na convocatória, poderá não estar totalmente recuperado para alinhar de início. Desta forma, espera-se que a dupla brasileira Rodrigo/Lima volte a estar presente no ataque. No lote das ausências para a partida europeia, e depois do choque protagonizado no jogo frente ao V. Guimarães, figuram como principais baixas,Jardel e Enzo Pérez. Recorde-se que Jardel jogou 85 minutos lesionado na passada segunda-feira, tendo sido depois intervencionado com 18 pontos ao golpe que apresentava na face, resultado do embate com o colega de equipa. Fora das contas da equipa técnica constam, ainda, Sulejmani, Ivan Cavaleiro e Funes Mori.

A dúvida: com Salvio ou sem Sálvio?

As escolhas tácticas, em torno da equipa encarnada, comportam a dúvida sobre a inclusão ou a ausência de Salvio no onze principal. Depois da lesão que o obrigou ao afastamento dos relvados por seis meses, o extremo regressou no jogo frente ao PAOK, da primeira mão, e foi também aposta no último jogo do campeonato, esta segunda-feira.

  

Jorge Jesus preferiu, no entanto, não revelar se elegerá o argentino como titular. «É um jogador que, pouco a pouco, vai adquirindo o ritmo dele e a a confiança que precisa. Vocês sabem que esteve seis meses sem competir, mas é uma possibilidade, amanhã vou decidir, mas para já é uma possibilidade», explicou. Salvio deposita as suas expectativas na escolha do técnico, uma vez que já em Salónica tinha garantido a sua total disponibilidade física para contar como opção para Jesus: «Eu já estou recuperado a cem por cento, como todos os jogadores quero jogar o máximo. O que quero agora é ajudar a equipa, tratar de dar o meu contributo«, afirmou a semana passada.

Desejo de honrar Coluna

Por indicação da UEFA, será efectuado um minuto de silêncio antes da partida, em honra de Mário Coluna, falecido esta terça-feira. E em jeito de homenagem redobrada ao ex-capitão benfiquista, a equipa espera alcançar a vitória frente ao PAOK com duplo motivo. Foi o que declarou Sílvio: “Acabámos de perder um grande futebolista, um grande benfiquista. Vai ser um jogo muito importante, muito difícil, um grande espectáculo de futebol e vamos fazer tudo para conseguir a vitória”. E Jesus reforçou: “Se amanhã pudermos completar a passagem na eliminatória com um jogo a justificar todo um passado que o Coluna teve, melhor ainda”. O encontro Benfica - PAOK tem o seu início marcado para as 20:05

Onzes Prováveis

VAVEL Logo