Manter o rumo das vitórias

Pela 30ª vez Nacional e Sporting encontram-se para o campeonato nacional. Vantagem para os leões que levam vinte e um triunfos contra apenas quatro dos madeirenses, registando-se ainda onze empates. No que toca aos desafios disputados na Madeira, a formação do continente já levou de vencida por oito ocasiões a turma de Manuel Machado, que soma apenas três vitórias caseiras, somando sete empates. No jogo da primeira volta o jogo começou e acabou com um nulo, embora a polémica tenha ficado instalada, graças a um golo anulado a Slimani por falta cometida sobre um defesa nacionalista. Na temporada anterior nova divisão de pontos desta feita a uma bola com os tentos da partida a serem apontados por Isael para o lado do Nacional e Cédric no Sporting.

«Aumentar o número de pontos»

Na habitual conferência de imprensa de antevisão do encontro, Leonardo Jardim sublinhou que ainda existem metas para atingir e alertou ainda para a qualidade da equipa adversária. «O principal objectivo do Sporting e do Nacional já está alcançado, mas isso não nos inibe de ter outros objectivos, como o de aumentar o número de pontos que temos até ao momento. Por isso as duas equipas já sem a pressão do grande objectivo, vão querer estar no máximo das suas capacidades de forma a conquistar os pontos em disputa. O Nacional é uma equipa com muita qualidade, com jogadores rápidos na transição e temos de ter a capacidade de os conseguir anular e impôr o nosso futebol. É um estádio difícil, onde o Sporting apenas venceu uma vez nos últimos cinco anos para o campeonato».

Relativamente às alterações que terá de fazer na equipa titular, o técnico não desvendou quem ocupará os lugares dos ausentes Adrien e Marcos Rojo. «Temos as limitações quer do Adrien quer do Marcos que não vão jogar, mas a equipa B também tem um derby neste fim-de-semana e com certeza que a maioria dos jogadores que irão jogar serão os que têm participado ao longo da época. Em relação aos centrais as opções são o Eric, o Maurício e o Piris. No meio-campo vão jogar o William, o André (Martins) e um terceiro elemento».

Há dez meses ao serviço do clube leonino, Leonardo Jardim fez um pequeno balanço do percurso já efectuado. «Tem havido um grande trabalho de toda a estrutura, que tem sido valorizado por todos. Conseguimos fazer do Sporting uma equipa mais competitiva, com uma identidade vitoriosa e uma valorização do grupo de trabalho. Ganhámos o respeito que era importante, para um clube com a dimensão do Sporting», finalizou.

«Acredito que será um grande espectáculo»

Do lado do Nacional, Manuel Machado frisou que o embate frente ao Sporting não é para cumprir calendário. «É uma partida para ganhar, não existem jogos para cumprir calendário. As duas equipas já conseguiram os seus objectivos, no entanto, tal como disse o treinador do Sporting o Nacional também quer somar os seios pontos nas duas últimas jornadas».

O técnico não tem dúvidas que a sua equipa está pronta para defrontar os leões. «Os nossos jogadores estão preparados para enfrentar o Sporting e acredito que será um grande espectáculo. Pelo menos vamos fazer para que assim seja», concluiu.

São 19 os jogadores convocados por Leonardo Jardim para o desafio desta tarde, com destaque para as chamadas do egípcio Shikabala e do médio brasileiro da equipa B, Wallyson Mallmann. De fora ficam os castigados Marcos Rojo e Adrien, enquanto Vítor Silva não entra nas contas por opção do treinador.

Tal como Leonardo Jardim também Manuel Machado chamou 19 elementos para o encontro com os leões. As novidades são os regressos dos médios Gomaa e João Aurélio, que cumpriram castigo no jogo com o Paços Ferreira, em sentido inverso Jota, Rafa, Ricardo Baptista e Diogo Coelho ficaram fora dos eleitos.

Onzes Prováveis

VAVEL Logo