0-1, Nani, min. 5 1-1, Jones, min. 64 2-1, Dempsey, min. 82 2-2, Varela, min. 90+5
E.U.A. - Portugal

E.U.A. - Portugal

vavel
VAVEL
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

01:12. Fim da partida em Manaus, Portugal faz uma exibição fraquíssima e empata contra os EUA, um péssimo resultado que em nada promete de bom para o futuro português neste Mundial 2014. Com este empate a duas bolas, Portugal fica praticamente arredada da Copa, precisando de uma vitória da Alemanha (na partida com os EUA) com a conjugação de golos ideal que permita a Portugal a passagem (4 golos de diferença para os EUA), isto tudo permitido apenas pelo golo de Varela ao minuto 95, caso contrário, Portugal estaria já de malas aviadas rumo a casa.

FINAL DA PARTIDA

90+5'. GOOOOLOOOOO DE PORTUGAL!!! Cruzamento perfeito de Ronaldo para uma entrada assertiva de Varela, golaço de cabeça sem chance de defesa, empate em Manaus!!!

91'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DOS EUA: Entra Omar Gonzalez para sair Zusi.

87'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DOS EUA: Entra Wondolowski para sair Dempsey.

84'. Portugal fica à beira da eliminação com este golo...

82' GOOOOOLOOOOO DOS EUA!!! Que murro no estômago da selecção portuguesa, que grande balde de água fria, Dempsey dá a volta ao marcador com a barriga depois de uma assistência primorosa, Bruno Alves colocou toda a gente em jogo!!!

75'. Livre para Veloso, a bola bombeada para a área mas Ricardo Costa faz falta atacante.

75'. Cartão amarelo para Jones.

72'. Ronaldo apanhado nas malhas do fora-de-jogo.

71'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DOS EUA: Entra Yedlin para sair Bedoya.

68'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DE PORTUGAL: Entra Varela para sair Meireles.

66'. Cruzamento de Nani...a bola vai para a pequena área mas Howard dá uma sapatada...a bola sobra para Meireles...mas o remate sai para as mãos do guardião oponente, boa defesa!!

64'. GOOOOOLOOOOO DOS EUA!!! Que tiro potente de Jones, um remate com fogo, Beto ficou totalmente pregado ao relvado, golaço, empate!!!

63'. Contra-ataque de Portugal, Ronaldo corre desalmadamente mas remata de modo ridículo, a bola passa a metros da baliza...péssimo remate, poderia ter servido o companheiro na área.

62'. Éder demora demasiado para efectuar o remate e é totalmente desarmado, bom corte da defesa contrária.

59'. Os EUA tentam subir no terreno e ameaçar Portugal, sempre explorando o flanco esquerdo da defesa lusitana.

55'. Zusi fura pelo lado esquerdo sem nenhuma marcação de Veloso, Meireles sem velocidade para acompanhar o extremo...cruzamento atrasado, Bradley atira...Costa corta a bola com a coxa, em cima da linha de golo!!

52'. Veloso coloca termo a um contra-ataque mortífero dos EUA, grande intervenção, estavam apenas dois jogadores para quatro norte-americanos.

51'. Remate de Éder, a bola passa ao lado do poste mas é canto a beneficiar Portugal, Cameron tocou na bola antes de esta transpor a linha final.

49'. Defesa de Beto depois de um cruzamento remate vindo do lado direito do ataque dos EUA...canto para os EUA, resposta dos norte-americanos.

48'. Ressaltos de bola no coração da área estadunidense depois do cruzamento de Pereira...a bola vem até Éder, este remata mas a bola sai para fora, por cima da barra de Howard, que perigo!!

47'. Veloso passa para defesa esquerdo e Carvalho coloca-se na posição de médio defensivo.

46'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DE PORTUGAL: Entra William Carvalho e sai André Almeida.

46'. Sai Portugal com a bola nesta segunda parte.

23:49. Jogo pouco conseguido de Portugal mas pleno de eficácia. A selecção das quinas entrou bem na partida e marcou logo aos cinco minutos por Nani. Depois do golo, Portugal adormeceu e ficou nas covas, vendo os EUA controlar o jogo. Dempsey tem sido um quebra-cabeças para a defesa lusa, assim como Bradley e os seus passes longos. Nova contrariedade para Bento: Postiga entrou de início mas saiu lesionado, tal e qual como Hugo Almeida na primeira partida.

INTERVALO

45'. Tiro de Nani, bola beija o poste, a bola volta para Éder, este chuta...mas o guardião norte-americano defende no último segundo, que parada!! Que oportunidade flagrante de Portugal!!

43'. Bola por cima, péssimo remate de Ronaldo, a bola fugiu para as nuvens.

41'. Belíssima jogada de Ronaldo, passe rasgado para Nani, este remata mas Howard defende com dificuldade, que parada!! Na sequência do livre, Nani sofre falta, livre perigoso para Ronaldo marcar.

38'. Paragem técnica: a temperatura está alta e o árbitro concede uma paragem para refrescar.

36'. Remate de Ronaldo, potente, a bola encaixa-se em Horward.

35'. Novo remate dos EUA, Jones atira para defesa tranquila de Beto.

31'. Passe errado de Veloso, que mal jogado...a bola sobra para a defesa dos norte-americano, a bola vai até ao meio-campo, Bradley combina com Dempsey, este passa na diagonal para Johnson...remata...a bola sai para fora!!

28'. Bradley a ganhar espaço, ensaia o remate...mais perigo perto da baliza de Portugal...a selecção nacional está a ser dominada.

27'. Boa jogada dos EUA, passes comedidos até serem encontrados espaços perto da área, a bola chega a Dempsey, remata...a bola bate em Costa e sai para canto!

24'. Tiro de Bradley...a bola passa muito perto da barra, sinal mais para os EUA, estão mais perigosos que Portugal ameaças não faltam!

21'. Dempsey tem ganho todos os lances na velocidade sempre que mede forças com os centrais portugueses. Beto resolveu o problema.

18'. André Almeida está lesionado, aparentemente: William Carvalho faz exercícios de aquecimento.

17. Passe soberbo de Bradley, Dempsey foge e remata cruzado, Beto defende para canto!! Que bela jogada dos EUA, magnífico passe vertical de Bradley.

16'. SUBSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO DE PORTUGAL: Sai Postiga para entrar Éder.

15'. Falta duríssima de Beckerman sobre Meireles, deveria ter saído cartão amarelo ou até mesmo cartão vermelho, já que parece ter havido agressão!

14'. Postiga está lesionado e já pediu para sair, má aposta de Bento, mais uma lesão na selecção de Portugal...

13'. Dempsey remata o livre...a bola passa a centímetros da baliza, perigo na baliza de Beto!!

12'. Falta de Bruno Alves, boa jogada dos EUA, toques rápidos apenas parados por uma rasteira de Alves. Livre para EUA.

10'. Desatenção de Almeida, passe em profundidade para a faixa direita de Portugal, Johnson vem para dentro e remata...a bola bate na defesa e vai para canto!

8'. Canto para Portugal, cabeceamento de Costa, Howard segura com facilidade.

6'. Entrada forte de Portugal com o adversário repleto de medo e de cautelas defensivas.

5'. GOOOOLOOOO DE PORTUGAL!!! Cruzamento para a área, péssimo corte da defensiva dos EUA, a bola sobrou para Nani que apenas teve que fuzilar Howard!!!

3'. Portugal assume o controlo da partida, os EUA deixam todo o espaço para a progressão de Portugal.

1'. Roda a bola neste Mundial 2014, Portugal contra os EUA, jogo decisivo para a selecção nacional!

22:55. Depois de ouvido o hino nacional dos EUA, é agora entoada «A Portuguesa», cantada por 25 mil portugueses. O estádio exulta com os hinos e as mais de 80 mil pessoas vibram com a expectativa de um grande jogo de futebol.

22:15. A táctica dos EUA não aprensentará um avançado fixo, tendo Aaron Johanssonn ficado no banco. Será Dempsey a funcionar como «falso 9», jogando nas imediações da área portuguesa. A táctica será 4-2-3-1 com um meio-campo reforçardo.

21:55. FORMAÇÃO INICIAL DE PORTUGAL: Beto, João Pereira, Bruno Alves, Ricardo Costa, André Almeida,Veloso, Meireles, Moutinho, Nani, Cristiano Ronaldo, Postiga

21:50. FORMAÇÃO INICIAL DOS EUA: Tim Horward, Besler, Cameron, Johnson, Bradley, Jermaine Jones, Da Marcus Beasley, Zusi, Beckerman, Bedoya, Dempsey

21:00. Bruno Alves irá a jogo: ao que tudo indica o defesa central debelou a mialgia e vai mesmo entrar no Arena Amazónia como defesa central titular, ao lado de Ricardo Costa. Boas notícias para Paulo Bento, que assim poderá manter um dos centrais que habitualmente guarda o eixo central da defesa das quinas. Menos uma contrariedade para Portugal. André Almeida será defesa esquerdo, e apesar da sua falta de profundidade, o jogador do Benfica será mesmo a opção de Bento. 

20:15. Este será o segundo jogo Portugal - EUA,  em VAVEL, que não será disputado em contexto amigável. Todos os restantes quatro duelos foram jogos amigáveis e logo no primeiro embate a «doer», Portugal caiu aos pés dos EUA e seria depois eliminado na fase de grupos, num Mundial trágico de má memória para a selecção das quinas. Catorze anos depois, ambas as selecções voltam a encontrar-se e de novo em ambiente de Mundial, no mesmo grupo, disputando um apuramento que já sorriu aos EUA. Os apurados foram: Coreia do Sul (1º), EUA (2º), com Portugal em 3º e a Polónia em último.

19:45. Portugal e EUA defrontaram-se em cinco alturas: os lusos venceram dois encontros, enquanto que os norte-americanos levaram a melhor nas duas últimas partidas disputadas, em 1992 e em 2002. O primeiro num amigável que acabou em 1-0, e o último num jogo da fase de grupos do Mundial 2002, onde Portugal perdeu por surpreendentes 3-2, com golos de John O'Brien, Jorge Costa (auto-golo) e Brian McBride. Os golos lusos foram marcados por Beto e Jeff Agoos (auto-golo).

19:25. O onze estadunidense deverá ser semelhante ao que foi titular contra o Gana: Beckerman a trinco, Jermaine Jones no miolo funcionando como médio interior, a par de Bedoya, no lado direito. Bradley será o municiador do ataque e também o organizador de jogo, Dempsey cairá na faixa esquerda e adicionar-se-á ao ataque, composto por Aaron Johanssonn. Portugal alinhará com uma defesa remendada, onde Ricardo Costa, André Almeida, Beto e possivelmente Neto serão novidades no onze titular.

18:45. Cristiano Ronaldo continua a suscitar dúvidas quanto à sua real disponibilidade para jogar sem condicionalismos. O jogador, que recuperou de uma lesão delicada, afirmou já estar totalmente apto para jogar, mas a imprensa espanhola insiste na versão que contempla a vontade do Real Madrid em impedir o jogador de actuar, de modo a não agravar a sua condição física. Ronaldo actuou contra a Alemanha e esteve vários furos abaixo do rendimento habitual, algo que não se pode atribuir directamente a uma eventual recaída. Anteontem, o jogador foi visto no treino com gelo no joelho afectado.

Foto: Getty Images

18:30. Apesar de reconhecer a dureza da tarefa, Klinsmann revelou confiança nas capacidades da sua formação: «Temos de estar focados, concentrados, os nossos jogadores têm de estar no máximo das suas capacidades. Para nós, é uma grande oportunidade para nos apurarmos e vamos lutar por ela», afirmou ontem, não deixando de minimizar a derrota de Portugal diante da Alemanha e as suas consequências psiocológicas para a turma das quinas: «A goleada sofrida por Portugal não nos traz benefícios. O jogo não lhes correu bem. Toda a gente sabe a qualidade da equipa portuguesa, que tem jogadores de classe mundial. Apenas tornou o jogo mais difícil e perigoso para nós».

18:10. Portugal está, portanto, num patamar psicológico bem diferente dos EUA: pressionado pela imperial necessidade de vencer, abatido pela pesada derrota e esmagado pelo estatuto de equipa candidata à vitória na competição, a selecção lusa entrará em campo com uma margem de erro inexistente. Os estadunidenses, ao contrário, entram com 3 pontos na bagagem e mais tranquilidade para enfrentar o desafio, que, independentemente do resultado, não elimina a formação da prova. Paulo Bento deu ontem o mote: «É muito simples: ou ganhamos ou começamos a preparar-nos para fazer a mala. Este é o cenário que nós temos e não é algo a que os jogadores e os portugueses não estejam habituados. É apenas mais uma repetição daquilo que temos feito», disse.

17:50. Os Estados Unidos da América venceram o Gana no seu jogo inicial, tendo marcado o primeiro golo através de Clint Dempsey, capitão da formação. O empate surgiu nos últimos dez minutos, por Andre Ayew após excelente combinação já dentro da área norte-americana. Mas a resposta americana foi implacável e imediata: canto marcado e Brooks, de cabeça, a completar o 2-1. As exibições do capitão e do médio Beckerman foram merecedoras de elogios rasgados da imprensa desportiva. 

17:30. Na barricada estadunidense, a grande baixa é mesmo Altidore, avançado que se lesionou na partida contra o Gana, ganha pela formação de Jurgen Klinsmann. Esta ausência deverá ser suprida com a entrada do avançado Aaron Johannsson. Excepção feita a Altidore, todo o plantel está às ordens do seleccionador, que joga contra Portugal a hipótese de se apurar imediatamente para os oitavos-de-final, bastando para isso bater a selecção das quinas e amealhar 6 pontos.

17:15. A outra contrariedade prende-se com Pepe a sua recorrente indisciplina: o defesa central luso-brasileiro foi expulso com um cartão vermelho directo (diante dos alemães) e não alinhará na partida contra os EUA. Pepe cabeceou Muller e foi directamente para os balneários, deixando a selecção em inferioridade numérica e a perder por 2-0. Várias críticas choveram sob o central, quer de Mourinho,quer de Carlos Queiroz e até mesmo de Jorge Jesus ou Costinha, antigo internacional luso.

Pepe foi expulso (Foto: Martin Rose/Getty Images)

16:50. Portugal vem de uma exibição horrenda, goleada de 4-0 contra a Alemanha com 3 golos de Thomas Muller, que fez gato sapato da defesa lusa. Além da má exibição, a selecção orientada por Paulo Bento carrega ainda o pesado fardo das lesões e dos castigos: Fábio Coentrão abandonou o Mundial devido a lesão, Hugo Almeida e Rui Patrício falharão certamente os dois próximos jogos, também devido a lesões. Bruno Alves juntou-se ontem ao lote de indisponíveis, com uma mialgia, mazela que o coloca em dúvida para a partida de hoje.

16:30. O jogo será disputado em Manaus, onde o calor será um inimigo comum às duas selecções. A formação italiana jogou na região a sua primeira partida (contra a Inglaterra), atestando no fim do jogo as condições climatéricas extremas que Manaus apresenta. Temperaturas altas e muita humidade: dois factores que dificultaram a tarefa das duas equipas esta noite. No Arena Amazónia, Portugal precisará de vencer para somar 3 pontos e sobreviver para lutar contra o Gana, que empatou ontem com a Alemanha (2-2).

Arena Amazónia, palco da partida

16:00. Sejam muito bem-vindos a mais uma transmissão VAVEL.com, hoje acompanharemos o escaldante e decisivo Estados Unidos da América x Portugal, jogo do Grupo G do Mundial 2014. Este segundo jogo da fase de grupos colocam frente-a-frente os estudanidenses, que têm 3 pontos, e os portugueses, que ainda não pontuaram na competição: a vitória de Portugal é indispensável para manter o sonho do Brasil 2014 intacto.

VAVEL Logo
CHAT