Sporting contra as arbitragens expõe caso à FIFA e à UEFA
Bruno de Carvalho passa das palavras aos actos (Fonte: dn.pt)

O Sporting Clube de Portugal, emitiu há poucas horas um comunicado oficial no qual anuncia avançar com queixas contra as arbitragens tanto desta época como da transacta, numa exposição que abrange, não só os órgãos responsáveis em Portugal, mas que visa a elaboração de documentos formais que cheguem também à FIFA e à UEFA.

Leia-se abaixo o comunicado:
 «A Sporting SAD informa que deu instruções aos seus serviços jurídicos para procederem litigiosamente, em sede própria, contra todos os responsáveis pelas arbitragens que conduziram no ano passado a que o Sporting ficasse fora das competições europeias e que este ano são responsáveis pela retirada de, pelo menos, 7 pontos no Campeonato Nacional, o que associado à atribuição indevida de pontos aos adversários do Sporting justifica a actual posição do Clube na tabela classificativa. As Taças de Portugal e da Liga também serão alvo de análise.
 
Serão intentadas, nos termos da Lei, todas as acções admissíveis exigindo as compensações devidas a todos os organismos com responsabilidades nas situações verificadas, seja por intervenção directa em matéria de arbitragem, seja por omissões de tutela, não se excluindo quem quer que seja, incluindo os próprios árbitros, o Conselho de Arbitragem e a Federação Portuguesa de Futebol.
 
A Sporting SAD informa ainda que vai actuar junto da UEFA e da FIFA, entidades internacionais que superintendem o futebol, dando conta da actual situação da arbitragem em Portugal, que está na origem da actuação litigiosa iniciada, participando inclusivamente das incorrectas actuações dos Conselhos Disciplinar e de Justiça. Está igualmente em estudo, a manter-se a falta de bom senso na nomeação dos árbitros, a possibilidade de, nestes casos, solicitar uma intervenção no sentido de a arbitragem passar a ser feita por árbitros estrangeiros
 
Com isto, e após sucessivas e recorrentes críticas nos últimos anos no que respeita a este tema, o Sporting parece ter ganho uma voz activa com Bruno de Carvalho, que passando das palavras aos actos, deu já ordens para se fazer o que ainda nenhum presidente do Sporting havia feito nos últimos anos: activar os mecanismos jurídicos necessários para defender os interesses do clube, e incentivar outros clubes que se sintam lesados pelas arbitragens, a tomar também uma posição.
VAVEL Logo