Djavan vai jogar na Luz
Djavan tem tudo acertado para rumar à Luz. (Fonte: Lusa)

Djavan vai jogar na Luz

O lateral esquerdo brasileiro, que actuou na Académica de Coimbra na época 13/14, vestirá de encarnado na época que vem, com um contrato válido para as próximas quatro temporadas.

francisco-fontes
Francisco Fontes

Djavan, que na época transacta brilhou ao serviço dos Estudantes parece estar de malas feitas para a capital.

Do Brasil para a Europa, pela mesma estrada de outros "Portugueses"

Djavan chegou à Académica em 2013, tendo sido cedido por uma época pelos Brasileiros do Corinthians Alagoano. Não é a primeira vez que jogadores com grande calibre chegam a Portugal com este clube no curriculum. Entre os grandes nomes do futebol que já passaram por Portugal e pelo Corinthians, destacamos Pepe, hoje ao serviço do Real Madrid, ou Hulk, a defender as cores do Zenit St. Petersburgo. Outro nome sonante é o de Deco. O criativo, antes de iniciar o seu percurso na Europa, chegou a ingressar nos quadros do clube Brasileiro.

A afirmação no futebol Português

Djavan, de 26 anos, não perdeu tempo a adaptar-se e rapidamente pegou de estaca no 11 da Briosa. Com 27 jogos a titular na Liga, totalizando cerca de 2400 minutos, o lateral esquerdo foi uma das agradáveis surpresas da Liga Zon Sagres. O baiano de 1,84m, que há pouco mais de ano e meio não era profissional, impressionou pela sua capacidade física mas também pela sua acutilância no ataque. As suas incursões pela lateral esquerda são uma constante e uma das suas armas principais, juntamente com a sua velocidade. O lateral tem grande facilidade em chegar a zonas avançadas do terreno e é dotado de um belo pé esquerdo, o que lhe permitiu fazer 1 golo esta temporada e diversas assistências. O Brasileiro foi uma das sensações da Académica e da Liga, algo que despertou a cobiça de clubes maiores em Portugal.

A chegada a um Grande

Segundo o empresário de Djavan Ferreira, o lateral vai actuar, a partir da próxima época, de águia ao peito. Enquanto ainda se aguardam desenvolvimentos sobre uma eventual contratação de Loris Benito, o Benfica decidiu avançar definitivamente para a contratação do Brasileiro. Djavan terá uma  tarefa difícil para conquistar os exigentes adeptos do Inferno da Luz. Os encarnados têm sentido grande dificuldade para ocupar esta posição do terreno desde a saída de Fábio Coentrão. Na época transacta, o sucessor do jogador natural de Caxinas parecia estar encontrado mas o Benfica decidiu não exercer a opção de compra que tinha sob o passe de Siqueira. Djavan terá assim de fazer esquecer as boas prestações do Italo-Brasileiro e tentar ofuscar a sombra deixada por Coentrão.

Quanto aos valores da transferência, ainda não são conhecidos, mas sabe-se que 80% do montante da transferência terá como destino o Brasil, enquanto que os restantes 20% serão destinados aos cofres dos «Estudantes».

VAVEL Logo