Imprensa italiana relata interesse do Milan em Jorge Jesus

O Corriere dello Sport e o Sportmediaset dão conta da abordagem do AC Milan ao treinador do Benfica, Jorge Jesus. A aproximação entre a direcção rossoneri e o técnico encarnado deu-se, segundo fontes das duas publicações italianas, durante o evento da final da Liga dos Campeões, ontem, em Lisboa. Adriano Galliani (administrador milanês) terá estado com Jesus, demonstrando interesse em contratar o timoneiro campeão, inserindo-o num projecto de revitalização do histórico clube de Milão.

No topo da lista preferencial rossonera

Ao que indicam ambos os meios de comunicação, o AC Milan terá Jorge Jesus no topo da sua lista preferencial, depois de goradas as hipóteses de resgatar Ancelotti (que conquistou a Liga dos Campeões pelo Real Madrid) e Unai Emery, que acertou os termos da renovação com o Sevilha (também vencedor de uma competição europeia). Apesar de ser uma instituição colossal, repleta de triunfos, La Squadra Rossonera tem estado distante dos momentos de glória, tendo inclusivamente terminado a actual edição do campeonato italiano num embaraçoso sétimo lugar, fora do acesso às competições europeias, algo que poderá pesar na decisão de Jesus.

Jesus não desfaz a mala

Relembrando sempre que um treinador nunca tem total controlo sobre o seu destino profissional, Jorge Jesus tem vindo a declarar que a sua mala está sempre feita. Depois de cinco temporadas no Benfica e de um apogeu competitivo em 2013/2014, a janela de oportunidade para uma eventual saída alargou-se, existindo alguns interessados nos serviços do conceituado treinador português. Depois do interesse do Mónaco (que ainda não relevou qual o seu novo técnico) surge agora a abordagem do Milan, que quererá substituir Clarence Seedorf pelo comandante técnico dos campeões nacionais. 

«Não quero dizer que fico para depois ir embora amanhã. Mas posso dizer que estou de corpo e alma no Benfica», afirmou Jesus, em declarações à SportTV. Sem certezas, o treinador relembrou ainda assim que tem mais um ano de contrato com os encarnados, agradecendo a confiança da direcção: «Tenho um ano de contrato e estou num dos maiores clubes da Europa em termos de história e desportivos. Acreditaram sempre muito em mim e estou muito agradecido».

VAVEL Logo