Braga x Porto, directo

Braga x Porto, directo

francisco-dias
Francisco Dias
BragaEduardo, Tomás Dabó, Santos, André Pinto e Núrio, Custódio, Luiz Carlos, Battagila; PardoMoreno, Erivaldo.
PortoFabiano, Victor Garcia, Maicon, Abdoulaye e Ricardo, Fernando, Josué, Carlos Eduardo, Varela, Jackson Martinez, Licá.
Placar0-1 min.23, Varela; 1-1 min57, Moreno; 1-2 min 85, Carlos Eduardo; 1-3 min90 , Quintero.
ÁRBITRORui Costa (Porto). Amarelados: Fernando (52'); Custódio (67').
INCIDENCIAS27ª jornada da Liga Zon Sagres
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Em nome do VAVEL Portugal agradecemos a preferência no acompanhamento neste directo do BragaxPorto e não pode perder as emissões da próxima Quarta-Feira a contar para a Taça de Portugal que irão opôr não só Rio Ave e Braga, como também Benfica e Porto.

O Porto mantém o 3º lugar, a 8 pontos do Sporting e soma agora 55 pontos restando ainda uma pequena esperança de chegar directamente à Liga dos Campeões. Por seu lado, o Braga mantem-se na 6º posição da liga com 35 pontos e com este desaire ficam praticamente arredados da luta pela Eropa. No entanto, caso os arsenalistas ultrapassem o Rio Ave e alcancem a final do Jamor poderão qualificar-se directamente para a fase de grupos da fase da UEFA.

                                                  

                                                                              Josué (gettyimages.pt)

O técnico Jorge Paixão pediu mais pressão e garra para os seus jogadores e na 2ª parte fez entrar Rafa e Miljkovic. É com agrado que saudamos o regresso do extremo Rafa, que apesar da paragem por lesão entrou forte na partida e juntamente com Pardo foram um autêntico terror para os laterais Ricardo e Víctor Garcia. O 2º tempo foi dominado pelos bracarenses e o empate surgiu por intermédio de Moreno, depois de uma grande jogada de Pardo. Após o golo foi o Braga que foi para cima do adversário e com algumas iniciativas de perigo foi infeliz para voltar a bater Fabiano. O Porto contra a corrente de jogo voltou para a frente do marcador, por parte de Carlos Eduardo e com um Braga incapaz de responder, Quintero ampliou para 1-3 e esta derrota foi um duro golpe para os arsenalistas.

                                                    

                                                              Varela, Eduardo e Núrio (gettyimages.pt)

Na 1ª parte do encontro, os primeiros 20 minutos foram em tudo desinteressantes, com as equipas a entrarem apáticas e a partida a desenrolar-se muito a meio-campo. Aos 23 minutos, foi o Porto a superiosizar-se com o Drogba da Caparica, Varela a finalizar uma excelente jogada de Jackson. A partir daqui o restante 1º tempo foi controlado pelo meio-campo portista com destaque para Josué, que mostrou ser o elemento mais desiquilibrador dos azuis e brancos. Ao intervalo, a vantagem mínima acentava bem aos invictos e o Braga que não efectou qualquer remate teria que mudar bastante para contrariar o Porto.

Final da partida!

3 minutos de compensação.

Excelente iniciativa de Josué, que assiste a jovem pérola Quintero que concretiza de forma extraordinária para o 3º dos dragões.

90' GOLOOO DO PORTO!

89' Remate de Ghilas, para uma defesa atenta do guardião bracarense.

Contra a corrente de jogo, bom envolvimento de Josué na manobra ofensiva e com um cruzamento letal, Carlos Eduardo apareceu pleno de oportunidade e com um cabeceamento fulminante bate Eduardo pela 2ª vez.

85' GOLOOOOO PORTO!!!

83' Erro colossal de Abdoulaye, com Rafa a aproveitar a sobra e num remate à figura falha escandalosamente a oportunidade de colocar os bracarenses em vantagem.

82' Neste momento as equipas parecem estar satisfeitas com o empate e estão claramente com o pensamento nas meias finais da Taça de Portugal, que irão disputar na próxima Quarta-Feira

80' Quintero descobre o espaço e fora da grande área remata sobre a barra.

76' Canto para os arsenalistas. Cobrança de Pardo que encontra o recém-entrado Éder livre de marcação. Quando os adeptos da casa já festejavam o golo do português, eis que Fabiano resolveu com mais uma bela defesa.

74' À entrada para o último quarto de hora da partida, é o Braga que aparece com mais perigo no ataque, o Porto parece ter adormeciado para o encontro.

70' Depois de uma lance genial de Rafa pelo flanco esquerdo, a bola sobra para Pardo que tentou surprender Fabiano com um bom remate, mas o brasileiro defendeu de forma irrepreensível.

68' SAI: Jackson, ENTRA: Quintero.

67' Cartão Amarelo: Custódio, por falta sobre Josué.

O ponta-de-lança volta à competição, depois de ter estado afastado por lesão grave, e tanto Éder como Rafa vêm dar claramente outra qualidade a um Braga que nesta 2ª parte tem dominado os ainda campeões nacionais.

65' SAI: Moreno, ENTRA: Éder.

64' Acabado de entrar, o argelino Ghilas atirou forte com a bola a embater num defesa do Braga. Ganham canto os portistas. Do canto nada resultou.

Com esta alteração, Luís Castro, aposta tudo na vitória e vai alinhar com dois pontas-de-lança no ataque.

61' Alteração nos dragões. SAI: Varela, ENTRA: Ghilas.

59' Os bracarenses crescem cada vez mais no jogo, a entra de Rafa veio alterar por completo toda a frente de ataque dos homens da casa. O extremo veio agitar, e de que maneira, nos últimos 30 metros da área portista e a meia hora do fim, temos jogo.

Jogada explosiva de Pardo na ala direita, com o colombiano a servir com conta, peso e medida o compatriota Moreno, que apenas teve que enconstar para o empate.

57' GOLO DO BRAGA!

57' Mais um duelo particular entre Josué e Eduardo, com o médio do Porto a rematar para mais uma grande intervenção de Eduardo.

56' ENTRA: Defour, SAI: Fernando.

53' Josué tem um gesto técnico assinalável e enquandrado com as redes de Eduardo atira para uma grande defesa do internacional português. Belo lance de futebol.

52' Livre para o Porto com Fernando a marcar antes de tempo e o juiz da partida mostra-lhe cartão amarelo. Do livre nada resulta.

51' Os arsenalistas melhoraram na construção de jogo e estão a exercer uma pressão mais intensa sobre os dragões, temos jogo no AXA!

47' Pardo cai na grande área, fica por assinalar uma rgande penalidade com o juiz da partida a marcar falta, mas fora da área.

46' Primeiro remate do Braga na partida, com Pardo a obrigar Fabiano a uma boa defesa. 

45' Recomeçou a partida.

Dupla alteração do Braga, SAI: Erivaldo, ENTRA: Rafa. SAI: Miljkovic, ENTRA: Núrio.

O árbitro não deu qualquer minuto de compensação.

45' Falta sobre Carlos Eduardo e o próprio cobra o livre e o guardião bracarense segura sem dificuldade.

43' O Braga tenta responder, mas a dois minutos do intervalo não conseguiu qualquer remate digno de registo.

41' Subida rápida do estreante Vícto Garcia pelo flanco direito, com o defesa a centrar tenso para o falhanço de Carlos Eduardo que apareceu solto. Foi mais uma séria ameaça para as redes de Eduardo.

39' Numa rara incursão no ataque, um jogador do Braga cai na grande área e os brancarenses reclamam penálti por alegada mão na bola do lateral portista, Víctor Garcia.

37' Grande envolvimento de ataque, com Licá e Josué a desenhar um lance interessante e com a baliza na mira, Jackson falha o alvo em boa posição.

35' Os arsenalistas estão apáticos e perdem todos os lances a meio-campo. Até ao momento, Fabiano é um mero espectador.

32' Pontapé de canto para os azuis e brancos e na sequência do lance, Licá atira forte mas sem direcção.

31' Só dá Porto: livre perigoso para Josué, com o luso a rematar ao lado.

28' Mais um canto para os dragões, passa o perigo. Mas o Porto está cada vez mais sólido na partida.

26' O Braga reagiu mal ao golo sofrido e o Porto acentua a pressão e controla neste momento todas as operações de jogo, com Fernando e Josué a darem conta do recado na construção do jogo azul e branco.

Visão de jogo extraordinária de Jackson Martínez, que encontra Varela livre de marcação, com o internacional português a picar o esférico sobre Eduardo e a inaugurar o marcador com classe.

23' GOLOOOOO DE VARELA!

21' O árbitro da partida perdoa cartão amarelo a Carlos Eduardo, depois de uma falta do luso-brasileiro sobre Pardo, que fugia rápido em direcção ao ataque.

19' Apesar de não existirem lances de perigo o Porto parece querer mandar no jogo, com destaque  para o irrequieto, Jackson Martínez.

18' 2º canto a favor do Porto, com Abdoulaye a saltar mais alto e em boa posição falha o alvo.

15' Completados que estão os primeiros 15 minutos da 1ª partem destaque para um jogo muito táctico e com algumas faltam, o que não tem permitido existir lances de perigo para uma e outra equipa.

8' Remate de Josué a obrigar Eduardo a uma defesa apertada.

4' Responde o Braga e num canto marcado por Pardo, colocou em sentido a defesa azul e branca. 

2' 1ª inciativa de perigo por parte do Porto, com Jackson Martinez a cabecear para uma defesa segura de Eduardo.

1' ROLA A BOLA NO AXA, SAI O PORTO COM O ESFÉRICO

As alterações que Luís Castro promoveu para esta jornada da Liga Zon Sagres, começa logo na defesa e o maior destaque vai para a estreia do lateral Víctor Garcia que irá jogar à direta, acompanhado pelos centrais Maicon (recuperado de lesão) e Abdoulaye, com Ricardo a fechar a lateral esquerda do último reduto portista. No centro do terreno, Fernando está de volta, tal como a equipa VAVEL avançou, mas terá a companhia de dois jogadores com demasiado ímpeto ofensivo, com são Josué e Carlos Eduardo. Estes médios poderão causar descompensações defensivas e será Fernando a ter praticamente todo o meio-campo defensivo ao seu encargo. No ataque, Licá entra para o lugar de Quaresma e sem surpresa Varela e Jackson serão duas setas apontadas às redes de Eduardo.

18:55. Revolução no onze do Porto: Fabiano, Víctor García, Maicon, Abdoulaye, Ricardo, Fernando, Josué, Carlos Eduardo, Varela, Licá e Jackson Martínez.

Para este embate frente aos dragões, Jorge Paixão com os olhos postos na meia-final da Taça de Portugal, promove 5 alterações em relação à equipa que venceu o Olhanense na jornada anterior. Para este jogo frente ao Porto, o técnico mantém apenas Aderlan Santos na defesa habitual e perante dois laterais tão imaturos como são, Dabó e Núrio, é de todo arriscado perante um Porto tão rápido na frente de ataque. O esperado regresso de Custódio, confirma-se e a organização do miolo bracarense poderá voltar como há muito não se verificava para o lado dos arsenalistas. No atatque, Rosescu ficou de fora por poupança e é Pardo que fica encarregue de incomodar as redes de Fabiano.

18:44. Onze inicial do Braga: Eduardo; Tomás Dabó, Santos, André Pinto, Núrio, Custódio, Luiz Carlos, Battaglia, Erivaldo, Pardo e Moreno.

18:43. JÁ TEMOS ONZES OFICIAIS PARA A PARTIDA NO AXA.

18:15. Em relação ao onze provável, o VAVEL Portugal aposta na seguinte equipa: Fabiano, Danilo, Abdoulaye, Mangala, Alex Sandro, Fernando, Defour, Carlos Eduardo, Varela, Ghilas e Jackson. Com Fernanado e Jackson de volta ao combate, espera-se um Porto com vontade de resolver rapidamente o jogo, em vésperas de uma partida tão importante para a Taça de Portugal frente ao Benfica. Com 21 tentos sofridos, o último reduto dos invictos tem apresentado muitas intermitências, mas com Fernando de regresso espera-se um Porto mais organizado e consciente de como ocupar o terreno nas diferentes fases de jogo. Com o luso-brasileiro e o belga Defour, a equipa volta ao modelo sólido de Luís Castro, que no seu 4x3x3 priveligia a pressão alta e as saídas rápidas para o ataque. Sem Quaresma, o papel do médio-ofensivo é redobrado, uma vez que não existe qualquer extremo no plantel, com as mesmas características do Harry Potter. Sem dúvida que a sua magia e irreverência farão falta à manobra ofensiva azul e branca, todavia com o cada vez mais cobiçado Jackson Martinez, o espectáculo está garantido e com 18 tiros certeiros na Liga está no topo dos melhores marcadors.

 Fernando-FC Porto.(zerozero.pt).

18:10. Para esta partida que coincide com o desastre europeu da última Quinta-Feira frente ao Sevilha, o técnico Luís Castro deverá fazer algumas mexidas na equipa base. A pensar no jogo frente ao Benfica para a Taça de Portugal, ficaram de fora Reyes, Quaresma e Herrera. Em ângulo inverso, o treinador volta a contar com Fernando e Jackson, que tanta falta fizeram na partida anterior para a Liga Europa.

Rosescu - Braga. (zerozero.pt)

18:05. A equipa VAVEL avança com possível onze inicial dos bracarenses: Eduardo, André Pinto, Paulo Vinicius, Aderlan Santos, Joãozinho, Custódio, Luiz Carlos, Battaglia, Pardo, Miljkovic e Rusescu. Os destaques desta equipa arsenalista vão numa 1ª fase para Eduardo e Aderlan Santos na defesa por estarem claramente aquém do que realmente valem. Para uma equipa que quer a curto prazo rivalizar com os grandes, sofrer nas primeiras 26 jornadas, 31 golos é de todo inconcebivel. Para melhorar este registo negativo na defesa, o regresso do número 6, Custódio poderá significar mais consistência e organização no último reduto bracarense pela experiência e maturidade que o médio internacional português oferece ao sistema táctico da equipa, que permite contornar a lentidão dos centrais. Custódio poderá também ser importante para o ataque e juntamente com Luiz Carlos e Battaglia prometem dar luta no miolo e ganhar os duelos com Fernando e Defour. Caso isso aconteça, os extremos e criativos do Braga poderão desenvolver as suas jogadas com critério e no caso de Pardo, que é o melhor marcador da equipa com 7 golos, é uma séria ameaça para Mangala e companhia. O já falado Rosescu, vai com certeza ser um osso duro de roer para os defesas azuis e brancos e com 5 golos na competição deixa Fabiano Freitas em sentido.

18:00. A equipa comandada pelo técnico Jorge Paixão, não poderá contar mais uma vez com algumas das maiores estrelas do seu plantel, como Alan, Rafa ou Baino. No entanto, o estratega teve a boa notícia da semana e não hesitou em convocar o à muito arredado dos relvados, Custódio. O médio é um reforço de peso para este confronto com os dragões e atendendo até ao castigo de Mauro, a sua entrada directa no onze será uma forte possibilidade.

17:55. Em antevisão ao encontro, Jorge Paixão declara "Por vezes as coisas começam mal e dá para recuperar, noutras não... O FC Porto vai-nos criar muitas dificuldades, é uma equipa que entra em todos os jogos para ganhar, está bem orientada e tem jogadores de qualidade.”. Por seu lado, Luís Castro afirma que: "O Sp. Braga precisa tanto dos pontos como nós. Vai ser grande a inspiração a determinar o domínio de cada equipa. Confio muito nos meus jogadores"

17:50. Os ainda campeões nacionais, que perderam a semana passada as possibilidades matemáticas de revalidar o título, estão no 3º lugar com 52 pontos alcançados e perante a vitória deste fim-de-semana do Sporting frente ao Gil Vicente, os dragões só pensam na vitória frente ao Braga. Caso o Porto perca pontos, diante os arsenalistas perde automaticamente a possibilidade de chegar ao 2º lugar e como tal ir à pré-eliminatória da Liga dos Campeões parece ser o destino deste Porto de Luís Castro.

17:45. A equipa do Sporting Clube de Braga chega a este jogo na 6ª posição do campeonato com 35 pontos conquistados num global de 36 golos marcados e 31 sofridos. Para manter acesa a chama da Liga Europa, o Braga terá quase obrigatoriamente de vencer o Porto por forma a não deixar escapar o Nacional, que ocupa o 5º lugar com 41 pontos, e que neste Sábado colocou pressão sobre os arsenalistas ao vencer 2-0 o Marítimo.

17:40. Também o FC Porto teve a felicidade de somar mais 3 pontos na ronda anterior e em pleno estádio do Dragão, os azuis e brancos receberam e venceram a Académica de Coimbra por 3-1. A marcha do marcador fez-se sentir por intermédio de Ghilas e mais dois tentos para o inevitável e mortífero, Jackson Martinez, que permitiu ao Porto continuar a sonhar com a entrada directa na Liga dos Campões na próxima época.

17:35. Para ter uma noção de como o Braga se irá apresentar nesta 27ª jornada relembramos o embate da passada semana a contar para a jornada 26, que o Braga confortavelmente venceu diante o Olhanense por 2-0. Ainda com o objectivo de chegar às competições europeias, os arsenalistas deslocaram-se ao Algarve e num jogo em que controlou o meio-campo e se mostrou eficaz no ataque, Piqueti e Rosescu foram os autores dos tentos que balançaram as redes do Olhanense. Como pré-aviso para a defesa dos dragões, este golo de Rosescu veio confirmar, mais uma vez, as boas cardênciais que o ponta-de-lança tem demonstrado nas últimas partidas, deste que foi o seu 5º festejo da Liga Zon Sagres.

17:30. Na 1ª volta do campeonato, Porto e Braga encontraram-se no estádio do Dragão na 12ª jornada e a vitória sorriu aos azuis e brancos com uns confortávis 2-0. Neste encontro, o Braga demonstrou uma apatia atroz e foram os dragões a dominar ao longo dos 90 minutos. A colorir o resultado esteve Jackson Martinez com um biz numa altura em que tanto Paulo Fonseca como Jesualdo Ferreira ainda eram treinadores de Porto e Braga.

17:25. Como resposta ao desaire na Liga Europa, o Braga triunfou diante do Futebol Clube do Porto na final da Taça da Liga em 2013 e, ironia das ironias, mais uma vez, apenas por uma bola a zero. O tento solitário foi alcançado na marcação de uma grande penalidade, na 2ª parte deste encontro, com Alan a enganar Helton e a dar a alegria que os fiéis aficionados arsenalistas já almejavam há algum tempo. Este título representou, não só uma vitória frente ao campeão nacional, como também a obtenção do 1º troféu da história do Sporting Clube de Braga.

17:20. Para dar outro élan a este emblemático jogo, recordemos a título de curiosidade, os embates equilibrados e “rasgadinhos” destes dois emblemas, a contar para duas finais: em 2011, a contar para a Liga Europa e, mais recentemente em 2013, na decisão da Taça da Liga. Nessa final inédita entre duas formações lusas, destaque para o Braga que, depois de ter eliminado o Benfica de Jesus, com um golo de Custódio, encontrou o Porto, no desenlace da competição e, para não fugir à regra, a margem mínima estava no caminho deste resultado. O extraordinário encontro foi resolvido pelo internacional colombiano Radamel Falcão, com o Porto a vencer justamente mas fica a homenagem a um Braga que, apesar de não estar habituado aos grandes palcos, tem vindo a conquistar o seu espaço dentro e fora de Portugal.

17:15. A contar para o campeonato português, no reduto dos arcebispos, Braga e Porto enfrentaram-se por 57 vezes, com 32 vitórias para os azuis e brancos, 13 empates e 12 triunfos para os arsenalistas. A contar para a Liga Zon Sagres, a última vez que o Braga somou 3 pontos, frente ao Porto, perante os seus adeptos, remonta ao ano de 2009, quando o génio Alan, que está indisponível para este jogo, deliciou o AXA e fez vibrar os seus aficionados, com esta equipa a ser orientada, na altura, pelo técnico Domingos Paciência. O mote está lançado e, apesar da hegemonia do Porto, espera-se um confronto de gigantes de dois clubes que não se engrandeceram como se fazia prever para a presente época.

17:10. Os encontros entre Braga e Porto são, historicamente equilibrados, o que se deve, em parte, ao projecto que os arsenalistas têm desenvolvido na última década. Estes emblemas, velhos conhecidos do futebol português, já se encontraram por 139 ocasiões, com 98 triunfos para os dragões, 22 empates e 19 vitórias para os bracarenses. O global desta estatística é claramente favorável aos portistas mas, nas últimas temporadas, os arsenalistas têm equilibrado as hostes e estes confrontos são já considerados uma espécie de clássicos do Norte.

17:05. O embate deste Domingo irá opôr duas das formações que mais têm desiludido na presente época de 2013/2014. De um lado, o Porto, completamente arredado da luta pelo título, fora da Liga Europa e com uma equipa longe de ter a solidez, qualidade e a consistência a que habituou os sócios e simpatizantes, nas últimas temporadas. Do outro lado, o SC Braga, precocemente eliminado da Liga Europa (no playoff em Agosto de 2013), com o apuramento para as competições europeias em risco, por existirem tantas formações a lutar pelo mesmo objectivo e, se é verdade que as lesões têm prejudicado os arsenalistas, há que ter em conta que o plantel delineado para esta época é financeiramente superior à maioria das equipas que lutam pelo mesmo objectivo e, como tal, isso atribui maior responsabilidade à formação bracarense. Ainda assim, espera-se um jogo extraordinário de duas equipas instáveis mas com intervenientes, com uma grande capacidade técnico-táctica, que poderão oferecer um grandioso embate para os adeptos presentes no estádio AXA.

Estádio AXA (scbraga.pt)

17:00. A tarde desportiva de Domingo convida a mais um espectáculo do melhor futebol da Liga Zon Sagres, a contar para a 27ª jornada. Sejam bem-vindos ao directo do SC Braga x FC Porto e acompanhem todos os momentos, emoções e todos os lances que poderão balançar as redes de uma e outra equipa. Para esta apaixonante partida, a equipa Vavel Portugal não deixará escapar nada e, a 4 jornadas do desenlace deste campeonato, chega a hora de todas as decisões e é obrigatório seguir esta emissão, a partir das 19h e 15m, com o selo Vavel Portugal.

VAVEL Logo