Benfica x Olhanense, Liga Zon Sagres
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

20:45. Luisão recebe a taça mas vai buscar o presidente do Benfica, Luis Filipe Viera e também o treinador, Jorge Jesus, o trio encaminha-se para o local dos festejos, mostrando união.

20:25. O Marquês de Pombal está a compôr-se, juntando os adeptos benfiquistas que celebram a vitória. Os jogadores encarnados estão neste momento a atravessar o campo até ao círculo central, para receber o troféu tão desejado. Sílvio muito aplaudido, assim como Salvio, que chora, um misto de alegria e talvez de dores pela lesão no pulso. Luisão recebe uma grande ovação.

20:20. O Benfica foi pela primeira vez campeão sem um guarda-redes português na sua baliza: só esta temporada o Benfica se sagrou campeão com dois estrangeiros a figurarem nas redes encarnadas: Artur e Oblak, que dividiram a época a meio.

20:10. Novamente Benfica campeão, 33 campeonatos na vitrina benfiquista, os encarnados voltam a ganhar depois de não vencer a prova desde 2009/2010. O troféu será agora entregue à equipa encarnada, pronto para ser erguido a frente aos 65.000 adeptos presentes na Luz.

20:00. Festejos no relvado, os jogadores encarnados juntam-se para comemorar o grande triunfo com os adeptos, que vibram, saltam e gritam palavras de apreço e de emoção. Lima marcou os dois golos que deram a vitória final na encruzilhada do Benfica durante esta época. A luta pelo título está acabada, questão arrumada: o Benfica ganha a Liga quando ainda faltam 2 jornadas para o fim. Festejos efusivos dos jogadores do Benfica.

19:55. O Benfica é campeão, a cor vermelha invade Lisboa, Portugal e muitos sitios pelo mundo fora.

90+2'. ACABA O JOGO, O BENFICA É O NOVO CAMPEÃO NACIONAL DE FUTEBOL PORTUGUÊS!!!

90'. Os festejos espalham-se por todas as gargantas, a Luz vai ver a confirmação do 33º título!!

87'. Cardozo tentou surpreender Belec com um remate de longe mas o guardião agarrou sem problemas.

85'. 33º título de campeão nacional a sete minutos de distância, a plateia canta «campeões, nós somos campeões»...

84'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DO BENFICA: Entra Cardozo e sai o esgotado Rodrigo.

83'. Falta duríssima de Obodo sobre Djuricic, cartão amarelo.

82'. Rodrigo pegou na bola, encarou o marcador e desviou a bola para o remate cruzado, mas o esférico beijou as redes pelo lado de fora.

78'. Falta de Djuricic sobre Jander que fugia ao avançado sérvio: cartão amarelo.

75'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DO BENFICA: Sai Gaitán para entrar Djuricic.

75'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DO OLHANENSE: Entra Femi e sai Celestino.

72'. Enzo e Gaitán fazem uma triangulação perfeita, a bola chega até Lima que só tem de escolher um lado para rematar...chuta à figura de Belec...nova perdida do Benfica, que festival de lances falhados!!

70'. Rodrigo é travado em falta dentro da área depois de um corte falhado de Jander mas o juiz manda seguir, erro crasso!

69'. Markovic solicita a entrada de Maxi, este cruza para Rodrigo mas o avançado falha o alvo, uma perdida enorme!

66'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DO OLHANENSE: Entra Tozé Marreco e sai Rui Duarte.

64'. Pontapé cruzado de Rui Duarte, tiro de primeira...a bola rasa o poste!

62'. Ambiente infernal e frenético, cânticos vibrantes e alegria generalizada, 65.000 apoiam o novo campeão português, este título não irá fugir ao Benfica.

60'. GOOOOOOLOOOOOOO DO BENFICA!!! É golo do novo campeão, Benfica, Benfica, Benfica!!! Lima correu que nem um louco, rematou e Belec deixou a bola passar por debaixo das suas pernas, golo do novo Benfica campeão, já não foge!!!

57'. GOOOOOLOOOOO DO BENFICA!!! Golo, Golo, festejos encarnados, um clamor enorme, alegria transbordante!!! Lima encostou para a baliza depois de um remate Gaitán que provocou uma defesa incompleta de Belec!!! Excelente trabalho de Lima, ganhou espaço, serviu Rodrigo que por sua vez assistiu Gaitán para o remate!!!

56'. Oblak sobe ao segundo andar e sacode a bola para longe, repelindo o canto marcado por Rui Duarte.

55'. Dionisi ganha um canto, o primeiro da partida para os de Olhão.

53'. Lima quase marcava, que tiro potente, a bola passou perto da trave...que perigo!! Lima ganhou o ressalto de bola depois do centro de Gaitán, dominou virou e chutou, que lance de perigo, Belec nem viu a bola partir!

49'. Livre de Gaitán...passe rasteiro para Rodrigo, no coração da área...corta a defensiva do Olhanense!

46'. Recomeça a partida, 65.000 esperam pelo golo inaugural do Benfica!

INTERVALO

18:49. Primeira parte de sentido único, imensos remates do Benfica mas a finalização foi fraca e sem critério. O Olhanense jogou com um bloco ultra-baixo, colocando os alas aos laterais, criando superioridades numéricas que permitiram defender o nulo. Rodrigo e Lima despuseram de oportunidades claras para marcar mas nunca foram frios o suficiente.

45+1'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DO BENFICA: Entra Markovic para sair Salvio.

45'. Salvio lesionado, agarrado com dores ao pulso esquerdo.

44'. Salvio combina com Maxi, este cruza mas a defesa do Olhanense corta sem mácula.

41'. Jander desarma Salvio, lançamento lateral para o Benfica.

40'. Falta de Lucas sobre André Gomes, empurrão pelas costas.

38'. Saída rápida de Enzo, passa para Rodrigo que descobre Salvio no lado contrário...corta Diakhité, canto para o Benfica...bom desarme do jogador do Olhanense!

36'. Sprint de Lima, ganhou algum espaço no corredor central..rematou..mas a bola não tomou a direcção certa! Terceiro remate de Lima na partida.

33'. Maxi Pereira atira na diagonal mas a bola sai para fora, gritou-se golo na Luz, novo aviso do Benfica, o golo teima em não chegar.

29'. Falta de André Almeida sobre Jander, impedindo o desposicionamento do Benfica.

28'. Rodrigo sobe pelo flanco e cruza para a entrada de Lima ao segundo poste...Lima mergulha mas a bola é desviada pelo central algarvio, mas que corte brutal!!

27'. Centro de Lima, Belec ganha a bola mas deixa-a escapar, agarrando depois à segunda...hesitação do «keeper» Belec...

23'. O Benfica demonstra atitude em barda, subindo no terreno e cortando linhas de passe ao adversário. O Olhanense está destemido ainda assim, tendo já tido uma oportunidade para marcar.

21'. Dionisi tenta o centro, tira Almeida do caminho e cruza para o corte decisivo de Luisão, mostra as garras o Olhanense.

19'. Jogada de perfeito entendimento em pleno coração da área algarvia, mas depois do amortecimento o remate de primeira foi prensado pela defesa dos de Olhão.

16'. Celestino tentou rematar mas a muralha encarnada tapou o caminho da baliza de Oblak, resposta do Olhanense.

13'. Salvio perto do golo, Luis Filipe e Belec taparam o caminho do golo, canto para o Benfica.

12'. Salvio exemplarmente desarmado por Diakhité, excelente corte.

11'. Lucas Souza ganha a bola a Garay, vai marcar...remata cruzado mas a bola passa a centímetros da baliza, que perigo, resposta do Olhanense!!

10'. Jogada brilhante do ataque encarnado, Rodrigo chega à área, cruza para Lima, é só encostar...falhou o alvo por completo, que falhanço inacreditável de Lima!!

8'. Pressão total do Benfica, o Olhanense não consegue sair a jogar, ficando colado à sua área.

6'. Rodrigo com tudo para marca, mas falha o remate e chuta na atmosfera, grande passe de cabeça de Garay, foi meio golo, que perdida!!

5'. Diakhité corta a bola a Rodrigo, nova ameaça do Benfica: canto para o Benfica.

3'. Rodrigo finta com classe, fura pela área e passa para a entrada de Gaitán, vai marcar...mas Luis Filipe corta a bola quase na linha de golo!! Aviso do Benfica!!

2'. Mau passe de Luisão, bola para o Olhanense: algarvios com um bloco recuado.

1'. Sai com a bola o Olhanense!

APITO INICIAL

17:55. Hino do Benfica é entoado no estádio, momento arrepitante, 65.000 cantando e apoiando a equipa.

17:35. FORMAÇÃO INICIAL DO OLHANENSE: Belec, Jander, Luis Filipe, Ricardo Ferreira, Diakhité, Obodo, Rui Duarte, Sampirisi, Celestino, Dionisi

17:35. FORMAÇÃO INICIAL DO BENFICA: Oblak, Maxi, André Almeida, Luisão, Garay, Enzo, André Gomes, Salvio, Gaitán, Lima, Rodrigo

17:20. A titularidade da baliza ficará a cargo de Oblak, recuperado da lesão que sofreu na partida contra o Arouca, na Luz. Artur ficará de novo no banco de suplentes: primeira novidade deste jogo.

16:35. Caso a vitória sorria ao Benfica, será obviamente tempo de dedicar o 33º título de campeão nacional às falecidas glórias eternas do clube, Eusébio e Mário Coluna, que faleceram no início do ano de 2014. Os dois gigantes do Benfica serão naturalmente relembrados nos festejos.

16:15. Luisão, Maxi, Cardozo e Rúben Amorim serão os elementos encarnados que se sagrarão novamente campeões com a camisola benfiquista envergada. Os quatro jogadores levantaram a taça de campeões nacionais na época 2009/2010 e poderão agora voltar a fazê-lo. Na altura, o Benfica confirmou o título em casa, na derradeira jornada, contra o Rio Ave, com uma vitória por 2-1.

16:00. Siqueira é baixa para esta partida, cumprirá um jogo de castigo depois da expulsão frente ao Porto. Luisão estará OK para o embate da Liga, recuperando da fadiga que o apoquentou. Fejsa poderá regressar de novo aos relvados também, mas deverá permanecer no banco, descansando para a partida contra a Juventus, tomando André Gomes o seu lugar. O jovem está com a cotação em alta, depois de golo brilhante que decidiu a eliminatória frente aos portistas.

15:45. As informações disponibilizadas pelo Benfica afirmam que não será possível a invasão de campo aquando da hipotética confirmação da consagração, já que o relvado terá de estar em perfeitas condições para albergar o próximo jogo das competições europeias, diante da poderosa Juventus, na meia-final da Liga Europa. Assim sendo, a segurança da Luz impedirá quaisquer tentativas de invasão ao terreno de jogo, o que costuma ser hábito aquando de festas referentes a consagrações.

15:30. As portas do recinto da Luz abrir-se-ão dentro de 30 minutos, estando prevista uma enchente total no estádio, assim como uma grandiosa romaria à zona da Luz, já que os fãs benfiquistas esperam confirmar o título nacional e festejar pela capital, sendo esperada igual enchente na zona do Marquês de Pombal.

15:15. O Benfica estará a 90 minutos de se voltar a sagrar campeão, evento que não se sucedia desde o primeiro ano de Jorge Jesus no Benfica, na época de 2009/2010, quando os encarnados arrebataram o título, ficando o Braga na segunda colocação. As «águias» acumularam 76 pontos, perdendo apenas por 2 vezes, marcando muitos mais golos que os que acabará por marcar este ano: 78. Nessa época o Olhanense juntou 29 pontos, ficando na 13ª posição.

15:00. O histórico de confrontos entre ambas as equipas dá clara vantagem ao Benfica: dos 51 encontros realizados, o Benfica venceu 76% dos embates, com os algarvios a ganharem apenas por 4 vezes. Para acentuar ainda mais o domínio encarnado, basta dizer que o Olhanense não bate o Benfica desde o remoto ano de 1950, quando ultrapassou o Benfica por 2-0 em casa. Os últimos quatro embates deram vitória benfiquista.

14:50. No último confronto entre as duas formações, o Olhanense vendeu cara a derrota ao Benfica, na décima terceira jornada: em Olhão, os da casa estiveram a vencer por duas vezes, com golos de Femi e Regula, mas o Benfica foi empatando (Lima e depois Matic), até Sulejmani dar o golpe do 2-3. Jogo de grande dificuldade para o Benfica, uma das poucas partidas onde os encarnados sofreram 2 golos num jogo: apenas em quatro jogos tal aconteceu.

14:40. A senda de vitórias caseiras na Liga estende-se até ao empate contra o Arouca, por 2-2: essa foi a última ocasião em que a formação da Luz perdeu pontos no seu reduto: já lá vão 7 jogos sempre a vencer, 7 jogos sem sofrer qualquer golo. O Olhanense tem um registo forasteiro péssimo, tendo conseguido vencer fora pela primeira vez precisamente na jornada passada, 1-2 diante do Rio Ave. Mais um dado que acentua a superioridade teórica do Benfica.

14:30. A formação orientada por Galderisi tem a segunda pior defesa da prova, juntamente com o Marítimo (43 golos concedidos) e o segundo pior ataque da Liga, com 18 golos marcados. Será de esperar uma imensa dificuldade em marcar golos esta tarde, na Luz; pelo contrário, com o constante ímpeto ofensivo do Benfica, serão de esperar golos vermelhos na baliza de Belec. Em casa, o Benfica apenas sofreu 5 golos em casa nesta edição da Liga (contra Gil Vicente, Paços, Belenenses e Arouca).

14:20. Os encarnados seguem na liderança ininterrupta, com 70 pontos, o melhor ataque da prova (54 golos) e a melhor defesa simultaneamente (15 golos sofridos). Com 26 jogos sucessivos sem conhecer o sabor da derrota, a equipa da Luz está perto de igualar o registo do ano passado em termos de derrotas: apenas perdeu por uma vez, contra o Porto no fatídico jogo do Dragão que custou o título, depois do golo de Kelvin. A formação encarnada marcou em todos os jogos disputados até agora (27).

14:10. O Benfica está a poucas horas de defrontar o último classificado, que apenas tem 21 pontos e precisa desesperadamente de pontuar para alcançar os dois directos adversários na luta pela manutenção: Belenenses e Paços de Ferreira, que perderam ambos nesta jornada. Em caso de vitória, a turma de Olhão somaria 24 pontos, igualando Belenenses e ultrapassando os «castores». Apesar de inexpectável, um triunfo forasteiro daria ao Olhanense a vitalidade pontual necessária para sonhar com a manutenção. Uma derrota condena o clube a ficar pertíssimo da descida.

14:00. Sejam bem-vindos ao Benfica x Olhanense, jogo da 28ª jornada da Liga Zon Sagres, que se jogará às 18 horas no recinto do Estádio da Luz. Caso o Benfica vença, o título de campeão nacional fica totalmente decidido. A formação encarnada está a horas de confirmar o 33º campeonato nacional do seu palmarés.

VAVEL Logo