Porto x Académica,
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Veja ou reveja todos os golos desta empolgante partida da Liga Zon Sagres. Golo de Jackson, Golo de Ghilas, Golo de Jackson e Golo de Marcos Paulo.

Agradecemos a vossa preferência em mais um directo do VAVEL Portugal, que levou até si todas as incidências deste magnífico jogo que ditou o resultado final de 3 para o Porto e 1 para a Académica. Não perca o próximo jogo dos dragões que se irá realizar na Quinta-Feira, no tudo ou nada dos azuis e brancos na Liga Europa frente ao Sevilha com a cobertura , aqui no VAVEL Portugal.

Ghilas e Ricardo (pt.uefa.com)

Com estre triunfo, os portistas mantêm a distância para o 2º classificado, o Sporting, em 8 pontos, e fogem do Estoril que com a vitória frente ao Guimarães colocou pressão sobre os dragões. O Porto está portanto no 3º posto da classificação com 52 pontos e apesar de ser difícil sonham ainda com a entrada directa na próxima edição da Liga dos Campeões. A Briosa, que já garantiu a permanência no principal escalão do futebol português, encontra-se agora no 9º lugar, com os mesmos 32 pontos e seguem tranquilos na classificação.

Paulo Grilo e Jackson Martínez (pt.uefa.com)

Ao longo dos 90 minutos, o Porto demonstrou ser a equipa mais forte e que melhor soube aproveitar as oportunidades de golo. Com uma eficácia quase total, Ghilas e Jackson Martínez deram vida ao marcador, ainda no 1º tempo, com uma tremenda infelicidade para os lados da Briosa, depois de Salvador Agra e Ivanildo terem obrigado Fabiano a várias intervenções de bom nível. No 2º tempo, a Académica ainda assustou os azuis e brancos e com o melhor golo da noite, Marcos Paulo, que fez o 4º golo na Liga, devolveu a esperança aos estudantes com um remate fulminante que chegou aos 95 km/h. Contas feitas, relevo para Jackson Martínez que segue destacado no topo dos melhores marcadores do campeonato, agora com 18 tentos em 26 jornadas.

TERMINA O ENCONTRO!!!

Vão-se jogar mais 3 minutos no dragão, a vitória já não deverá fugir aos comandados de Luís Castro.

89' Ilusão de óptica no dragão, boa jogada de Danilo que já dentro da grande área tentou visar as redes de Ricardo e escandalasomente falhou a emenda com o esférico a sair às redes laterais.

88' CARTÃO AMARELO para o recém entrado Ogu, depois de cometer falta sobre Fernando.

84' Sexto canto a favor da Académica, mas mais uma vez os estudantes desperdiçaram a oportunidade de visar as redes de Fabiano.

83' Substituição na Académica. SAÍ: Salvador Agra, ENTRA: Diogo Valente.

82' Boa investida da Académica, poderia ter dado origem ao 2º golo, mas mais uma vez Fabiano imperioso segura o esférico. Após cruzamento-remate de Ivanildo.

79' CARTÃO AMARELO: Marcelo. Marcelo derruba Jackson que seguia com perigo para o contra-ataque.

75' Mais um canto para a Briosa, intensifica-se a pressão final. Com Fabiano a ser novamente o protagonista e segura depois do cruzamento de Agra.

73' Na sequência do canto, remate de um atacante da Briosa com mais uma defesa apertada de Fabiano, que tira o esférico em cima da linha de golo.

72' Canto para a Académica, para marcar Salvador Agra.

Apesar das alterações, a Académica baixou a intensidade de jogo com os dragões a dominarem nos últimos minutos, com Fernando e Herrera a serem essenciais para segurar o 3-1.

70' Nova alteração na Briosa! SAÍ: Marcos Paulo, ENTRA: Ogu.

Com a saída de Alex Sandro, Varela e Ghilas, o treinador portista faz descansar estes jogadores com o pensamento na próxima partida frente ao Sevilha.

67' Substituição no Porto. SAÍ: Ghilas, ENTRA: Josué.

63' Substituição na Académica. SAÍ: Grilo, ENTRA: Marinho. Com esta alteração, Sérgio Conceição aposta tudo no ataque ao tirar um lateral para fazer entrar o médio criativo e rápido, que poderá mexer com o jogo.

62' Josué prepara-se para entrar. Luís Castro vai assim esgotar as substituições.

60' A Académica esta instalado no meio-campo portista e tenta a todo o custo chegar com perigo à área contrária, com a defesa do Porto a resolver as iniciativas dos estudantes.

59' Dupla substituição para o Porto. SAÍ: Varela, ENTRA: Quaresma. SAÍ: Alex Sandro, ENTRA: Danilo.

Em perspectiva estão alterações no onze do Porto. Danilo prepara-se para entrar.

52' A cerca de 20 metros da baliza, Marcos Paulo desenha um lance individual e com um remate forte e colocado consegue um golo fantástico que volta a dar esperança à Briosa. O jogador faz assim o 4º tento na prova, e é o melhor artilheiro da formação dos estudantes.

52' BALANÇA A REDE DE FABIANO, GRANDE GOLO DA ACADÉMICA!!!

50' Mais um lance extraordinário de Ghilas que com remate cruzado quase aumentava a vantagem dos azuis e brancos.

48' Na resposta é a Académica a beneficiar de um livre, e Marcos Paulo com um remate colocado faz o esférico passar perto da trave de Fabiano.

47' Livre perigoso para Quintero. Com o centro-campista a cruzar tenso, mas a bola passa toda a área sem que ninguém consiga desviar para golo.

45' Recomeça o jogo no dragão.

Para a 2ª metade, susbstituição na equipa de arbitragem, depois de Manuel Mota se ressentir da lesão que sofreu na 1ª parte. Para o seu lugar entra o 4º árbitro, Ricardo Coimbra.

Para o 2º tempo , o técnico Luís Castro deverá poupar mais alguns jogadores para a partida da próxima Quinta-Feira da Liga Europa, e com este 3-0 podemos prevêr para estes segundos 45 minutos um jogo tranquilo para os ainda campeões nacionais.

Neste primeiro tempo, destaque para a tremenda eficácia dos dianteiros portistas que das três vezes que chegaram com grande perigo à baliza da Briosa conseguiram balançar as redes de Ricardo. Das novidades no onze, destaque para Quintero e Ghilas que com classe, técnica e velocidade têm provocado o pânico na frágil defesa da Académica. Os tentos foram marcados por Ghilas e Jackson e com estes dois golos, o colombiano leva já 18 festejos na presente edição da Liga Zon Sagres. O meio-campo portista tem sido forte, mas este resultado de 3-0 não deixa de ser injusto e demasiado pesado para uma Académica que obrigou Fabiano a várias intervenções, com algumas delas a embater nos ferros portistas. Na Briosa relevo para os criativos Agra e Ivanildo que têm sido o principal foco de perigo para a baliza dos dragões.

INTERVALO NO ESTÁDIO DO DRAGÃO

45' +2 O último lance da primeira parte ditou o primeiro amarelo da partida depois de Abdoulaye rasteirar Ivanildo. Do livre nada resulta.

45' +2 Dois minutos de compensação para se jogar.

45' Contra-ataque perigoso da Briosa, com Salvador Agra a escapar ao central Abdoulaye e para não variar mais uma brilhante intervenção de Fabiano.

42' Boa iniciativa do tecnicista, Salvador Agra que no flanco esquerdo ultrapassou Ricardo e com um cruzamento tenso obrigou o seguro , Fabiano a socar para fora da área, passa o perigo.

39' BALANÇA A REDE DE RICARDO PELA 3ª VEZ, penálti bem convertido por Jackson Martínez.

38' GRANDE PENALIDADE PARA OS AZUIS E BRANCOS. Falta sobre Quintero, Jackson pode bisar no encontro.

36' Fica a ideia que se o Porto acelerar nos últimos 30 metros do terreno, tanto Ghilas como Varela poderão causar mais estragos na defesa da Acádemica que tem denotado diversas fragilidades.

32' A responder à Briosa, destaque para mais um passe de Ghilas que encontrou à entrada da área o génio Quintero com o médio-ofensivo a falhar por pouco o alvo.

31' Contra-golpe dos estudantes e depois de um envolvimento rápido entreIvanildo e Salvador Agra, este acabou por rematar perto do poste esquerdo deFabiano.

29' Com uma vantagem confortável de 2-0, os dragões aproveitam agora para trocar o esférico no seu meio-campo e nestes primeiros 30 minutos grande destaque para Ghilas que tem sido o melhor jogador em campo.

Contra a corrente de jogo, o Porto volta a ser extramamente eficaz, e desta feita inverteram-se os papéis e foi Jackson Martínez que assistiu o internacional argelino Ghilas PARA O 2º DOS INVICTOS.

24' GOLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO DO DRAGÃO!!!!!!

A meio da primeira parte, o resultado é claramento melhor que a exibição portista, com a Académica a responder muito bem à desvantagem e a merecer a igualdade que tem sido contrariada por Fabiano e o poste.

20' MAIS UMA BOLA AO FERRO DA BALIZA DE FABIANO. Depois de mais um grande cruzamento de Ivanildo, foi Makelele a aparecer solto de marcação e com um cabeceamento estrondoso, obriga Fabiano a mais uma defesa que acabou por embater no poste.

17' Canto para os estudantes. Na sequência, Ghilas corta dando uma ajuda preciosa à defesa azul e branca.

15' Na marcação do livre, Quintero desperdiça a oportunidade de visar a baliza deRicardo.

14' Livre para o Porto, depois de uma entrada imprudente sobre Alex Sandro.

Recomeça a partida!

11' Choque violento entre um jogador da Briosa e o ábitro, Manuel Mota. Com o juiz da partida a ficar mal tratado e a provacar uma paragem no jogo.

10' Responde com perigo a equipa da Académica e depois de um cruzamento de Marcelo, Salvador Agra aparece de forma oportuna e com um remate pleno de intenção remata à BARRA da baliza de Fabiano, após grande defesa do guardião brasileiro.

8' O irrequieto Ghilas volta a estar em evidência com um remate que passa por cima das redes de Ricardo. O argelino, parece estar a aproveitar a oportunidade do técnico Luís Castro.

Grande iniciativa do Porto pelo flanco direito, com Ghilas a surgir livre de marcação e com uma assistência letal serviu com classe o inevitável Jackson Martínez, que faz assim o 17º GOLO NA PROVA.

4' GOLO DO PORTO!

2' Do livre nada resulta. Mas a Académica começou pressionante.

1' Primeira falta da partida por parte de Fernando. Livre para a Briosa, sobem os centrais à área portista.

1' Rola a bola no Dragão.

A principal novidade no onze de Sérgio Conceição é a inclusão de Ivanildo em detrimento do habitual titular, Diogo Valente.

19:08 Onze oficial da Briosa: Ricardo, Marcelo Goiano, João Real, Halliche, Paulo Grilo, Marcos Paulo, Fernando Alexandre, Makelele, Salvador Agra, Rafael Lopes e Ivanildo.

Para esta partida frente à Académica, Luís Castro, procedeu a cinco alterações no onze inicial que defrontou o Sevilha na passada Quinta-Feira. O técnico aposta em Ricardo e Abdoulaye na defesa, em Herrera e Quintero no meio-campo e Ghilas, que é a principal novidade, uma vez que irá ocupar o lugar do até então indiscutível Ricardo Quaresma. Estas alterações, demonstram que o treinador irá apostar tudo na Liga Europa, fazendo rodar alguma peças fundamentais neste jogo frente à Académica.

19:02 REVOLUÇÃO NO ONZE DO PORTO: Fabiano Freitas, Ricardo, Reyes, Abdoulaye, Alex Sandro, Fernando, Herrera, Quintero, Varela, Ghilas e Jackson.

18:15 Do lado da Académica, o onze provável de Sérgio Conceição é: Ricardo, Marcelo Goiano, João Real, Halliche, João Dias, Fernando Alexandre, Makelele, Marcos Paulo, Salvador Agra, Rafael Lopes e Diogo Valente. A estratégia de Sérgio Conceição para este jogo será relativamente cautelosa, com destaque para o médio defensivo Fernando Alexandre, que foi o herói da 1ª volta e que representa o principal equilibrador de jogo dos estudantes. Na frente de ataque e com o intuito de aproveitar o contra-golpe no Dragão, relevo para os desequilibradores e tecnicistas Salvador Agra e Diogo Valente que prometem dar muito trabalho aos laterais Alex Sandro e Danilo.

17:30 A pouco mais de uma hora do apito inicial, a equipa Vavel Portugal avança com o possível onze inicial de Luís Castro: Fabiano, Danilo, Reyes, Mangala, Alex Sandro, Fernando, Defour, Carlos Eduardo, Quaresma, Varela e Jackson. O técnico dos azuis e brancos irá apresentar, como de costume, a táctica 4x3x3, e perante uma equipa atrevida como a Académica, espera-se uma pressão alta de Fernando e Defour, sobre os centro-campistas dos estudantes, por forma a resolver rapidamente este jogo e, assim, porventura conseguir gerir fisicamente o plantel, para a difícil deslocação a Sevilha da próxima semana. Apesar da polémica, Quaresma, que não sofreu qualquer sanção decorrente dos incidentes da Madeira, deverá manter a boa resposta dada na Liga Europa e, juntamente com Varela, quererão servir o homem-golo, Jackson Martínez, que é o melhor artilheiro do campeonato com 16 golos.

16:50 O técnico da Académica, que já representou enquanto jogador o FC Porto declara: "Queremos ficar nos oito primeiros lugares da tabela. Temos algum conforto na pontuação, é verdade, mas não é por isso que vai haver descontracção. Nada mesmo. Aliás, os jogadores descontraídos só mesmo nas férias."

16:30 Em antevisão à partida, Luís Castro, afirma que a Académica: "É uma equipa muito organizada defensivamente e sai muito forte na transição quando tem espaços. Varia os ritmos de jogo e é uma equipa difícil: não é por acaso que está em 6º lugar. Mas não podemos reduzir o nosso pensamento. O objectivo é vencer e vencer bem, respeitando a Académica, tal como respeitamos as outras equipas."

16:00 Nos convocados portistas, as novidades são a inclusão de Abdoulaye, Josué e Kelvin, que ficaram de fora para o jogo, a meio da semana, frente ao Sevilha. Do lado da Académica e, perante a indisponibilidade de Djavan, que foi expulso na jornada anterior, frente ao Olhanense, Sérgio Conceição chamou João Dias para o seu lugar e, perante a indisponibilidade de Cleyton por lesão, o técnico chamou ainda Grilo para compor a convocatória.

15: 45 Depois de garantir a manutenção na 1ª Liga, com o triunfo frente ao Olhanense, os comandados de Sérgio Conceição, ocupam a 6ª posição em igualdade com o Braga, com 32 pontos e começam a acreditar que os 6 pontos de distância para o 5º lugar não são impossíveis de abater. Os estudantes, que ainda há duas épocas venceram a Taça de Portugal frente ao Sporting, estão a fazer uma época regular, com 8 vitórias, 8 empates e 9 derrotas, na Liga Zon Sagres. A nível defensivo, a Académica é a 6ª defesa menos batida do campeonato, com 26 tentos sofridos mas com a estatística curiosa de ter apenas 18 marcados, o que, para uma equipa que luta pela Europa, indica que, diante dos seus opositores, são uma equipa cínica, que não precisa de marcar muitos golos para conquistar pontos, o que serve de alerta para os ainda campeões nacionais.

15:15 Depois de alcançar a 2ª vitória em casa, nesta época, para as competições europeias, os dragões vão defrontar a surpreendente Académica, que começa a sonhar com a presença na Liga Europa, da próxima época. Os comandados de Luís Castro ocupam o 3º posto com 49 pontos, com 15 vitórias, 4 empates e 6 derrotas. Desde o Porto de Couceiro que os azuis e brancos não tinham tantos desaires para a Liga e depois da derrota frente ao Nacional e, tendo em conta a vitória do Estoril frente ao Guimarães esta Sexta-feira, a pressão dos invictos, em obter a vitória é ainda mais evidente. Os canarinhos estão agora com 46 pontos, a 3 dos ainda campeões nacionais e, caso o Porto queira alimentar o sonho de chegar ao 2º lugar e continuar firme no 3º, só interessa vencer. Para tal, contam comJackson Martínez, que leva já 16 golos na prova, do global de 45 tentos que o Porto já marcou, nas 25 jornadas já disputadas. No global são a 3ª defesa menos batida com 20 golos sofridos e o 3º melhor ataque, só superado por Benfica e Sporting.

14: 50 Em sentido contrário aos dragões, a Académica vem de uma vitória importante, que garantiu matematicamente, a permanência no principal escalão do futebol português. Os comandados de Sérgio Conceição receberam o aflito Olhanenses e, com dois golos de grande penalidade, convertidos por Marcos Paulo, contrariaram um insuficiente tento de Paulo Sérgio, para o lado dos algarvios.

VAVEL Logo