Exorcizar demónios na cidade dos arcebispos
FC Porto procura a quarta vitória consecutiva em Braga para o campeonato

O jogo deste domingo, a contar para a 27ª jornada da Liga Zon Sagres, será o 58º embate entre Braga e FC Porto disputado no Minho, em partidas a contar para o campeonato. Dos 57 jogos disputados até hoje, os dragões contam 32 triunfos, contra 12 dos bracarenses, sobrando ainda 13 empates. Se olharmos apenas para as últimas dez temporadas, vemos que os portistas têm sido felizes quando visitam a cidade de Braga; 6 vitórias dos azuis-e-brancos, contra apenas duas dos arsenalistas, a última das quais na temporada de 2009/2010; um golo solitário de Alan foi suficiente para garantir os três pontos aos bracarenses.

O jogo da primeira volta, no Estádio do Dragão, jogou-se a 7 de Dezembro de 2013. Em partida a contar para a 12ª jornada do campeonato, um FC Porto fragilizado pela derrota em Coimbra recebeu o Sporting de Braga. Perante os seus adeptos, os dragões conseguiram dar a volta a um adversário que criou dificuldades, especialmente na primeira parte. Dois golos de Jackson Martínez, ambos no segundo tempo, deram a vitória aos portistas. (foto: desportosapo.pt)

De olhos na Europa e sem pensar na Taça

Jorge Paixão garante que a sua equipa está totalmente focada no embate diante do FC Porto, esquecendo o jogo da segunda-mão das meias-finais da Taça de Portugal diante do Rio Ave na próxima 4ª feira. «Estamos na reta final do campeonato e há a possibilidade de chegar ao 5.º lugar. O Rio Ave? Então este jogo não vale nada? Pois eu tenho a certeza absoluta de que se ganharmos os quatro jogos que faltam no campeonato estamos na Liga Europa! Só estamos concentrados neste jogo».

O treinador dos bracarenses não acredita num alegado cansaço ou fragilidade do FC Porto resultante do jogo de Sevilha. «Não há bons momentos para jogar com o FC Porto. É um adversário forte, bem orientado e vêm motivados para nos causarem dificuldades. Cansaço? As equipas estão preparadas para jogarem duas ou três vezes por semana. O FC Porto compete a vários níveis e por isso o cansaço não os vai afetar. Têm também um plantel muito vasto». Jorge Paixão aproveitou ainda para lançar a receita para a vitória no jogo de amanhã. «Temos de ser competentes. Temos de fazer um pouco daquilo que fizemos com o Benfica, mas com um bocado mais de felicidade.».(foto: abola.pt)

Mudar de atitude e conquistar os três pontos

Luís Castro sublinhou a necessidade da sua equipa adoptar uma atitude diferente daquela demonstrada em Sevilha. «Para Braga queremos uma atitude mais positiva dos jogadores, com uma capacidade de abordar o jogo de forma totalmente diferente e com um resultado também diferente. Esperamos fazer tudo por tudo para ganhar o jogo em Braga». O técnico portista sublinhou a vontade da sua equipa de sair do Minho com os três pontos, minimizando o facto desta partida anteceder a deslocação à Luz na próxima 4ª feira para a segunda-mão da Taça de Portugal. «A única relação entre os dois jogos é que o de domingo com o SC Braga antecede o de quarta-feira na Luz. Nada mais do que isso. Vamos procurar relacioná-lo da melhor forma para os interesses do FC Porto».

O treinador dos azuis-e-brancos espera um adversário também com vontade de vencer, mas confia na capacidade da sua equipa. «O SC Braga precisa tanto dos pontos como o FC Porto. Confio muito nos meus jogadores, temos várias referências do que fizemos nos últimos tempos que nos dizem que podemos controlar o jogo e chegar à vitória».

Na lista de convocados dos portistas, as ausências de Danilo, Quaresma e Herrera são as principais novidades na lista de Luís Castro. Em relação à equipa que foi a Sevilha, Mikel e Diego Reyes são também ausências para o jogo de domingo. De regresso estão Jackson Martínez e Fernando, afastados da partida de 5ª feira devido a castigo, e também o central Abdoulaye.

Onzes prováveis

VAVEL Logo