Ecclestone fecha a porta a Magny Cours

Ecclestone fecha a porta a Magny Cours

Depois de Serge Saulnier, director do circuito francês, ter avançado que o regresso do GP de França podia estar próximo, Bernie Ecclestone veio a público negar essa possibilidade.

hugopalmeida
Hugo Picado de Almeida

Após o GP do Mónaco, Bernie Ecclestone, CEO da Formula One Management, deu uma "nega" ao eventual regresso de um GP de França.

Vista aérea do circuito de Magny-Cours (Foto: Conseil Generale de la Nièvre).

Depois de, na semana passada, o director do circuito francês de Magny Cours, Serge Saulnier, ter afirmado que «ainda estamos em negociações com a Formula One Management (...) Mas se a vontade de um certo número de pessoas se confirmar nas próximas semanas, estamos muito perto [de regressar].», o célebre e por vezes polémico patrão da modalidade, Bernie Ecclestone, foi conciso na resposta: «Não. Eles vão bater à porta, mas penso que não podemos fazer nada.»

Recorde-se que o circuito de Nevers-Magny Cours, cerca de 260km a sul de Paris, está ausente do "grande circo" desde 2008, depois de ter estado initerruptamente no calendário desde 1991, data do último GP disputado em França. 

VAVEL Logo