Marco Silva empurra «protegidos» de Jardim para fora de Alvalade
Marco Silva não está convencido do potencial de alguns dos seus atletas. (Foto: OJogo)

Marco Silva empurra «protegidos» de Jardim para fora de Alvalade

Com a chegada de Marco Silva, vários atletas que tinham como certa a sua permanência no Sporting vêem agora o seu futuro incerto.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

Apesar de planeada há já longos meses nos gabinetes de Alvalade, a pré-época leonina acabou por sofrer um duro revés nas últimas semanas com a saída «inesperada» de Leonardo Jardim para o Mónaco [n.d.r ainda sem confirmação oficial].

O técnico Madeirense, em articulação com a cúpula directiva liderada por Bruno de Carvalho, tinha já alinhavada a lista de permanências e dispensas do plantel verde-e-branco, com vários jogadores que mostraram sub-rendimento em 2013/14 a merecer a confiança da sua equipa técnica para a temporada de regresso à Liga dos Campeões.

O certo é que Leonardo Jardim é já uma página do passado da história do Sporting e aquilo que ontem era uma certeza para alguns dos jogadores do plantel leonino, é hoje uma incógnita no que à sua continuidade em Alvalade diz respeito.

Marco Silva está determinado em aumentar substancialmente a qualidade do plantel que tem à sua disposição, e parece nesta altura ter muitas dúvidas relativamente à real mais valia que alguns dos atletas destacados por Jardim para ficar em Alvalade podem representar para a sua equipa.

Novo treinador quer elevar nível da "segunda linha" do Sporting

Numa época em que os leões voltam a estar envolvidos em quatro frentes desportivas, o novo treinador do Sporting quer dotar a equipa de Alvalade de duas linhas de jogadores competitivos e preparados para oferecer rendimento logo a partir dos primeiros jogos da temporada.

Marco Silva foi observando de longe a intermitência de alguns atletas que foram sendo chamados de forma relativamente assídua pelo seu antecessor, casos de Vítor, Wilson Eduardo, Andre Carrillo e Diego Capel, e não terá ficado convencido com as suas prestações.

De tal maneira que aos quatro atletas que tinham garantida a permanência no plantel verde e branco para 2014/15, poderá ser apontada a porta de saída nas próximas semanas. De resto, o Director-Geral do futebol leonino, Augusto Inácio, encontra-se actualmente com os olhos postos no mercado de leste e sul-americano à procura de soluções para colmatar estas eventuais saídas, nesta altura dependentes do aparecimento de interessados.

Dos quatro jogadores, Andre Carrillo é o único a quem o clube de Alvalade poderá dar nova oportunidade, até pela reduzida percentagem que detém do passe do jogador (35%).

VAVEL Logo