Lewis Hamilton vence GP da Malásia
Lewis Hamilton vence GP da Malásia.

Lewis Hamilton vence GP da Malásia

Lewis Hamilton venceu este domingo o Grande Prémio da Malásia em Fórmula 1. Depois de garantir a “pole position” na véspera, o inglês juntou ainda a volta mais rápida da corrida. O fim-de-semana foi de luxo para a Mercedes que garantiu também o segundo lugar por Nico Rosberg. Sebastian Vettel fechou os lugares do pódio, na terceira posição.

venancioslb
Pedro Venâncio

A vitória em Sepang é a primeira da temporada para Lewis Hamilton e a segunda consecutiva para a Mercedes, depois da conquista de Rosberg na Austrália. Hamilton, que já não vencia desde o GP da Hungria, no ano passado, conquistou hoje a sua primeira vitória na Malásia e a 23ª na carreira.

GP da Malásia começou ao rubro com um belo arranque de Lewis Hamilton que segurou o primeiro lugar obtido na qualificação. Nico Rosberg, terceiro à partida, ganhou a segunda posição ao compatriota Sebastian Vettel, ainda na primeira volta, e não mais cedeu o lugar. Com o desenrolar da prova a vantagem foi crescendo gradualmente e, mais uma vez, a Red Bull mostrou dificuldades em acompanhar o ritmo alucinante dos Mercedes.

Foto: Roslan Rahman/AFP

Alonso/Hulkenberg

Fernando Alonso (Ferrari) e Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) travaram um dos duelos com mais emoção em Sepang. A menos de dez voltas para o final, o alemão e o espanhol debateram-se ferozmente pela conquista da 4ª posição. Alonso acabaria por passar Hulkenberg a três voltas do fim, assegurando assim o quarto posto. A 5ª posição de Hulkenberg foi, ainda assim, um bom resultado para a Force India que tem vindo a assegurar a luta pelos pontos nas últimas corridas.

Ricciardo, início de época para esquecer

Depois da desqualificação no GP da AustráliaDaniel Ricciardo foi um dos mais azarados do fim-de-semana. À passagem da volta 41, uma simples paragem nas boxes tornou-se num pesadelo para Ricciardo quando viu uma das rodas dianteiras mal apertadas. O regresso às boxes custou-lhe mais de um minuto perdido. Três voltas após o incidente, o australiano é novamente assombrado agora com a asa dianteira partida. Como um mal nunca vem só, Ricciardo foi ainda penalizado em 10 segundos pelo incidente nas boxes. A disputa pelos últimos lugares não servia de modo algum à Red Bull que optou pelo abandono do piloto australiano.

Williams no bom caminho

O GP da Malásia foi interessante para a equipa Williams/Mercedes que arrecadou a7ª e 8ª posição por Felipe Massa e Valtteri Bottas, respectivamente. Bottas, que partiu da 18ª posição na grelha de partida, fez uma excelente recuperação e quase que apanhou o seu companheiro de equipa. Já no final da corrida, os dois Williams travaram mesmo uma luta acesa pelo sétimo posto.

Kimi Räikkönen à beira dos pontos

Um furo nos instantes iniciais da corrida deitou por terra as aspirações de Kimi Räikkönen em alcançar o pódio na Malásia. Uma colisão com Kevin Magnussenatirou Kimi para as últimas posições, tendo o finlandês que correr atrás do prejuízo. As ultrapassagens aos Caterham de Kamui Kobayashi e Marcus Ericsson e aoMarussia de Max Chilton, assim como os sucessivos abandonos de vários pilotos ao longo da prova permitiram a Räikkönen subir algumas posições, sem nunca conseguir alcançar os lugares pontuáveis.

Abandonos em Sepang

Foram sete os pilotos que não terminaram o GP da Malásia. Sergio Pérez (Force India-Mercedes), Pastor Maldonado (Lotus-Renault), Jules Bianchi (Marussia-Ferrari),Jean-Eric Vergne (STR-Renault), e Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault). Para a Sauber-Ferrari o GP da Malásia foi mesmo para esquecer após os fracassos deEsteban Gutierrez e Adrian Sutil.

Classificação geral

1. Nico Rosberg (Mercedes) 43 pts

2. Lewis Hamilton (Mercedes) 25 pts

3. Fernando Alonso (Ferrari) 24 pts

4. Jenson Button (McLaren-Mercedes) 23 pts

5. Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 20 pts

6. Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 18 pts

7. Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 15 pts

8. Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 14 pts

9. Kimi Räikkönen (Ferrari) 6 pts

10. Felipe Massa (Williams-Mercedes) 6 pts

Depois da chuva forte que assolou toda a sessão de qualificação, a corrida foi disputada sem qualquer incidência de precipitação. Antes do início da corrida cumpriu-se ainda um minuto de silêncio em memória das 239 vítimas do MH370 da Malaysia Airlines, seguido pelo hino malaio.

A próxima prova do calendário será o Grande Prémio do Bahrain, agendado para 6 de Abril, no Circuito de Sakhir.

VAVEL Logo