1-0 Garay, min.2; 1-1, min.72, Tevez; 2-1, min.83, Lima
Benfica x Juventus, Liga Europa

Benfica x Juventus, Liga Europa

maraguerra
Mara Guerra
BenficaArtur; Maxi Pereira, Luisão, Garay, Siqueira; Markovic, Enzo Pérez, André Gomes (Cavaleiro, min. 82); Sulejmani (André Almeida, min.57); Rodrigo, Cardozo (Lima, min.62).
JuventusBuffon; Chiellini, Cáceres, Bonucci; Lichtsteiner, Pogba, Pirlo, Marchisio, Asamoah; Vucinic (Giovinco, min.65), Tévez (Osvaldo, min. 83)
ÁRBITROCuneyet Cakir (Turquia). André Gomes (min.33), Progba (min. 44); Artur (min.71)
INCIDENCIASLiga Europa, 1ª mão da meia-final, Estádio da Luz
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match
1-0 Garay, min.2; 1-1, min.72, Tevez; 2-1, min.83, Lima

A equipa do Vavel Portugal termina, agora, a sua emissão . Obrigada por nos terem acompanhado. Boa noite. 

A equipa de Jorge Jesus curvou-se sobre a Juventus no segundo tempo, em pose de anfitrião permissivo. Após uma primeira parte de vantagem e rasgos ofensivos, o Benfica enfrentou de forma distinta o segundo tempo. Entrou para segurar o resultado e permitiu que Pirlo, Tevez & companhia subissem no terreno, acabando por chegar ao empate. Não fossem Ivan Caveleiro e Lima, saídos do banco na segunda parte, e o Benfica sairia em desvantagem para o próximo embate. No fim, a equipa da casa tem a sua missão cumprida e continua a lutar pela segunda final consecutiva na Liga Europa.

No outro jogo das meias finais da Liga Europa, e em confronto espanhol, o Sevilha bateu o Valência por 2-0.

O Benfica parte para Turim com a vantagem da vitória na 1ª mão da meia-final da Liga Europa. Lima veio devolver a alegria aos encarnados, após uma segunda parte sofrida. 


Benfica - Juventus 2 -1 All Goals Semifinals...

90+3' APITO FINAL NO ESTÁDIO DA LUZ!

90+3' Canto para o Benfica, após boa iniciativa de ataque de Lima e Cavaleiro. 

90+2' Chiellini falha baliza de Artur.

90' Jogam-se 3 minutos compensatórios.

89' Boa defesesa de Artur, após remate de Marchisio, que se encontrava em posição irregular.

88' Erro grave na defensiva encarnada. Luisão desentende-se com Maxi e quase assistimos ao 2º tento da Juventus!

85' Remate de Markovic, a centímetros da baliza de Buffon!!! Acordam os adeptos na Luz. 

83' LIMA marca pelo Benfica, após bom trabalho de Ivan Cavaleiro. 

83' GOLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO BENFICA

81' SAI TEVEZ, ENTRA P. OSVALDO

80' Lançamento de Maxi para a área, mas não encontra ninguém para cabecear. 

79' Vai entrar Ivan Cavaleiro na formação de Jesus. 

77' A Juventus continua a performance ascendente no jogo, agora motivada com o empate fora. Ouvem-se os poucos adeptos italianos no Estádio da Luz.

72' MARCA TEVEZ, pela primeira vez nas competições europeias, esta época. O avançado fintou Luisão, após passar por André Almeida.

72' GOLOOOOOOOOO DA JUVENTUS

71' AMARELO PARA ARTUR, acusado de atrasar o jogo.

70' André Gomes assite, mal, Rodrigo, no ataque encarnado.

69' Os visitantes continuam na procura do golo. Pontapé de baliza para Artur.

67' Juventus responde com jogada de perigo. Salva Maxi Pereira.

66' Canto para o Benfica. Cabeceamento de Luisão para fora.

65' SAI VUCINIC, ENTRA GIOVINCO na formação de Conte.

63' Canto de Pirlo, após corte de Garay a remate de Tevez.

62' SAI RODRIGO, ENTRA LIMA.

62' Rodrigo falha remate, segurando Buffon.

60' SAI SULEJMANI, ENTRA ANDRÉ ALMEIDA. Surpresa na substituição encarnada.

58' Este é um Benfica diferente do que se viu no início da partida. A equipa de Jorge Jesus tenta guardar a vantagem, agindo de forma menos pressionante. A Juventus aproveita e cresce no terreno. 

57' Vai entrar André Almeida.

56' Grande penalidade por assinalar!! Falta de Cáceres sobre Enzo Pérez.

55' O guardião do Benfica nega o golo da Juventus, após acompanhar toda a jogada de ataque e a responder no momento decisivo, ao cabeceamento de Pogba. 

54' Grande defesa de Artur!!!

53' Falta sobre Luisão, em lance de ataque da equipa visitante. Pé em riste de Vucinic sobre o capitão encarnado.

51' Equipa de António Conte em jogada de ataque. Falha o juíz que assinala pontapé de baliza de Artur, quando Maxi foi o último a tocar na bola. Reclama o banco da Juventus. 

50' Pede-se falta sobre Cardozo, agarrado no ataque. Cuneyet Cakir não assinala a irregularidade. 

49' Juventus entra mais atacante no 2º tempo.

48' Remate de Vucinic para as mãos de Artur.

46' Markovic queixoso no chão, após entrada de Pirlo. Acaba por se levantar, com a juda do médio italiano.

45' INÍCIO DA 2ª PARTE.

Apesar do bom início da equipa da casa, não se pode afirmar que alguma das equipas tenha dominado esta primeira parte. Vamos ver como correm os próximos 45 minutos.

Suljemani tem sido, aliás, uma das melhores individualidades do colectivo encarnado, a defender bem o lugar normalmente ocupado por Gaitán. Também Enzo Pérez tem-se revelado eficaz, com o papel atribuído de vigiar Pirlo e impedir os tão famosos ataques do médio italiano. Por contrário, André Gomes tem revelado ineficácia, revelando erros que poderia ter comprometido a baliza de Artur. No lado mais avançado do terreno, Cardozo pouco se tem notado, com a formação a contar pouco com o paraguaio para o ataque.

O Benfica entrou claramente bem no jogo, ao marcar o precoce tento que lhe atribui a temporária vitória, aos 2 minutos. Boa marcação de canto por Suljemani, a assistir Garay, que empurrou a bola para a baliza de Buffon.

45+1' INTERVALO NO ESTÁDIO DA LUZ.

45' Joga-se 1 minuto de compensação.

44' Cartão Amarelo para Progba, por entrada a Siqueira.

43' Falta de Cáceres sobre Sulejmani por assinalar.

41' Assinalada falta de Cardozo sobre o defesa Cáceres.

39' Remate de Markovic, ao lado da baliza de Buffon. 

38' Benfica tenta crescrer no terreno, mas sem permissão do colectivo italiano. 

37' Reclama-se falta sobre Siqueira, mas o árbitro turco manda jogar. 

33' Cartão Amarelo para André Gomes, por falta sobre Progba. O jogador do Benfica fica impedido de disputar a segunda mão, em Turim. 

32' Novo ataque da Juventus, mas levantada a bandeirola, por posição irregular de Lichtsteiner.

30' Enzo Pérez tem estado bem no jogo. Sempre atento às movimentações de Pirlo e, agora, em marcação limpa a Tevez.

29' Grande jogada de ataque da Juventus, por Tevez! Boa marcação de Enzo Pérez, a salvar a baliza encarnada.

25' Juventus começa a crecer no jogo. Livre de Pirlo, mas assinalado fora-de-jogo.

24' Canto para os italianos. Corta André Gomes ao 1º poste. 

24' Perda de bola de André Gomes, permite à Juventus construir ataque. Salva Luisão com corte junto à baliza de Artur. 

21' Maxi em boa iniciativa de ataque. Benfica ganha lançamento mas não conseguiu chegar ao remate.

20' Contam-se cinco ataques para cada emblema. 

19' André Gomes não entrou bem no jogo. Desta feita, falhou um passe, comprometendo a defensiva encarnada. Salvou Markovic. 

18' Remate fraco de Cardozo. 

18' Pogba avisado pelo árbitro, após nova falta no jogo. A última foi sobre Siqueira a meio-campo.

14' Benfica em novo contra-ataque, a mostrar boa organização tática. Antes, André Gomes voltou a comprometer, deixando Pogba em boa posição.

13' Remate de Tevez, para as mãos de Artur! Falha de André Gomes na defensiva encarnada.

11' O sérvio falhou a baliza de Buffon, após bom contra-ataque construído pelo Benfica.

10' Sulejmani falha o 2º golo encarnado!!!!

9' Novo lançamento para Rodrigo, agora no lado esquerdo.

8' Benfica de novo no ataque. Ganha lançamento junto à bandeirola de canto. 

6' A equipa italiana vai trocando a bola, procurando a baliza de Artur.

3' Juventus responde com a primeira iniciativa de ataque, sem sucesso.

2' Marca GARAY, na sequência de canto de Sulejmani. Início de sonho para a equipa da casa.

2' GOLOOOOOOOOOOOOOOOOO BENFICA

0' Lançamento de Maxi. Benfica tenta penetrar na área italiana.

20:05. Apito inicial na Luz. Sai o Benfica.

19:50. O juiz da partida será Cuneyet Cakir, da Turquia.

19:45. Onze inicial da Juventus: Buffon; Chiellini, Cáceres e Bonucci; Lichtsteiner, Pogba, Pirlo, Marchisio e Asamoah; Vucinic e Tévez.

19:43. Onze inicial do Benfica: Artur; Maxi Pereira, Luisão, Garay e Siqueira; Markovic, Enzo Pérez, André Gomes e Sulejmani; Rodrigo e Cardozo.

19:40. Já existem onzes iniciais na Luz. Cardozo e André Gomes confirmados nos eleitos de Jesus.

19:00. Os dois emblemas já se defrontaram por duas vezes. O primeiro encontro ocorreu na época de 1967/68, na meia-final da Taça dos Campeões Europeus, com a equipa da Luz liderada por Otto Glória, e com os marcadores exímios Torres e Eusébio, a eliminarem os italianos. Foi  a temporada em que o Benfica perdeu a final da Taça europeia, frente ao Manchester, em Wembley. Num passado mais recente, em 1992/93, foi a vez da Juventus sair vitoriosa. Jogavam-se os quartos-de-final da Taça UEFA e os italianos eram dirigidos por Trapattoni e tinham como titular Conde, o actual treinador. O Benfica era treinado por Toni e conseguiu ganhar a 1ª mão na Luz, com dois golos de Paneira, mas acabou por cair em Itália, por 3-0.

18:30. António Conte seguiu com contenção no discurso de antevisão ao encontro, contrariando o favoritismo da sua equipa para arrecadar esta edição da Liga Europa. «Vamos jogar contra o Benfica, que o ano passado perdeu a final frente ao Chelsea, e que este ano pode ser um dos finalistas. Além disso, no ranking UEFA, o Benfica é sexto e nós estamos em 17º», analisou. 

18:15. Não podemos esquecer o factor psicológico que envolverá esta partida: o Benfica vem da conquista do campeonato nacional, confirmado contra o Olhanense (2-0, bis de Lima) e tal triunfo motivará certamente a formação da Luz para novos voos ainda mais ambiciosos. A festa da gloriosa campanha benfiquista na liga foi emotiva e juntou milhares de pessoas num mar vermelho que inundou a capital e muitos outros locais do país. Jorge Jesus exorcizou os fantasmas da época passada e revigorou as hostes encarnadas.

 

18:05. Ambas as equipas apresentam índices de posse de bola similares, destacando-se também a maior tendência do Benfica para ser mais faltoso. A Juventus apresenta-se também como uma equipa mais rematadora que os encarnados.

17:55. António Conte, treinador da Juve, ergueu o troféu da Taça Uefa na época 1992/1993, quando pelo caminho surgiu o Benfica. A eliminatória sorriu aos de Turim, na altura comandados pela «raposa velha» Trapattoni. «Ganhei este troféu como jogador, mas agora a minha vida é a de treinador e penso que tanto eu como o Jorge Jesus estamos a par à entrada para esta eliminatória», declarou o técnico.

17:45. Na antevisão do embate, Jorge Jesus enfatizou a importância de Pirlo na manobra italiana, ao passo que afirmou ser impossível decidir a eliminatória já em Lisboa: «A eliminatória só ficará decidida na segunda mão e estamos preparados para um duelo muito duro. A Juve é muito forte tacticamente e actua num sistema que não é comum fora de Itália. Mas, tirando esse aspecto táctico, penso que as duas equipas têm muitas semelhanças na sua filosofia de jogo».

17:25. No plantel da Juventus, Arturo Vidal e Simone Pepe não poderão dar o seu contributo, devido a lesão. Tévez permanece ainda em dúvida, não se sabendo efectivamente a aptidão do argentino para defrontar o Benfica. Os encarnados apresentam-se, assim, mais desfalcados que o rival italiano: para além de Fejsa e Gaitán, também Salvio e Sílvio não poderão jogar, ambos lesionados com gravidade.

17:15. O Benfica estará privado de dois jogadores importantes: casos de Fejsa e de Gaitán. Amorim deverá ocupar o espaço do sérvio e Sulejmani poderá fazer as vezes do argentino. Enzo continuará a ser o motor da formação das «águias», enquanto que Lima e Rodrigo serão as peças dinâmicas de ataque, que, com a ajuda de Markovic, poderão destabilizar as marcações na zona dos três centrais da Juventus.

16:55. A «vecchia signora» joga num sistema táctico de 3-5-2, podendo mutar-se muitas vezes para um 3-3-4 em várias ocasiões de jogo. Os alas sobem para criar desequilíbrios (Isla e Asamoah) enquanto Pirlo coordena o cérebro da formação, construíndo jogo pelo meio, onde estarão Marchisio e Pogba, prontos a subir no terreno e a juntarem-se aos colegas de ataque. Duas formas de sair a jogar por parte dos italianos: saída de bola no pé com Pirlo a orientar a jogada, ou, em caso de pressão alta, bola alta para o combate aéreo de Llorente.

16:35. Benfica e Juventus encontraram-se pelo caminho da história do futebol por quatro ocasiões, em duas eliminatórias dsa competições europeias. A primeira foi na Taça dos Campeões Europeus, em 1967/1968, com os encarnados a baterem os italianos por duas vezes, tanto em casa (2-0 com golos de Torres e Eusébio) como fora (0-1 com um golo de Eusébio). Sorte diferente tiveram os benfiquistas na época de 1992/1993: o Benfica venceu na Luz a Juve por 2-1 (bis de Vitor Paneira e um golo de Vialli) mas o jogo em Turim correu de feição aos italianos: 3-0, com golos de Kohler, Dino Baggio e Ravanelli.

16:15. De relembrar que ambas as equipas foram relegadas da Liga dos Campeões para a Liga Europa, depois de não terem logrado obter, pelo menos, o segundo lugar dos seus respectivos grupos. O Benfica obteve 10 pontos mas foi ultrapassado pelo Olympiakos e pelo Paris Sait-Germain, que liderou o grupo. A Juventus apenas juntou 6 pontos, frutos de uma só vitória e de três empates, sendo assim suplantada pelo Galatasaray e pelo líder Real Madrid.

15:50. Pela Juventus, Tévez tem sido o marcador mais eficaz dentro de portas, com 18 golos na Serie A, enquanto que Lima, benfiquista, leva 14 golos na Liga Zon Sagres, sendo ele o artilheiro mais temido do plantel encarnado. Não esquecer o matador Llorente, que acumula 16 tentos em todas as competições. Vidal, médio chileno com talento ofensivo, possui já 18 golos na sua conta, em todas as provas. 

15:35. É digna de ressalvar a solidez defensiva de ambos os conjuntos, arma que acompanha as equipas capazes de chegar a grandes finais. Também nas ligas domésticas esse registo é patente: o Benfica apenas sofreu 15 golos em 28 jogos (melhor defesa da prova) enquanto a Juventus só concedeu 22 golos em 34 jogos, dados que comprovam bem a consolidação defensiva do conjunto de Turim.

15:15. O Benfica encontra os italianos da Juventus nesta competição, depois de ter eliminado o PAOK da Grécia, o Tottenham, de Inglaterra e os holandeses do AZ Alkmaar. A Juventus eliminou os turcos do Trabzonspor, depois os compatriotas da Fiorentina e por último os franceses do Lyon. Na caminhada, marcou 9 golos e apenas sofreu 2, fruto de uma defesa tremendamente sólida. O Benfica apresenta registos ofensivos ainda mais ameaçadores: 12 golos marcados em seis jogos, concedendo apenas 3 tentos aos adversários - todos marcados pelo Tottenham.

15:00. Sejam bem-vindos ao duelo europeu Benfica x Juventus, a contar para as meias-finais da Liga Europa, que será jogado no mítico Estádio da Luz, às 20:05 horas! Acompanharemos aqui, no VAVEL.com, todos os minutos, lances e momentos desta primeira mão da eliminatória, grátis e .

VAVEL Logo