Flechas de Prata dominam sessões de treinos no GP de Espanha
Hamilton impôs ritmo autoritário em Barcelona (Foto: Srdjan Suki/EPA).

Lewis Hamilton foi o homem mais rápido do dia, nas primeira e segunda sessões de treinos livres no circuito de Barcelona, onde este fim-de-semana se disputa o GP de Espanha. O outro Mercedes, Nico Rosberg, foi segundo.

Hamilton continua a impor um ritmo impressionante em pista. Na primeira sessão em solo espanhol, cumprindo 17 voltas, o inglês fez o melhor tempo da manhã, com 1:27,023, registando uma vantagem de 0,868s para o McLaren de Jenson Button, segundo melhor nos primeiros treinos livres. Na segunda sessão de treinos, Hamilton continuou a voar na sua Flecha de Prata, incluindo na sua tarde uma furiosa simulação de corrida, em que o piloto de 29 anos, com o depósito cheio, correu 33 voltas, estabelecendo o melhor tempo de 1:25,524, meio segundo à frente de Nico Rosberg. Na segunda sessão, o piloto alemão melhorou o seu desempenho e deixou a Mercedes no topo do dia.

Na tarde espanhola, Hamilton era um homem naturalmente feliz: «Tem sido um óptimo dia. Foi uma longa paragem, e voltar ao carro para sentir os passos positivos dados no monolugar... Um grande obrigado a toda a equipa porque sinto o carro muito melhor este fim-de-semana e porque hoje foi um dia muito tranquilo. Há muito que não tinha uma sexta-feira assim.»

Red Bull de duas caras

A Red Bull, como acontece com muitas das outras equipas, trouxe para o primeiro GP da época na Europa diversos melhoramentos ao seu monolugar, uma vez que a proximidade das fábricas e centros de testes, além das três semanas de paragem, facilita maiores desenvolvimentos técnicos e substituição de componentes. O RB10 apresenta, portanto, relevantes actualizações aerodinâmicas e mecânicas, e Sebastian Vettel estreou mesmo um novo chassis.

O piloto alemão não teve, contudo, um dia feliz, completando apenas quatro voltas na primeira sessão de treinos antes de uma falha eléctrica o obrigar a dar o dia por concluído. Já o seu colega, Daniel Ricciardo, continua a apresentar-se a bom nível e na senda de promissores resultados, segurando o terceiro lugar nas duas sessões e dando por terminado o dia com 1:26,509, a praticamente um segundo de Lewis Hamilton.

O regresso da Ferrari

Depois de massivas alterações ao F14-T, da asa dianteira à asa traseira, do sistema de refrigeração ao software, entre outros, a Ferrari parece no caminho da recuperação. Os italianos fecharam o dia com Fernando Alonso em 4º, a cerca de meio segundo de Ricciardo, e Räikkönnen logo atrás do espanhol, a escassos 0,175s.

Se Alonso parece estar agora mais próximo dos homens da frente, ainda que se tenha queixado da escolha de pneus da Pirelli -- que Alonso aponta como «demasiado conservadora» -- para a pista espanhola, e que tenha afirmado ter experimentado alguma falta de força descendente. Räikkönnen, que testou várias configurações -- incluindo duas asas traseiras distintas -- apresentou claras melhorias, conseguindo agora acompanhar o colega espanhol e provando que a escuderia vermelha está agora mais sólida. De facto, ontem o finlandês declarara que a equipa tem agora um «muito melhor entendimento do nosso carro. (...) Melhorámos o carro em todas as corridas, e a mais pequenas das coisas pode fazer uma grande diferença em algo como a dirigibilidade, por exemplo.» Räikkönnen salientara que, em Espanha, «o mais importante é ter um fim-de-semana sem problemas», e até ao momento o remodelado F14-T parece estar a corresponder.

Melhores tempos da Segunda Sessão de Treinos Livres (GP de Espanha)
1 Hamilton Mercedes 1:25,524 33 voltas
2 Rosberg Mercedes 1:25,973 36 voltas
3 Ricciardo Red Bull 1:26,509 38 voltas
4 Alonso Ferrari 1:27,121 33 voltas
5 Räikkönnen Ferrari 1:27,296 33 voltas
6 Magnussen McLaren 1:27,788 37 voltas
7 Button McLaren 1:27,811 29 voltas
8 Massa Williams 1:27,824 31 voltas
9 Maldonado Lotus 1:27,866 42 voltas
10 Daniil Kvyat Toro Rosso 1:28,049 35 voltas
11 Hulkenberg Force India 1:28,074 31 voltas
12 Vergne Toro Rosso 1:28,246 30 voltas
13 Sutil Sauber 1:28,284 33 voltas
14 Bottas Williams 1:28,698 33 voltas
15 Gutierrez Sauber 1:29,105 24 voltas
16 Perez Force India 1:29,129 34 voltas
17 Grosjean Lotus 1:29,493 26 voltas
18 Bianchi Marussia 1:29,991 26 voltas
19 Chilton Marussia 1:31,148 28 voltas
20 Kobayashi Caterham 1:31,338 38 voltas
21 Ericsson Caterham 1:31,586 39 voltas
22 Sebastian Vettel* Red Bull - -

* Sebastian Vettel não correu na segunda sessão de treinos livres devido a uma avaria no seu monolugar.

VAVEL Logo