1-0 (AIGNER, 37´), 2-0 (MEIER, 52´); 2-1 (MANGALA, 58´); 2-2 (MANGALA, 71´); 3-2 (MEIER, 76´), 3-3 (GHILAS, 86´)
FC Porto sobrevive para lutar mais um dia

FC Porto sobrevive para lutar mais um dia

O FC Porto foi até a Alemanha jogar com o Eintracht Frankfurt, o empate por três igual colocou os actuais campeões nacionais nos oitavos-de-final da Liga Europa. Um alivio para o técnico portista, ainda assim, uma qualificação que não disfarça uma época muito negra para o clube da cidade invicta. (foto: Catarina Morais)

mariana-cordeiro-ferreira
Mariana Cordeiro Ferreira
Eintracht FrankfurtTRAPP, ZAMBRANO, OCZIPKA E JUNG, MADLUNG, MEIER, AIGNER (ROSENTHAL, 69´), FLUM, BARNETTA, SCHWEGLER, JOSELU (LANIG, 85´)
FC PortoHELTON, DANILO, MAICON, MANGALA E ALEX SANDRO, FERNANDO, HERRERA (GHILAS, 54´) E CARLOS EDUARDO, VARELA (LICÁ, 78´), QUARESMA E JACKSON MARTÍNEZ (REYES, 90´)
ÁRBITROBJÖRN KUIPERS; ASSISTENTES: ANGELO BOONMAN, ERWIN ZEINSTRA; ÁRBITROS DE BALIZA: RICHARD LIESVELD, ED JANSSEN AMARELOS: AIGNER (25´); MAICON (41´); HERRERA (51´); GHILAS (61´); ZAMBRANO (61`); MEIER (75´)
INCIDENCIASSEGUNDA MÃO DOS 16AVOS DE FINAL DA LIGA EUROPA. ESTÁDIO: COMMERZBANK ARENA, FRANKFURT

A deslocação até terras alemãs ficou marcada pela nuvem negra que se abateu sobre o FC Porto no jogo com o Estoril. A perda do segundo lugar da tabela e o afastamento cada vez maior do primeiro posto deixaram os adeptos azuis e brancos ainda mais descontentes com o actual técnico.O jogo começou mal para o Porto, mas a cabeça de Mangala e o pé de Ghilas ditaram o empate necessário para o carimbo da próxima fase. Um resultado que deixa Paulo Fonseca mais tranquilo e que mostra aos adeptos que o técnico está para ficar no Estádio do Dragão.

O susto do 2-0

A necessidade de vitória, ou de um empate a três bolas, deixou os azuis e brancos bastante assustados com a viagem à Alemanha. Ao longo de todo o primeiro tempo pouco se viu do FC Porto. Mangala ainda assustou as redes contrárias ao minuto 25, mas a cabeçada na bola de nada valeu… A redondinha acabou por sair ao lado da baliza de Trapp. Já Jackson Martinez ficou muito aquém do esperado, o melhor marcador da Liga Zon Sagres bem que tentou, mas os nervos pareceram levar a melhor. O Eintracht Frankfurt jogou como quis e as investidas dos avançados germânicos iam fazendo o aviso à baliza defendida por Helton, um aviso que à terceira se revelou ser bastante certeiro. Estávamos ao minuto 37 quando Aigner colocava a equipa da casa na frente do marcador. Um golo caricato que trocava as voltas ao capitão portista e que começava a dar dores de cabeça a Paulo Fonseca. (foto: EPA)

Um a zero ao intervalo com muitas culpas para o capitão portista. Era exigido ao FC Porto mais atenção e mais concentração ao longo dos segundos 45 minutos, atenção e concertação que apareceram, mas tarde. Ao minuto 52’ Meier fez o golo que colocava os alemães ainda mais descansados na frente do marcador.Uma grande jogada da equipa da casa, com Maicon a deixar em jogo o extremo do Eintracht. Estava feito o segundo e Helton começou a ficar preocupado com a desatenção por parte do quarteto defensivo.

Mesma história resultado diferente

Seis minutos bastaram para ver o FC Porto reduzir a vantagem alemã. Mangala recebeu de cabeça o cruzamento de Quaresma e colocou a bola no fundo da baliza. Um golo bonito do central portista e que começou a alimentar a esperança da passagem à próxima fase, mas cedo o sonho começou a cair por terra. Mas o salvador Mangala, outra vez, voltou a saltar mais alto. Ao minuto 71 e depois de um cruzamento de Ricardo Quaresma, seguido do passe de Carlos Eduardo, deixou o francês à vontade para voltar a cabecear para o fundo da baliza de Trapp.Ao minuto 76 Meier voltou a fazer das suas e num bonito remate fez o terceiro golo do Eintracht e o segundo na conta pessoal. As dores de cabeça de Paulo Fonseca aumentaram, mas o onze em campo parecia agora mais decidido a não deixar fugir os oitavos-de-final.   (Foto:EPA)

A esperança voltou agora a ganhar forma e a três minutos do fim chegou o empate. Licá combinou com Ghilas e a bola acabou mesmo no fundo das redes alemãs depois de um grande remate do extremo argelino. Os festejos levaram às lágrimas alguns dos jogadores. Estava garantida a presença na próxima fase e o segundo tempo, jogado com o coração, voltou a mostrar as garras da equipa do FC Porto.

Nápoles é o próximo adversário com ou sem Paulo Fonseca

Também o Nápoles garantiu a passagem aos oitavos-de-final da Liga Europa e vai agora receber a equipa de Paulo Fonseca. Caracterizada por ser uma equipa bastante organizada, de jogadas táticas vincadas e de resultados incríveis, o FC Porto vai ter a vida complicada em Itália.Com este resultado, os adeptos portistas voltaram a acreditar no potencial da equipa, mas será que voltaram a confiar em Paulo Fonseca depois do resultado frente ao Estoril no Estádio do Dragão? A novela está para continuar e a permanência do ex-treinador do Paços de Ferreira no comando técnico dos campeões nacionais continua a ser uma incógnita. 

VAVEL Logo