Corrida nocturna para celebrar 10 anos de F1 no Bahrain
Condições de luminosidade previstas para a hora de início da corrida. (Foto: F1madness.co)

Corrida nocturna para celebrar 10 anos de F1 no Bahrain

2014 assinala o 10º aniversário da estreia da F1 em solo do Bahrain. Para comemorar, a prova junta-se a Singapura e Abu Dhabi como únicas corridas total ou parcialmente disputadas durante a noite.

hugopalmeida
Hugo Picado de Almeida

Os 10 anos de F1 no Bahrain (2004-2014) – ainda que a prova não se tenha disputado em 2011, devido a uma onda de manifestações e protestos civis em busca de maior liberdade e igualdade para as diferentes etnias do país – serão celebrados com uma corrida nocturna, juntando-se assim a prova do Bahrain ao GP de Singapura(totalmente corrido de noite) e de Abu Dhabi (que se inicia ao final da tarde e se conclui já com luz artificial).

Esta será também a primeira vez que o GP disputado em Sakhir verá os monolugares de F1 correr na rebaptizada curva número um: já em Março de 2014, o Bahrain decidiu homenagear Michael Schumacher, o heptacampeão mundial da categoria, que se encontra em coma desde o final de 2013, após um incidente de ski nos Alpes franceses. Recorde-se que Schumacher foi consultor de design do circuito barainita, além de ter sido em Sakhir que o alemão regressou à F1 em 2010, pela Mercedes.

O lendário alemão da Ferrari foi, aliás, o primeiro vencedor da prova. Fernando Alonso é quem mais vezes subiu ao topo do pódio de Sakhir, já que venceu com aRenault (2005 e 2006) e com a Ferrari, na época de 2010. Nos dois últimos anos, a prova do Bahrain foi vencida pelo Red Bull de Sebastian Vettel, que detém a volta recorde do circuito: 1:36,961.

(Foto: bahraingp.com)

Bahrain não poupa nas despesas

Como anunciado pelo Príncipe Salman bin Hamad Al-Khalifa, o sistema de iluminação artificial instalado no Bahrain International Circuit (BIC), adaptável às várias configurações possíveis que a pista pode adoptar, é composto por 495 postes de iluminação ao longo do traçado, com entre 10 a 45 metros de altura, cerca de 4500 pontos de luz e 500kms de cabos eléctricos.

Embora o valor do investimento em iluminação naquele que é o mais avançado circuito do Médio Oriente não tenha sido oficialmente revelado, peritos do sector adiantam que poderá rondar os 10 milhões de dinares barainitas, aproximadamente 19 milhões de euros.

Traçado e meteorologia

O traçado de F1 no GP do Bahrain. (Imagem: F1.com)

O traçado do circuito de Sakhir tem um comprimento de 5.412 km, o que significa que os pilotos terão de dar 57 voltas à pista, num total de 308,238 kms. Como em 2013, Sakhir terá duas zonas de DRS. O ponto de detecção da primeira zona está a 10m da curva 9, uma curva lenta à esquerda, com o ponto de activação permitida 50m depois da curva 10, um apertado gancho à esquerda. A segunda zona de DRS tem detecção 108m antes da curva 14, a penúltima do traçado, com a activação 270m após a curva 15, ou seja, em plena recta da meta.

Entre sexta-feira e domingo não se prevê qualquer ocorrência de precipitação em Sakhir, pelo que a Pirelli optou por trazer para o GP do Bahrain os seus pneus médios (brancos) e macios (amarelos). A temperatura deverá rondar os 20º e os 25º graus, mesmo no período nocturno da corrida.

VAVEL Logo