Leão a um passo da champions
Sporting a um passo de garantir os milhões da Champions

Leão a um passo da champions

O Sporting está muito próximo de alcançar o segundo lugar do campeonato e com isso garantir a entrada directa na Liga dos Campeões. Para tal é necessário derrotar este sábado o Gil Vicente, e esperar que no domingo o Porto não vença em Braga. (Foto: desporto.sapo.pt)

RodolfoReis
Rodolfo Reis

Esta vai ser a 34ª vez que as duas equipas se encontram em partidas da liga portuguesa, os leões levam clara vantagem com 21 vitórias, 7 empates e 5 derrotas. Em relação aos encontros disputados em Alvalade, apenas por uma vez o Gil logrou trazer a vitória para Barcelos, enquanto a formação leonina já venceu por treze ocasiões, registando-se dois empates pelo meio. Na primeira volta os comandados de Leonardo Jardim foram até Barcelos vencer por 0-2, com um bis de Fredy Montero.

Derrubar a muralha gilista

Leonardo Jardim alertou na conferência de imprensa, para as dificuldades que o Sporting poderá ter perante a defesa gilista, mas também ter em atenção o seu contra-ataque. «O Gil Vicente é uma equipa de transição, com vários jogadores rápidos como Hugo Vieira e Caetano, temos que saber ultrapassar isso e saber que o Gil Vicente vai defender com um bloco baixo, com muita gente no último terço do terreno». O técnico afirmou que «o Benfica tem o caminho aberto para o título nacional», mas que isso não muda os objectivos da equipa. «O Sporting tem procurado jogar os seus jogos não pensando muito nos nossos adversários. Neste momento, o nosso verdadeiro foco passa por consolidar o nosso lugar na tabela classificativa e resolver o mais rapidamente possível a qualificação directa para a Champions League», concluiu.

Fazer o que ainda não foi feito

A última vítória do Gil Vicente em Alvalade data já de Novembro de 2002, ano em que os gilistas venceram por 0-3, com golos de Manoel, Gaspar e Paulo Alves. João de Deus sabe por isso que a partida frente aos leões será de grau de dificuldade muito elevado, mas acredita nas capacidades da sua equipa. «O Sporting está a fazer um grande campeonato e teremos de ser competentes e interpretar bem os momentos do jogo, tentando ser audazes com a bola. Vamos fazer o nosso e com certeza, criar problemas ao Sporting». A derrota com o Belenenses na última jornada, aliada ao facto de nesta época ainda nenhuma formação ter vencido no reduto leonino, são para o técnico factores de motivação extra. «Dá-nos oportunidade de fazer algo diferente. Só quatro equipas pontuaram em Alvalade e ninguém lá venceu. Ser distinto é fazer isso», finalizou.

No que diz respeito aos convocados do Sporting, a maior novidade está no regresso de Wilson Eduardo, que depois ter alinhado e marcado pela equipa B na jornada transacta diante do Feirense, volta agora a fazer parte dos eleitos do plantel principal. Em sentido inverso Ricardo Esgaio volta assim para a turma de Abel Ferreira.

Já do lado gilista, César Peixoto e Caetano viajaram com a equipa, embora as suas presenças no onze inicial sejam ainda uma incógnita, pois ainda se encontram a recuperar de lesões e só perto da hora do jogo, se saberá se podem ou não ser utilizados. Em contrapartida Cláudio Pitbull, Bruno Moraes, Luan e João Vilela todos lesionados ficaram em Barcelos.

Onzes prováveis

 

VAVEL Logo